História Amor Entre K-Poppers (ShortFic Tio King- K-Youtuber HOT) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fluffy, Senpai Da Minha Vida, Tioking, Youtuber
Visualizações 266
Palavras 951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiii Oiii meus Xurumelinhas e Brotinhos liendoos do meu Kokoro♡♥

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
<33

Capítulo 3 - 0.2 -HOT-


Fanfic / Fanfiction Amor Entre K-Poppers (ShortFic Tio King- K-Youtuber HOT) - Capítulo 3 - 0.2 -HOT-

                                   Kim S/n's POV

                                    ~Boate Shorin


Nos identificamos na entrada. Eu e ele pudemos entrar pois eu tinha 18 e ele 19. Entramos e Diih ficou maravilhado assim como eu. Em todos os cantos haviam pessoas se pegando. Ambos foram até o balcão para pedirmos uma bebida.

- Uma garrafinha de Soju, jebal (Por Favor)_Falo com o garçom. Me viro para Diego e espero pela sua bebida escolhida._

- Eu também quero soju.

- Duas garrafinhas!_Gtito para o garçom que fez "ok" com seus dedos das mãos._

Ele nos entrega as garrafinhas. Logo começou a tocar "Bang Bang Bang" do BigBang. Nós como puros K-Poppers de pele alma e coração, começamos a cantar que nem dois loucos, e logo fomos para a pista, dançar e beber ao mesmo tempo.

- Esta sem dúvidas é a melhor noite da minha VIDA!!!_Grita ele todo feliz_.

- Se quiser, podemos ter mais dessas Diih!!_Grito pois a música estava alta_.

Em pouco tempo, ambos estavam sobre os efeitos do álcool. Havia um palco onde garotas podiam dançar se quisessem, à preço baixo. Logo começara a tocar "Roll Deep" da deusa HyunA, e eu acostumada a fazer bosta quando estou bêbada, chamei Diego para irmos até o palco.

Ele faria a parte de Ilhoo enquanto eu de HyunA. Pagamos e subimos, enquanto as pessoas da boate gritavam em nossa direção. Gritos de diversão. 

A música começa, e eu comecei a rebolar e dançar como eu mesma sabia os movimentos da música. 

A parte onde eu quicava chega, e eu fazia aulas de dança, sendo assim não errando as quicadas. Homens gritam frases por exemplo: "Gostosa", "Peituda", "Eu quero comer!". Eu realmente não ligava para isso...

A parte de Diih chega, ele começa a cantar o rap. Numa das partes, que estava de costas para o mesmo enquanto eu rebolava, o mais velho me puxa colando meu bumbum em seu membro semi-ereto. Começa ele a ditar os movimentos, a platéia vai a loucura...

Terminamos a música totalmente ofegantes e mais loucos que o normal. Todos aplaudem.

Quando ambos desceram do palco um homem veio em minha direção.

- Hey Gata! Vamos para um motel?_Pergunta ele maliciosissimo._

Logicamente eu ia lhe responder um belo NÃO, mas Diego foi mais rápido. 

- Cara, não tá vendo que ela tá acompanhada não? Abre os olhos amigo!!_Olha ele todo todo rs_.

- E quem você pensa que é para falar assim comigo?_O cara partiu para cima._

- Alguém que certamente você não é! Agora vaza da minha frente!_Diih segue me puxando novamente até o balcão._

Eu não estava consciente de nada, já que estava bêbada. Mas a parte que não estava, me senti protegida por Tio King, pare com isso, estou na suspeita de lhe amar para todo sempre!♡

Pegamos mais duas garrafas de Soju, uma para cada. Voltamos à pista ao som de Cherry Bomb, seguido de MIC Drop e MOMMAE.

Foi em MOMMAE que tudo começara a ficar interessante...

Comecei a me movimentar sensualmente, quando senti as grandes mãos de Diego envolverem minha cintura. Lhe dei um sorriso sacana que foi retribuído pelo maior. Em um piscar de olhos, lá estávamos, nos beijando enquanto intensificava o beijo com meus dedinhos enrrolados as suas medeixas.

Sem pressa o moreno me coloca no seu colo nos guiando até a porta da saída. 

- Onde vamos Diih?_Falo manhosa_.

- Apartamento. Vamos brincar um pouquinho Baby?

- Uhum...

Em instantes estávamos no AP novamente. Ao fechar a porta principal o maior novamente me pega no colo e iniciando um beijo intenso ainda envolvendo cheiro de álcool, mas não deixava hora alguma de ser bom.

Tio King me guia até seu quarto, me jogando indelicadamente na cama. Não que isso seja um problema.

Tranca a porta e segue até mim retirando suas vestes de cima, me dando visão de seu ABS nem tão definido, mas não deixava de ser belo.

Volta com beijos e pouco a pouco vai erguendo meu vestido, lhe dando a visão de minha langerie rubra rendada.

Quando obteve sucesso, deslisou sua mão até o fecho de meu sutiã, tirando-o e o arremessando para qualquer canto.

Desceu seus beijos molhados até meu maxilar e de lá aos meus peitos já estimulados pelo moreno.

Enquanto abocanhava um, como um bebê faminto, apalpava o direito, me fazendo liberar pequenos arfares.

Com suas mãos habilidosas deslisou minha calcinha, e quando obteve o que queria, tivera o mesmo destino de meu sutiã. 

Com sua destra começara a estimilar meu clitóris me fazendo gemer. O mais velho logo se livra de suas últimas peças me revelando seu membro mais ereto que estivera antes.

- É virgem Baby?_Pergunta roçando sua masculinidade em minha extensão rosadinha._

-Não...Hmm...Ande logo Daddy...

Ele ri nasal. Ambos haviam esquecido da prevenção. Então, aconteceu assim mesmo.

Diego me penetrara sem nenhum simples aviso, com movimentos rápidos e fundos me fazendo arranhar suas costas e gemer seu nome incontáveis vezes.

...

Estava a chegar no meu primeiro ápice, quando ele sai de dentro de mim.

- Quica em mim, hm?

Sorri sapeca e o sentei na cama. Coloquei meus joelhos rentes ao seu quadril, e encaixei sua glande vermelhinha em minha entradinha. Logo começo a quicar enquanto apoiei minha cabeça na curvatura de seu pescoço. 

- Você é...Grande...Diih...Hmmmm..._Falo gemendo em seu ouvido_.

- Tão apertada...Ownn...

Quicava o mais rápido possível enquanto ele ajudava com suas mãos grudadas em minha cintura. Ambos finalmente chegaram ao seu orgasmos juntos.

Pois bem, desci até seu membro enquanto o maior permanecia com sua cabeça tombada para trás. 

Ele automaticamente endureceu quando sentiu meus toques. Sem delongas eu abocanhei seu falo com provocativos movimentos de vai e vem. Seus gemidos eram como música para mim.

O cheiro de sexo empreguinava o quarto, enquanto se misturava aos doces gemidos de Diego. Ele logo de desfaz em minha boca, me fazendo engolir tudo.

Cai ao seu peito, ambos suados e ofegantes. Devido as álcool e ao cansaço, nós dois caímos no sono rapidamente. 





TO BE CONTINUED....









Notas Finais


Hot meio bosta mas noix tenta kskksksksks

Gomawo por lerem e até o próximo capítulo! ♥ ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...