História Amor em Hollywood (Um conto SasuSaku) - Capítulo 20


Escrita por: e LuSteUchiha

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hashirama Senju, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Karin, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi
Tags Fama, Naruhina, Naruto, Nejiten, Saiino, Sasusaku, Universo Alternativo
Visualizações 1.338
Palavras 6.250
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Namorando


Fanfic / Fanfiction Amor em Hollywood (Um conto SasuSaku) - Capítulo 20 - Namorando

Sakura acordou sorrindo, ao abrir os olhos encontrou o quarto claro e quente, mas uma maravilhosa maresia que refrescava tudo, sentia o calor do corpo de Sasuke contra o seu, ele a apertava com firmeza, Sakura se sentia muito bem dentro do seu abraço. A Haruno se moveu, mas Sasuke não a soltou, gemeu sonolento a trazendo pra mais perto, Sakura riu virando-se pra ele com certa dificuldade.

 - Planeja me matar asfixiada? – ela sussurrou, Sasuke deu um lindo sorriso ainda com os olhos fechados.

 - Tive tanto medo de que não me perdoasse que agora que me perdoou eu não vou te soltar. – disse ele respirando fundo, podia muito bem voltar a dormir se Sakura parasse de falar.

 - E quem disse que eu te perdoei, hein Sasuke? – ela brincou e ele abriu os olhos assustado – Foi tudo uma mentira só pra te levar pra cama.

 - Eu não acredito que só queria abusar do meu lindo corpinho! – ele a agarrou ficando inclinado sobre ela enquanto Sakura ria.

 - Lindo mesmo. – ela enfiou os dedos nos cabelos negros dele o trazendo para si, buscou os lábios dele recebendo um beijo incrível de bom dia, as mãos de Sasuke encontraram a cintura da rosada que explorava a boca dele, ele acariciava o corpo nu de Sakura a arrepiando, seus lábios desceram pelo pescoço de Sakura mordendo e chupando a pele, chegou ao seu seio tomando-o na boca – Sasuke... o que tá pensando? O pessoal vai chegar... A-Ahn...

 A mão direita de Sasuke desceu pela barriga da menor e seus dedos encontraram a intimidade de Sakura, ele começou a acariciar lentamente.

 - Temos um tempo. – disse trocando de seio – Não quer brincar, Namorada?

 - Você é um pervertido Uchiha! – ela acusou abrindo mais as pernas o fazendo rir – Não quero perder tempo, Sasuke.

 Sasuke se colocou entre as pernas de Sakura voltando aos seus lábio, a menor o mordia tornando beijo quente e necessitado, os menores toques de Sasuke a excitavam, ela já o queria dentro de si.

 - Não posso de deixar molhadinha assim, posso? – Sasuke mordeu o lábio inferior dela, posicionou o membro já pulsante na intimidade dela, a penetrou devagar a fazendo sentir cada centímetro seu, Sakura gemeu preguiçosamente fechando os olhos, Sasuke beijou seu pescoço – Olhos abertos, meu amor, sempre abertos.

 Ela abriu os olhos perdendo-se na imensidão negra dos olhos de seu agora namorado, pensar em Sasuke assim a enchia de alegria e a fazia querer pular, mas no momento ela só queria que Sasuke não parasse. O Uchiha beijava seus lábios enquanto estocava fundo dentro de si, o lençol já tinha cedido, estavam expostos enquanto se amavam.

 - Aahn Sasuke... – ela gemeu ao seu ouvido, ele grunhiu com aquilo, Sakura sabia que o enlouquecia ao gemer seu nome, mas não fazia de propósito, não era como na noite anterior, não era lento e sim forte, Sakura adorava assim – Gosto disso!

 - Gosta forte, linda? – ele perguntou intensificando as investidas, Sakura gritou ao senti-lo e seu útero, as unhas judiavam das costas do maior por procurarem algo em que extravasar o prazer que dominava por completo – Gostosa!

 Mesmo sendo forte não era totalmente bruto como antes, estavam fodendo sim, mas havia sentimento explicito em cada toque, Sakura estava descobrindo mais uma vertente do sexo com Sasuke, o sexo com quem se ama.

 - Oh... Deus, Sasuke! – ela voltou puxando os cabelos dele, envolveu sua cintura com as pernas e ele foi ainda mais fundo dentro dela, Sasuke se sentou trazendo a Haruno para seu colo, Sakura começou a rebolar em seu colo se deliciando com isso – Tão grande...

 Sasuke curvou o corpo tomando um seio de Sakura na boca sugando com força e a fazendo gemer alto e de curvar para trás. Usava os joelhos pra subir e descer no pau de Sasuke que se mantinha abraçado na cintura da rosada rosnando sensualmente a cada sentada.

 - Tão apertadinha a minha namorada... – Sasuke gemeu deslizando a língua pelo osso da clavícula – Você me aperta tão gostoso, meu amor... Tão deliciosa!

 Sakura escondeu o rosto no pescoço de Sasuke mordendo a pele com vontade, sentia seu corpo todo tremer, a tensão tinha aumentado de forma absurda, estava próxima de seu clímax.

 - Sasuke... – ela sussurrou gemendo em seguida – Eu tô... quase...

 - Eu também, Sakura. – disse o Uchiha ofegando – Mais rápido, pequena, vamos me leve com você!

 Sakura intensificou as sentadas gozando amplamente, Sasuke gemeu algo agarrando as ancas de Sakura a preenchendo com seu sêmen, era tão quente e delicioso que Sakura se sentiu tonta por alguns segundos.

 Sasuke buscou o beijo delicado de Sakura, deitou-se a trazendo pra cima, não saiu de dentro dela e Sakura gostou da sensação de anda tê-lo dentro de si. Puxou o lençol branco pra cobri-los e se deitou sobre o peito do maior.

 - Você fica ainda mais linda gozando. – disse Sasuke beijado a testa da menor, de repente ele gemeu fechando os olhos – Nossa... você tá pulsando tão gostoso.

 - Não é proposital eu juro. – disse ela rindo levantou a cabeça roçando os lábios nos dele – Você me deixa assim.

 - Assim vou ficar animadinho de novo. – alertou ele, Sakura podia senti-lo endurecer dentro de si.

 Ouviram o barulho de um carro parando na frente da casa, Sasuke bufou e Sakura riu forçando-se pra cima e o obrigando a sair de dentro dela.

 - Parece que vai ter que esperar. – brincou ela se cobrindo com o lençol.

 - Eu definitivamente odeio o Naruto, esse idiota só chega na hora errada. – disse Sasuke possesso.

 Os dois se levantaram, Sasuke se arrumou primeiro e desceu pra receber os outros, Sakura se deu o direito de um banho rápido.

...

 - Até que fim! – disse Ino se levantando – Eu disse que eles estavam fodendo.

 - Pelo amor de Deus, Ino. – Sakura a empurrou e os outros riram.

 - Então voltaram? – perguntou Tenten a olhando.

 - Estamos namorando. – disse Sasuke ainda mal-humorado pela brincadeira interrompida.

 - Isso explica o tanto de flor e vela naquela areia, achei que um ritual vodu tinha acontecido. – disse Sasori e Sakura lhe mostrou a língua

 - Fico feliz por vocês. – disse Hinata andou até Sakura a abraçando.

 - Agora só falta o último do quarteto tomar coragem e pedir certo alguém em namoro. – disse Sasuke e Naruto corou profundamente.

 - Sasuke, não o apresse. – disse Sakura rindo de Hinata tão vermelha quanto – E então vamos aproveitar nosso último dia no Havaí?

 Todos sorriram.

...

 Na segunda-feira de manhã Sasuke tomou café com Sakura no hotel, juntos decidiram que não se esconderiam mais, mas iriam ser discretos por enquanto, Sasuke queria primeiro falar com Kakashi e Sakura decidiu que o baile de formatura seria a melhor data para a primeira aparição em público.

 - Não entendo porque não pode não pode voltar comigo pra Los Angeles. – disse Sasuke emburrado ao saber disso.

 - É bem simples, eu estou em uma viagem de formatura e já foi difícil o suficiente esconder que estava com você essa semana no meio do nada. – disse Sakura bebendo seu suco de laranja – Preciso voltar com os outros.

 - Mas irei até sua casa à noite, devemos chegar à Los Angeles por volta das oito, as dez irei falar com Kakashi. – disse Sasuke.

 - Se prefere assim. – ela se encolheu – Não faço ideia de como ele vai reagir, ele não vai gostar, Sasuke.

 - Eu sei, eu não tenho uma fama muito boa e isso não vai agradar o seu irmão. – Sasuke segurou a mão dela – Mas não vou deixar isso atrapalhar, não vou deixar você.

 - Eu te amo. – disse Sakura sorrindo pra ele.

 - Eu te amo. – disse ele.

...

 Estavam no ar há muito tempo, tinha cochilado e acordado, almoçaram e tomaram refrescos, Sakura sorriu boba olhando pela janela lembrando das duas ultimas noites.

 - A diferença do seu rosto agora comparado com ele quando estávamos indo é gritante, testa. – disse Ino e Sakura sorriu corada.

 - Acham que fiz errado? – perguntou para as amigas já que Ino estava ao seu lado e Hinata e Tenten à sua frente – Acham que eu errei em perdoá-lo?

 - Você está feliz? – perguntou Tenten.

 - Muito. – disse Sakura.

 - Então fez a coisa certa. – disse Hinata e Sakura sorriu.

 - Olhem, nossa Los Angeles. – disse Tenten e todas olharam pela janela. Era um lugar maravilhoso de se sobrevoar à noite, tantas luzes imensas que pareciam mais uma constelação na terra – Que saudade daqui.

 - Ai que saudade do meu docinho. – disse Ino, chorosa.

 Demoraram cerca de meia hora pra pousar, estava cansada quando pegou as malas e caiu do portão, Kakashi estava lá acenando assim como Neji e Sai, Ino largou as malas no meio do caminho e correu pulando no colo de Sai, Tenten manteve a classe e esperou estar perto de Neji pra beijá-lo, Sakura e Hinata foram as últimas a se aproximar.

 - Kashi! – Sakura abraçou o irmão com força.

 - Kashi? Não me chama assim desde que estava desde os treze anos. – disse ele beijando a testa da irmã – Olha, tá até mais morena! Parece que aproveitou!

 - Eu só tô feliz, seu chato! – disse ela o empurrando – E foi muito bom, aposto que morreu de saudade da sua irmãzinha.

 - Ele eu não sei, mas eu senti da minha! – Neji colocou o braço no ombro de Hinata a fazendo rir – Pegou até uma corzinha, mana.

 - Branca do jeito que essa ai é, qualquer queimadinho já faz a diferença. – zombou Ino.

 - Bom, vamos? Deve estar cansada. – disse Kakashi pegando o carrinho com as malas. Sakura se despediu dos amigos e saiu com o irmão.

∞∞∞

 Sasuke entrou em casa soltando um suspiro de alivio, deixou que Juugo tomasse conta das malas depois de deixar Naruto em casa, foi até a cozinha onde Marie estava, se aproximou rapidamente beijando-lhe a bochecha.

 - Nossa! – ela riu – Isso é muito novo.

 - Eu tenho uma namorada agora, Marie. – disse Sasuke pegando um dos tomates que ela cortava, mordeu com cuidado pro caldo não molhasse a roupa – Ela voltou pra mim!

 - Eu trabalho pra você desde que chegou à Los Angeles, menino e nunca o vi assim. – ela sorriu – Estou feliz por você.

 - Eu tô ainda mais feliz. – ele sorriu – Vou conversar com o irmão mais velho dela hoje, é uma experiência nova pra mim pedir alguém em namoro pro responsável. Algum conselho?

 - Soe firme, ninguém gosta de incerteza. – disse ela.

 Sasuke foi para seu quarto, arrancou as roupas e entrou no chuveiro, tomou um banho caprichado, lavou os cabelos que estavam maiores que o comum, caiu e se deitou na cama pra descansar pelo menos uma hora, ainda de toalha.

 As 21:30h acordou e foi se arrumar, estava cansado, mas jurou para si que daquela noite não passava, colocou roupas comuns, calça preta, coturnos, camisa branca e uma jaqueta colege preta por cima, parecia jovial e rezou para que isso influenciassem Kakashi a pensar que o Uchiha era mais novo.

 Pegou seu Porsche e foi para a mansão dos Haruno, parou o carro na porta da entrada, foi até a porta e tocou a campainha, depois de alguns minutos Sakura abriu a porta, ela tinha um aparência cansada, mas ainda era linda como uma flor, usava um short moletom cinza simples e uma camisa preta de manga comprida, os cabelos estavam soltos e ainda secando de um possível banho.

 - Achei que ia desistir disso e viria amanhã. – ela abriu mais a porta dando espaço pra ele passar, Sasuke roubou um beijo de seus lábios.

 - Eu disse que viria. – disse ele – Onde tá o Kakashi?

 - Vem, ele tá no escritório. – Sakura começou a andar. Sakura cruzou a casa sendo seguida por Sasuke até que chegaram à um escritório, Kakashi escrevia algo no computador, levantou a cabeça ao ver Sasuke.

 - Olha só, resolveu aparecer. – disse Kakashi fechando computador – Estamos atrasados sabia?

 - Sinto muito, vou intensificar minha rotina, eu posso recompensar. – disse Sasuke se aproximando mais – Eu vim falar com você.

 - Relaxa, Sasuke, quando resolvi trabalhar com você sabia do seu temperamento. – disse Kakashi juntando as mãos.

 - Eu... vim falar sobre outra coisa. – continuou o Uchiha.

 - Tudo bem. – disse Kakashi – Pode nos dar licença, Sakura?

 - Na verdade é melhor que ela fique. – Sasuke fixou os olhos no cunhado em potencial – Eu sei que vai ficar irritado e até mesmo bravo, mas preciso que mantenha a mente aberta e me escute até o final primeiro.

 - Agora que me deixou ansioso. – Kakashi se levantou, Sasuke se sentia estranho, era como conhecer o sogro e ele nunca se preparou pra isso, pegou a mão de Sakura que tremia um pouco.

 - Sakura e eu estamos juntos. – disse Sasuke com voz firme – Eu sei que conhece minha fama e eu sei que fiz jus a ela, mas eu mudei pela sua irmã, eu sempre a respeitei e não passei dos limites com Sakura antes que ela completasse dezoito anos.

 Kakashi continuou olhando Sasuke com a mesma expressão de sempre, beirava o tédio com os olhos caídos, enfiou as mãos nos bolsos respirando fundo.

 - Kakashi. – Sakura chamou – Não vai dizer nada?

 - Quão idiota vocês pensam que eu sou pra nunca ter percebido o que acontecia entre vocês? – Kakashi perguntou.

 Sasuke ficou sem reação e pelo jeito Sakura também, ele continuou olhando o grisalho com uma expressão de confusão.

 - Só um cego não notaria os olhares que vocês trocavam, o jeito que se comportavam quando o outro estava por perto, as provocações. – disse Kakashi apoiando as mãos na mesa – Era nítido.

- E-E não tá bravo? – perguntou Sakura sem entender.

 - Eu fiquei e muito, afinal você é minha irmã e Sasuke é um conquistador barato. – disse Kakashi dando a volta na mesa – Eu já desconfiava, mas só tive certeza do interesse entre vocês quando se ofereceu pra levar Sakura embora da festa de Hashirama, eu estava esperando ter certeza pra acabar com isso, mas... Sakura estava diferente, sorrindo como há anos não sorria, o brilho retornou aos seus olhos e tudo se concretizou quando Chyo me contou o que aconteceu na noite da tempestade, você a ajudou.

 - Por que não disse nada? – Sakura perguntou.

 - Sasuke, eu posso falar com a minha irmã por um minuto? – perguntou Kakashi, Sasuke não queria sair, mas resolveu assentir, apertou a mão de Sakura e deixou o escritório.

∞∞∞

 Sakura viu Sasuke sair do escritório do irmão, seu rosto queimava ao se virar para o irmão, de todas as reações que ela imaginou aquela era a mais surpreendente, nunca pensou que ele já soubesse de tudo.

Kakashi deu a volta na mesa sentando-se na mesma, indicou a cadeira para a irmã que se sentou.

 - Sakura... – Kakashi acariciou os cabelos – Você sabe que será difícil, não sabe? Sasuke está em evidência e você também, seu relacionamento será seguido de perto a todo momento, estará sob os holofotes.

 - Eu nasci sob os holofotes. – disse Sakura.

 - Ele é dez anos mais velho que você, eu confesso que isso me incomoda um pouco ainda mais por conhecer a fama de Sasuke. – Kakashi foi sincero – A verdade é que nunca pensei em ter um cunhado, ainda mais um cunhado que fosse apenas um ano mais novo que eu.

 - Eu sei disso, Kakashi, eu sei que Sasuke é mais velho e que ele é conhecido pela piranhagem, mas assim como o Sai e o Neji ele mudou e mudou por me amar. – disse Sakura juntou as mãos – E eu também o amo.

 - Então não há nada que eu possa fazer, afinal de contas eu não sou seu pai. – ele afagou os cabelos da irmã – Prometa que vai tomar cuidado.

 - Eu prometo. – disse Sakura.

 - Pode chamar o Sasuke agora? Eu quero falar com ele. – disse o mais velho

 - Me diz que não vai perguntar quais são as intenções dele. – pediu Sakura e ele riu.

 - Isso é entre mim e o Uchiha. – disse Kakashi.

∞∞∞

 Sasuke estava sentado na sala esfregando as mãos por estar impaciente, Sakura apareceu o acalmando um pouco, ele se levantou andando até ela e colocando as mãos em sua cintura.

 - Tá tudo bem? – ele quis saber.

 - Na verdade foi muito mais tranquilo do que eu esperava ainda estou um pouco atordoada. – disse a rosada. – Ele quer falar com você.

 - Certo. – disse Sasuke selando os lábios de Sakura – Não demoro.

 Deixou a namorada e voltou ao escritório a passos apressados, entrou fechando a porta e virando-se para Kakashi, finalmente a sós com ele se sentia estranhamente ansioso como se precisasse agradá-lo.

 - Você estava na festa da ‘Kappa beta kappa’ em 2011? – Kakashi perguntou, Sasuke não entendeu muito bem o que isso tinha a ver com a situação, mas pensou nisso.

 - Sim, era meu penúltimo ano, foi uma festa bem insana da Julliard. – disse Sasuke se lembrando.

 - Era o meu último ano, eu estava em uma disputa de cerveja quando recebi uma ligação, meu pais tinham morrido eu precisava voltar pra California o mais rápido possível. – disse Kakashi e Sasuke se enrijeceu – Eu estava desolado dentro do jato particular, chorava como uma criança que eu já não era, mas sabia que precisava parar. Chovia muito em Los Angeles quando pousei, talvez o céu estivesse triste também, eu não sei. Quando cheguei em casa a Sakura correu pra me abraçar e eu soube que precisava crescer, eu era a única coisa que ela tinha, Sasuke, ela precisava de mim.

 - Você cuidou muito bem dela, Kakashi. – disse Sasuke ainda incerto.

 - E ela de mim, sempre tão forte que me motivava, ela era uma criança e era mais sábia que eu, foi Sakura quem me convenceu a não deixar a faculdade no último ano, ela sabia o que era melhor pra mim. – Kakashi respirou fundo – Minha irmã é a coisa mais preciosa que eu tenho, Sasuke e eu não deixar que alguém a machuque, não pouparia esforços pra destruir você se isso acontecesse.

 - Eu quebrei cada parte de mim por ela, Kakashi, pode confiar em mim porque eu a amo como nunca amei ninguém. – assegurou o Uchiha – Vou te mostrar que mudei.

 - Então seja bem-vindo aos jantares de quarta. – ele deu um meio sorriso – Vou tentar me acostumar com isso.

 Sasuke sorriu.

...

 Sakura fez um bico quase infantil que fez Sakura rir e achar fofo, ela segurou o braço dele.

 - Não precisa ir. – disse ela manhosa.

 - Preciso sim, está cansada da viagem e precisa descansar. – disse Sasuke afagando o rosto dela – Além do mais, é muita coisa pro Kakashi por uma noite. Eu te vejo amanhã?

 - Sim. – disse ela o beijando, Sasuke se sentiu à vontade para aprofundar o beijo – Fica.

 - Boa noite, pequena. – disse Sasuke abrindo a porta.

∞∞∞

 Sasori mandou uma mensagem dizendo para todas o encontrarem em sua casa, Sakura estranhou a urgência, mas esperou mais alguns minutos e cruzou a rua até a mansão Sabaku, encontrou as amigas também chegando e juntas tocaram a campainha.

 - Estão atrasadas. – disse Sasori abrindo a porta. As quatro adentraram a casa junto a Sasori, ele subiu as escadas e começou a andar pelos corredores. – Meus pais me incentivaram a colocar minha criatividade à prova, eu desenhei alguns croquis há alguns meses, mas só comecei a confeccioná-los há algumas semanas antes, minha mãe sempre diz que um estilista se inspira no que há ao seu redor e só percebe quando termina e eu terminei agora. Notei que fiz quatro vestidos.

 Ele abriu a porta do ateliê de seus pais e as garotas entraram, o queixo de Sakura caiu ao ver os quatro manequins com os vestidos, era um mais bonito que o outro. O vestido diante de Sakura era perolado, um decote bem avantajado e bonito, as alças eram enfeitadas com pedrarias assim como uma espece de cinto sob os seios, lindo em tudo, o corte era perfeito.

 - É impossível que tenha feito tudo isso sozinho, viado. – disse Ino encantada com o vestido roxo no estilo sereia com a aplicação de tule brilhante

 - Sasori... – Tenten deslizou os dedos pelo vestido vinho em tecido cintilante com as costas de fora e uma enorme fenda na perna esquerda – É incrível!

 Hinata olhava o vestido azul feito de tule transparente em várias camadas, não tinha mangas e o decote era desenhado de maneira linda.

 - Eles são lindos, Saso. – disse Hinata.

 - Eu fiz pra vocês. – disse Sasori – Poderiam usar no baile de formatura.

 - Mas eu não vou ao baile. – disse Tenten.

 - Vai sim, fica quieta. – disse Ino dando a volta em seu manequim – Eu vou provar essa belezinha agora! Eu te amo, Saso!

 - Agora eu sou o ‘Saso e não o viado’. – ele riu.

 - Você tem muito talento, Saso. – Sakura o beijou na bochecha – E eu faço questão de pagar por esse vestido como uma compra normal.

 - Não mesmo, são presentes! – disse o Sabaku – Agora vistam pra que eu ajuste o que precisa.

∞∞∞

 Sasuke acertou a bola na caçapa e Neji bufou fazendo Naruto e Sai rirem, o Hyuuga entregou o taco para Sai.

 - Você é péssimo nisso, Hyuuga. – disse Sasuke, afrontoso.

 - Ah, cala a boca, sou um empresário e não um frequentador de bares. – disse Neji, emburrado.

 - Chora menos, cunhadinho. – disse Naruto e Neji o estapeou.

 - Cunhadinho o seu cú. – disse ele fazendo os outros rirem, Neji checou o celular e bufou – Perdi minha namorada pra um estilista.

 - É, a Ino me disse que ia passar o dia com as meninas e o Sasori ajustando o vestido do baile. – disse Sai – Não sei se gosto disso, um cara apalpando minha mulher.

 - Opa, quem falou em apalpar? – Neji arregalou os olhos.

 - Não quero ninguém apalpando a minha Hinatinha. – disse Naruto, agoniado.

 - Não se preocupem, ele é gay. – disse Sasuke acertando a bola – Não julgo vocês, também senti muito ciúme dele com a Sakura, mas ele não apresenta perigo.

 - Por que a Ino nunca me contou isso? – Sai levantou a cabeça – Ela sabe que tenho ciúme.

 - Porque ela gosta de te deixar com ciúme. – disse Sasuke – Todas elas gostam.

 Por um momento os quatro ex-caçadores de Los Angeles pararam para refletir, Naruto pegou sua caneca de chopp.

 - Quem diria que nós estaríamos nessa? Sai finalmente com uma só, Neji de quatro por uma mina mais forte que ele, eu extremamente apaixonado por uma garota dez anos mais nova e o Sasuke, logo o Sasuke, tá namorando também. – disse o Uzumaki – As garotas da Julliard estariam chorando agora se soubessem.

 - Eu achei que de nós o único que não cairia era o Sasuke. – disse Sai fazendo as jogada e acertando – Sempre foi o pior de nós.

 - Não é verdade, Neji era o pior. – Sasuke se defendeu.

 - Não mesmo. – disse o Hyuuga – O loiro pervertido ai que acaba toda festa pelado.

 - A minha roupa desaparecia sozinha, a culpa não era minha! – exclamou Naruto – Vê se não fica me ‘defumando’ pro meu anjinho, Neji.

 - É difamando, seu animal! – Neji fulminou o Uzumaki com o olhar – E eu ainda não me acostumei com essa ideia.

 - Se acostumou sim, só não quer dar o braço a torcer. – disse Sai para o perolado que revirou os olhos – Somos homens domesticados agora, meus amigos.

 - Também não é assim. – disse Sasuke se apoiando em seu taco.

 - É sim. – disse Neji, vencido.

 - E ai, Uchiha, já contou pra sua mãe que tomou jeito? – Naruto perguntou.

 Sasuke arfou.

...

 Sasuke caiu do closet vestindo apenas uma calça moletom azul-marinho, sentou-se em sua cama pegando o telefone e resolveu ligar pra mãe.

 - Sasuke! – ela atendeu – Eu estava falando de você agora pro Itachi.

 - Já disse que não gosto que fale de mim pro Itachi mãe. – disse Sasuke perdendo o bom-humor.

 - Ah, filho, você e se irmão precisam parar com isso de uma vez. – disse Mikoto, se ela soubesse... – Mas aconteceu alguma coisa, meu amor?

 - Eu só queria agradecer pelo conselho que me deu aquele dia, ajudou muito. – Sasuke suspirou – Eu tô namorando, mãe.

 - É mesmo? – ela parecia alegre – Meu Deus! Eu preciso conhecê-la!

 - Calma, mãe, está muito no começo ainda, logo você vai ver fotos nossas juntos no baile de formatura dela. – disse Sasuke dando um sorriso bobo.

 - Formatura? – Mikoto estranhou – Quantos anos essa moça tem, Sasuke?

 - Dezoito, dona Mikoto. Sim, ela é dez anos mais nova que eu. – disse o mais novo – Mas sei que vai gostar dela.

 - Bom, se ela foi capaz de te colocar na linha. – Mikoto riu – Eu quero conhecê-la, não abro mão disso.

 - Vamos acertar tudo. – disse Sasuke – Preciso ir, tenho que decorar umas falas. Tchau mãe.

 - Tchau, bebê. – Mikoto desligou e Sasuke se deitou suspirando.

...

 A cerimônia de formatura do colégio de Sakura aconteceu Sábado de manhã, Sasuke foi é claro, ele e Sakura foram bem discretos, mas não se esconderam de maneira nenhuma. Ele a perdeu a tarde inteira, junto com as outras meninas ela foi para uma tarde de beleza, Sasuke foi pra casa onde usou o tempo pra decorar as cenas que gravaria na semana, os dias que passou no Havaí precisavam ser recompensados.

 Quando a tarde findou o Uchiha tomou um banho demorado, fez a barba espalhando uma loção. Tinha mandado Suigetsu comprar um terno moderno para ele, era justo e skinning, cintilante e elegante, tinha uma pegada militar bem subentendido com detalhes dourados. Secou os cabelos arrumando-os, colocou seu relógio de prata polida e se perfumou.

 Optou pela BMW preta, seria um carro mais confortável para Sakura, dirigiu-se para o condomínio de Sakura parando o carro na porta. Tocou a campainha sendo recebido por Kakashi.

 - Olá. – disse ele saindo da frente.

 - A Sakura tá pronta? – o moreno perguntou entrando.

 - Claro que não, chegou agora pouco de onde foi fazer cabelo e maquiagem, tá com a Chyo lá em cima colocando o vestido. – disse Kakashi – Aceita beber alguma coisa?

 - Uísque seria bom. – disse Sasuke abrindo o paletó. Kakashi indicou o sofá e Sasuke se sentou, pouco tempo depois já estava bebendo seu uísque acompanhado de Kakashi – Não vai ao baile? Soube que pais e responsáveis podem ir.

 - Acho que passei do tempo de ir vigiar minha irmãzinha. – disse Kakashi – E não há ninguém que me interesse lá.

 - Entendo perfeitamente. – disse Sasuke.

 - Vamos? – Sakura perguntou.

 O queixo de Sasuke caiu ao vê-la tão bonita, o vestido era branco mais puxado pro perolado, uma imensa fenda entre os seios formava um decote maravilhoso, os detalhes cravejados a deixavam a personificação da beleza, os cabelos rosados estavam caídos todos de um lado, a maquiagem estava impecável.

 - Nossa. – disse ele, Sakura sorriu desviando o olhar, Sasuke tomou todo seu uísque numa golada só e se levantou andando até a namorada – Você tá linda, namorada.

 - Você também, namorado. – disse ela ajeitando a gravata dele – Vamos? Já estamos atrasados.

 - Vamos. – despediram-se de Kakashi e saíram. Sasuke olhava para Sakura sempre que podia, ela era linda, mas naquela noite ela estava perfeita. Chegaram até o imenso salão onde aconteceria o baile, Sasuke saiu do carro entregando a chave para o manobrista que esperava, o Uchiha deu a volta no carro abrindo a porta do carona e estendendo a mão para Sakura – Pronta pra tudo isso?

 Sakura apenas sorriu estendendo a mão para o Uchiha, assim que saiu do carro os fotógrafos foram à loucura, amontoaram-se ao redor deles banhando-os com os flashs brilhantes, Sasuke passou um braço na cintura dela abrindo caminho com o outro.

 - Sasuke! Sasuke! – os repórteres chamavam – Vocês estão juntos?

 - Sakura! Sakura, está junto com o Uchiha? – perguntou uma paparazzi.

 Sakura parou e Sasuke a abraçou pela cintura, viraram-se para os paparazzi, a Haruno sorriu.

 - Estamos juntos. – disse Sakura sorridente.

 - E felizes. – disse Sasuke em complemento. Segurou a mão de Sakura e a trouxe para um beijo rápido, depois adentrou o local junto com a namorada, era libertador dizer que estava com Sakura e que ela era dele tanto quanto ele era dela.

 O lugar estava bem decorado, tudo com o maior requinte e elegância, foram o centro da atenção assim que entrara, todos os olhavam com olhares questionadores, mas Sasuke não vacilou nem um minuto, na verdade se envaidecida por estar atraindo todos os olhares para si e estar segurando a mão da mulher mais bonita do mundo. Ouvia murmúrios como “É o Sasuke Uchiha?” “A Sakura tá com ele? Achei que ela pegasse o Sasori” “Eu não acredito que estão namorando!”

 Sasuke viu Sai e Ino do outro lado e seguiu até eles. Ino abraçou Sakura e as duas começaram a dizer o quanto estavam bonitas.

 - Se queriam ser o centro das atenções, conseguiram. – disse Sai para Sasuke.

 - Onde estão os outros? – Sakura quis saber.

 - Eu não faço ideia! – disse Ino – Mas vem, testa, quero dançar.

 Sasuke sorriu para a Namorada.

∞∞∞

  Hinata estava linda em seu vestido azul feito por Sasori, estava deslumbrante, já estava pronta, a maquiagem ficara perfeita, cabelo perfeito contrastando com sua pele levemente bronzeada por causa do sol do Havaí, viu que era hora descer já já Naruto estaria lá para busca-la, saiu de seu quarto e fechou a porta, quando escutou passos vindo em sua direção e esperou para ver que eram seu irmão e seu pai, Neji estava lindo em seu Smoking luxuoso, assim que viu Hina sorriu para a mesma.

 - Está linda irmã. Nossa! – disse Neji e Hina sorriu para ele.

 - Você também está lindo, irmão, Tenten vai adorar. – ela o elogiou.

 - Posso dizer o mesmo de Naruto. – Neji piscou.

 Foi quando Hina percebeu a presença do pai atrás de Neji, Hiashi olhou Hinata de cima a baixo com uma expressão séria.

 - Do que está falando Neji? Sua irmã irá com o Toneri, não é Hinata? – a voz grave de Hiashi soou.

 Hinata ficou mais pálida que o normal, esfregou suas mãos uma na outra de nervoso, mordeu o lábio tomando coragem pra dizer.

 - Não papai, não irei com o Toneri, irei com o Naruto Uzumaki. – sussurrou a morena.

 - Mas o que você tem na cabeça? – ele soou irritado – Não quero que vá com um atorzinho de quinta Hinata! Minha filha, você e uma Hyuuga, pense no que está fazendo, Toneri é o homem certo para você, não irei permitir isso.

 Hinata estava já ficando sem ar, não sabia o que falar, queria enfrentar seu pai mais lhe faltava coragem. Respirou fundo e olhou para seu irmão pedindo ajuda. Neji entendeu o recado e virou-se para seu pai.

 - Pai não diga essas coisas para Hinata, é a noite dela! – disse o mais novo – Você conhece Naruto, ele é meu amigo, já veio aqui na época de faculdade, e garanto que suas intensões com Hinata são as melhores, dê uma chance.

 - Tudo bem, mas depois teremos uma conversa muito séria, Hinata. – disse ele vendo que aquela não era a melhor hora para esse assunto, deu meia volta e entrou de novo em seu escritório.

Hina virou-se para seu irmão e lhe deu um abraço.

 - Obrigada, irmão, não sei o que seria de mim sem você. – ela o agradeceu.

 - Não precisa agradecer, maninha, estou aqui sempre que precisar de mim. E se Naruto pisar na bola eu mesmo lhe darei umas boas porradas. – disse Neji, Hina sorriu  feliz com a proteção de seu irmão para com ela.

 - Vai logo senão vai se atrasar, Tenten está te esperando. Neji deu-lhe um beijo na testa.

 - Até mais tarde maninha. – disse o mais velho.

 - Até irmão. – Hinata sorriu para Neji.

 Assim que o irmão se foi, Hinata andou até a sala onde Ayo tirou inúmeras fotos suas, a governanta praticamente os tinha criado e era como uma mãe para Hinata. De repente a campainha soou e Hinata se adiantou para abrir, assim que abriu a porta e Naruto a viu ele arregalou os olhos abrindo a boca, Hinata corou um pouco sorrindo pra ele, era um deus naquele smoking preto com gravata borboleta, os cabelos molhados e penteados para trás revelavam seu rosto perfeito.

 - Eu morri e tô no céu? – ele quis saber e Hinata riu.

 - Estou bonita, Naruto? – ela olhou pra baixo.

 - A estrela mais linda do ceu. – disse ele segurando a mão dela – Poderia ficar só admirando você.

 - Mas não pode, estamos atrasados. – disse ela e ele respirou fundo tentando acordar.

 - Senhorita. – ele estendeu o braço e juntos foram para a Ranger branca.

 Chegaram pouco tempo depois de Neji e Tenten, os flashs choveram sobre eles assim como as perguntas sobre um possível relacionamento, Hinata realmente não gostava de ser o centro das atenções, mas Naruto parecia ter nascido pra isso, lidava bem com tudo ao proteger Hinata.

 Assim que entraram no imenso salão Hinata pensou que tudo melhoraria, mas os olhares foram atraídos para eles, enquanto andavam com as mãos unidas ela ouvia os sussurros e sentia os olhares. Foram até os amigos

 - Minha peitudinha favorita! – Ino veio correndo da pista abraçando a amiga – Tão gata que é impossível o Narutinho não te finalizar hoje.

 - Ino! – Hinata a repreendeu e os outros riram, Naruto coçou a nuca com a mão direita pigarreando constrangido.

 - Não tô vendo graça. – disse Neji emburrando e Tenten riu o beijando.

 Sasori se aproximou com um lindíssimo terno cinza, as garotas assoviaram pra ele que riu.

 - Caralho, tá toda a escola comentando sobre vocês e seus namoradinhos. – disse ele – Acho que vi o Nicholas Carther chorando no banheiro.

 - Ele que chore mais. – Sasuke rugiu abraçando Sakura.

O baile seguiu divertido, Naruto até se arriscou em alguns passos de dança nas músicas alegres, Sasuke e Neji eram os únicos que não dançaram de jeito nenhum, até que a musica lenta começou, todos pegaram seus respectivos pares e foram para a pista. Naruto deu um sorriso lindo estendendo a mão para Hina que o pegou.

 Ela adorava aquela música, mas adorava ainda mais estar nos braços de Naruto, as mãos dele permaneceram firmes e quentes na cintura da morena que envolveu seu pescoço com os braços, Hinata esta corada, mas não desviou os olhos dele, mesmo sob a luz escura da posta de dança ele era lindo.

 - Não consigo me conformar com o quão linda você tá hoje. – sussurrou ele – Hinata... Você está mais linda que a Lua, o sol e todos os astros.

 - Naruto... n-não diga essas coisas... – ela sussurrou envergonhada.

 - Hina... – ele estava vermelho, e parecia tremer, mas não vacilou – Eu tô perdidamente apaixonado por você.

 O coração dela estava aos pulos, sentiu o corpo amolecer, mas não podia desmaiar, ela também estava, também estava perdidamente apaixonada por Naruto, desde muito tempo, desde antes de conhecê-lo.

 - Ah, Naruto... – sussurrou ela chorosa – Eu também estou... t-também estou apaixonada por você.

 - Então seja minha Hina. – ele parou de danar e Hinata o olhou sem entender – Seja minha namorada, deixa eu dizer pra quem quiser ouvir que sou seu e você é minha, por favor Hinata. Eu preciso de você.

 Sim! Ela pensou de imediato, não havia mais nada naquele momento, apenas seus sonho sendo realizado, parecia mentira, mas era real e ele esperava uma resposta.

 - Eu aceito. – disse ela emocionada – Quero muito ser sua namorada, Naruto.

 O Uzumaki a puxou para si tomando seus lábios.

∞∞∞

 Sakura estava vivendo um sonho de adolescente, estava em seu baile de formatura dançando com seu par perfeito ao som de Ed Sheeran – Perfect. Cada estrofe da música detalhava uma relação tão bonita quanto a que tinha com Sasuke, que apesar de conturbada era a preferida da rosada.

 Sasuke não dançou nada a noite inteira, mas dançava com ela agora com os braços envolvendo sua cintura e a boca perto de seu ouvido, ela ouvida sua respiração e agradecia a Deus por isso, se fosse um sonho não queria acordar.

 - Vermelho é minha cor preferida, mas estou pensando em mudar para o branco-perola depois dessa noite. – ele sussurrou ao ouvido dela – Você está perfeita, Sakura, eu não mereço tudo isso.

 Ele sussurrou de acordo com a letra da música, era tão lindo que Sakura sentiu vontade de chorar, apertou as mãos na nuca dele se afastando um pouco para olhá-lo, não ligaria se o mundo acabasse naquele momento.

 - É tudo tão perfeito que parece um sonho, na verdade é mais lindo que qualquer sonho meu. – disse a rosada derrubando uma lágrima, Sasuke a secou com um beijo.

 - Não chore, meu amor, eu não queria te deixar triste. – disse Sasuke, preocupado.

 - Não estou triste... Eu... – ela o olhou sem saber o que dizer – Eu te amo, Sasuke, eu te amo de verdade.

 - Eu te amo mais que a mim mesmo, minha pequena. – disse o Uchiha voltando a dançar, a puxou para um abraço a colando em seu corpo – É real, Sakura, ouça meu coração batendo, ele bate por você, e só por você meu amor. Somos um casal comum, um casal que se ama, eu vou te dar a normalidade que você quer dentro da loucura que é a nossa vida.

 - Somos normais e eu gosto disso. – ela sussurrou.

 - E tem mais uma coisa. – ele riu de forma rouca no ouvido dela – Minha mãe quer te conhecer.

 Sakura arfou.


Notas Finais


Eu quero comentarios viu!
HAHAHAA
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...