História Amor entre irmãos - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hentai, Incesto, Romance
Visualizações 23
Palavras 986
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Cuidando da minha irmã em casa


- Ué. Nos molhamos sem querer. - Falei quase sem ter quase idéia para responder.

Natsume- Sim. A água pegou na Misuki e depois pegou um pouco no meu irmão. Eu havia abraçado ele e molhou a minha roupa. - Falou a verdade.

Saki- Ok. Hum. Só não é muito normal ver dois irmãos já grandes trocando de roupa juntos. - Disse rindo.

Natsume- Eu te falei, irmão. Somos grandinhos para trocar de roupa juntos, baka. - Falou no meu ouvido.

- Gomenasai Irmã. Ahhh. É nosso costume fazer quase tudo junto. - Falei  no ouvido dela parecendo inocente.

Natsume- Ah Haru, mas não trocar de roupa juntos. - Falou reclamando.

Katsuko- Aham, vocês estão falando tanto baixinho porque? - Dizia nos olhando.

Natsume- Assunto de irmãos! - Disse minha irmã reclamando.

Saki- Calma. Ok, Natsume. Não precisa reclamar. - Disse rindo.

Enfim, paramos de discutir, fomos para a sala e esperamos até a saída.

Quando saímos do colégio, Natsume havia reclamado de frio, sendo que nem estava isso tudo que ela sentia.

- Como assim? Não está frio. - Falei abismado.

Natsume- Não sei, irmão. Só sei que sinto. Devo estar cansada. Haru, eu... - Falava baixo e em seguida desmaiava no caminho para casa.

- Natsume!! - Gritei o nome dela e apaguei rapidamente no colo.

Que estranho, ela desmaiou?

A levei para casa no meu colo. Mesmo ela sendo pesada, ela era fofa.

Em casa, a coloquei na cama, coloquei coberta nela e esperei que ela acordasse. Durante isso, eu dormi até que ela acordasse.

Natsume- Irmão? Ei, irmão, acorde! - Falava fracamente e me catucando.

- Acordou! Finalmente! Natsume! O que ouve irmã? Você havia desmaiado! Fiquei preocupado. - Falei nervoso.

Natsume- Me desculpa. Eu não havia contado, mas eu estou assim a uns dois dias. - Falou tristemente.

- E porque não me disse?! - Falei furioso.

Natsume- Você sabe. Sou sensível ao sol, minha pele é meio assim. Eu não queria te preocupar. - Falou escondendo o rosto.

- Mesmo assim! Você é minha! Minha irmã, cacete! - Falei furioso e abracei ela.

Natsume- Haru.. me desculpa. Sou uma péssima irmã.. - Falava fraco e chorando.

- Não. Eu que sou. Estou tentando cuidar de nós doise. Não chore irmã. Estou aqui. Vou preparar sopa para ti. - Sorri e falei bastante decidido a cuidar dela.

Natsume- Ok. Obrigada irmão. - Disse sorrindo enquanto limpava as lágrimas.

Enfim, fiz sopa para ela e ela até que aceitou a comida. Só a sensibilidade dela que me deixava preocupado.

- Irmã, acho que não vou para o colégio enquanto estiver assim. Você está muito quente e febre preocupa demais. - Falei passando a mão na testa dela percebendo a temperatura alta.

Natsume- Faltar? Mas irmão eu ficarei bem.. - Dizia fraca.

Como não notei que ela estava assim antes? Ela me esconde o que sente e o vê

- Não. Você precisa de alguém cuidando de ti e eu não deixarei nenhum desconhecido cuidar de você! - Falei rígido e decidido.

Natsume- Ok irmão. Você é um bom irmão. Ciumento, mas está certo. - Mesmo fraca, veio a mim e me abraçou.

Ahh! Está perto do meu pênis..

- Ok irmã! Ahh... errr Tá bom de abraços. - Corei e falei meio agoniado.

Nastume- Ah entendi. Desculpa. Me empolguei ao te abraçar. - Disse tímida.

Falei pelo o celular com meus amigos e avisei a eles que eu não iria por que estou cuidando da minha irmã.

Enquanto eu falava com eles pelo o celular, reparei que minha irmã estava com uma toalha na mão indo pro banheiro. Parei de mexer no celular e fui até a ela.

- Hey, irmã, não vá sozinha. Você está débil. - Falei indo com ela.

Natsume- Ah, não precisa me dar banho, irmão. Eu estou meia bem. Sei fazer sozinha. - Falou mau humorada.

- Mesmo assim, eu sou seu irmão. Vou cuidar da minha irmã. - Falei firme.

Natsume- Está agindo como se fosse o papai. - Falou mais mau humorada.

- Boba. Não sou, eu estou preocupado com você. Eu não irei olhar para outros lugares, ok? - Falei tímido.

Natsume- Sei! Ok. - Disse retirando a roupa.

Não sei porque decidi ajudar ela no banho. Ai, sou pervetido até com ela!

- Huh. Vou começar por aqui ok? - Falei começando a passar a esponja nas costas dela.

Natsume me olhou e permitiu.

Ela tem uma pele tão macia. Eu me lembro que quando eu era pequeno, eu tinha a mania de abraçar ou catucar ela para tocar na pele macia que ela tanto tinha, e ainda tem desde daquele tempo.

- Sua pele é macia, irmã. - Falei meio assanhado, porém me controlei.

Natsume- Obrigada irmão. Errr.. - Me olhava de lado e falava bem envergonhada.

- Já vai acabar. - Falei corando.

Natsume corava.

Comecei a passar mais além do que devia e ela corava sem reclamar.

Natsume- Haru, cuidado. Aqui é sensível... - Falava tímida.

- Ok, Natsume. Desculpa. Já acabei! - Retirei rápido a esponja.

Me excitou isso é muito!

- Errr irmã vá se trocar, Eu estou com vontade de fazer xixi. - Menti estando nervoso.

Natsume- Ok irmão. - Disse colocando a toalha e saindo do banheiro.

Denovo estou duro! Porque fico excitado só de estar com a minha irmã??

Natsume Pov

Tenho a impressão que eu o assanhei de alguma forma. Ele parecia bastante envergonhado. Ele fala que sabe quando não sei mentir, mas eu sei quando ele esconde as impurezas.

Nunca me esqueci quando ele me deu um selinho, uma vez.

Que fofo Haru, mesmo eu com febre, você não foi nem para a escola por causa minha causa. Você se preocupa tanto comigo, afinal, somos irmãos  e agora é só nós dois.

Haru Pov

Eu tive que me aliviar, meu membro não aguentou. Tenho a sensação que ela desconfia que eu fico duro com ela. Não sei como afirmar isto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...