História Amor em conserva - Capítulo 87


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 15
Palavras 403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 87 - Confiança


O tempo que ele demora parece horas, mas logo ele volta com a Bae, a mesma estava dormindo.

Pego minha filha no colo, passo as mãos em seus cabelos, o que diabos foi isso.

-você entendeu, não é Namjoon?-a senhora Park fala atrás de nós.

-esse não é o momento omma.

-faça sua escolha, ou eu farei a minha.

Fecho a porta do carro.

-que escolha e essa?-pergunto.

-nada que você deva se preocupar.

-não devo me preocupar? A filha e minha Namjoon, eu tenho que me preocupar.

-e eu sou o pai dela, eu tenho deveres, e você tem que confiar em mim.-ele fala mais alto, era visível sua irritação. Fico calada.-eu vou pensar em alguma coisa, e vou te falar.-ele fala mais calmo.-só...  confia em mim.-ele pegou o meu rosto.-por favor...-ele encosta a sua testa na minha.

Começo a pensar na possível vida que eu poderia ter com ele, a vida que eu já sonhei, a que foi embora... eu não consigo mais me imaginar com ele, não com essa vida louca que ele me proporciona, ou para a minha pequena, não consigo mais imaginar nós dois.

Ele nos deixa em casa, e logo se despede.

Os dias no trabalho continuaram o mesmo, demorou uma semana para que Namjoon me chamasse em seu escritório.

-você está bonita.-olho para minhas roupas, eu vestia um vestido cor pérola, com um blaser preto por cima, e um salto agulha preto,mesmo odiando salto agulha.

-obrigada.-falo colocando uma mecha de meu cabelo atrás da minha orelha.-mas você não me chamou só para falar que eu estou bonita, não é?

-acho que a Bae te deixou mais direta Eva, embora que você sempre foi uma mulher forte.

-sim, eu preciso ser.

-eu quero que você saiba que pensei muito nisso, e que eu não estou fazendo isso apenas pelo perigo que minha mãe pode ser, eu quero ficar perto da minha filha, e principalmente da mãe dela.-ele fala sentando em sua mesa, ele está em minha frente, vestindo uma calça social preta, e uma blusa branca, sua gravata está um pouco afrouxada. Ele procura algo em sua mesa, e logo pega uma caixinha preta, consigo ver perfeitamente seu braço definido e seu relógio, o perfume que ele exala e maravilhoso.- Eva, você sabe o que faz comigo, o que você sempre fez, desde aquele dia no elevador, você tem... me deixado extremamente interessado, você quer casar comigo? 


Notas Finais


Desculpa ter demorado a postar, os últimos dias têm sido bastante difíceis.
Obrigada por ler.
Já foi atrás da minha nova fanfic?
https://www.spiritfanfiction.com/historia/zona-de-perigo-12796200


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...