História Amor entre primos - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Primos, Romance
Visualizações 10
Palavras 813
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um capitulo pra vocês, meus amores espero que gostem, bjss!!

Capítulo 3 - Revelações


Fanfic / Fanfiction Amor entre primos - Capítulo 3 - Revelações

P.O.V Henrique

Acordo com um pouco de dor nas costas, tento levantar, então percebo que a perna da El está em volta da minha cintura, tiro a perna dela calmamente para não acordar ela e levanto devagar, vou até o carro pego minha mala e volto pra dentro, vou para o quarto de hospedes, tomo banho e coloco uma calça de moletom e uma camiseta, desço e vou na sala e vejo que a El ainda está dormindo calmamente e serenamente, ela parece um anjo dormindo. Pego meu celular e vejo o horário: 09:15, vou até a cozinha e resolvo preparar panquecas pro café da manhã, porque sei que é o preferido da minha pequena. Enquanto estou cozinhando sinto mãos em minha cintura e ouço minha pequena sussurrando algo em meu ouvido:

- Bom dia meu bebe. - Diz ela baixo e de um jeito sedutor.

- Bom dia minha pequena. - digo me virando pra ela e sorrindo, vejo que ela sorri de volta.

- Não acredito que está fazendo panquecas!!!! É minha comida preferida.

- Eu sei, por isso estou fazendo.

- Owwwwn que fofo. - Ela diz e me abraça.

- Sabe que eu te amo né, pequena?

- Eu sei e eu também te amo muito meu bebe.

Abraço ela e dou um beijo em sua cabeça.

- Vou subir e tomar banho enquanto você termina, pode ser? - Pergunta ela.

- Claro minha pequena pode ir, ah e pode pegar uma camiseta minha, eu sei que você ama usar as minhas camisetas.

- Sério? É que eu amo seu cheiro. - Diz rindo.

- Eu sei que sou muito cheiroso e muito gostoso.

-  Nossa que convencido!!

- Eu não sou convencido, eu sou realista!

- Tá bom, tá bom. Mas tenho que concordar você é muito gostoso.

- Ah, eu sou é? - Falo me aproximando dela.

- Na verdade é sim.

- Ah é? E qual parte você mais gosta em? - Digo chegando perto dela. 

- Humm, acho que do tanquinho.

- Hum, sério? - Digo sussurrando em seu ouvido de modo sedutor, vejo que ela se arrepiou  e sorrio com isso.

- S- Sim. 

- Porque tá gaguejando minha pequena? - Falo puxando ela pra mais perto.

- Po- por na- nada.

- Tem certeza? - Falo olhando ela nos olhos bem de perto.

- Sim. - Ela diz firmemente.

Eu pego a mão dela e coloco em cima do meu tanquinho.

- É mais duro do que eu pensava, esse fato te deixou ainda mais gostoso.

- Sabe o que mais é gostoso?

- Não, o que?

- Minha boca. - Digo colando nossos lábios, a boca dela é tão macia e aquele momento era nosso, aquele momento nós deixamos de lado a diferença de idade e o parentesco, nós só queríamos um ao outro e só, nossas línguas estavam dançando calmamente. Nos separamos por causa  da falta de ar e ela volta para si.

- Ai meu deus!! Me desculpa. - Ela diz e vai pro seu quarto correndo, decido deixa-lá sozinha um pouco. Quando dá uma 13:57 ela desce, como se nada tivesse acontecido.

- Alguns amigos meus estão vindo. - Avisa ela e vai para a área da piscina, provavelmente indo arrumar as coisas. Vou para o quarto de hospedes e deito na cama, nem percebo que dormi. Acordo ouvindo algumas vozes masculinas e algumas femininas e lembro que os amigos de El estão aqui, resolvo descer só pra dar um oi e ver se ela quer alguma coisa. Chegando na sala vejo que estão jogando verdade ou desafio, El vem caminhando em minha direção e diz:

- Galera esse é o meu primo o Henrique, esses são: Larissa, Gustavo, Renan, Barbara, Carol e o Kauan.

- E aí. - Digo.

- Quer jogar com a gente? - Pergunta uma menina que se não me engano é a Larissa.

- Tá bom, mas só um pouquinho que daqui a pouco tenho que sair.

- Pra onde você vai? - Pergunta El.

- Vou sair com alguns amigos.

- Ah! Tá bom.

Sento ao lado de El e fico olhando eles jogarem esperando minha vez, passa algumas rodadas e cai em mim pra responder.

- Verdade ou desafio? - Pergunta Gustavo.

- Verdade.

- É verdade que você gosta da El?

- Sim. - Respondo e olho pra ela que está mais vermelha que um pimentão.

- Hummmm..... - Diz os amigos dela.

- Para gente! - Diz minha pequena. 

- Tá bom, tá bom! Vamos continuar. - Fala Carol girando a garrafa, que para em Renan e El.

- Verdade ou Desafio Elena? - Pergunta com cara de maluco do hospício.

- Desafio Renan.

- Você vai ter que ficar com o Henrique dentro do banheiro por 20 minutos.

- Tá bom. - Levanta me arrastando junto até o banheiro.

 


Notas Finais


O que será que vai acontecer nesse banheiro?? Até o próximo capitulo, bjss!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...