1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Entre Rivais - Ainda Rivais? >
  3. Veinte

História Amor Entre Rivais - Ainda Rivais? - Capítulo 20


Escrita por:


Capítulo 20 - Veinte


Fanfic / Fanfiction Amor Entre Rivais - Ainda Rivais? - Capítulo 20 - Veinte

Eduardo: Eu fiquei com um pouco de medo da sua mãe e daquela mulher.

Michelle: Ai, elas são assim mesmo, as vezes enche o saco.

Macarena: Sua mãe é bem liberal né? 

Michelle: É claro que é, ela não tem controle nenhum sobre mim. —começo a rir—

Eduardo: Você deveria dar mais valor pra ela, pode perde-la.

Michelle: Isso é besteira.

Eduardo: Eu perdi a minha e hoje em dia me arrependo de tudo que já falei pra ela, tirando as coisas que meu irmão falou ele era três vezes pior que eu.

Michelle: Mais a minha mãe também não liga pra mim, por que eu trataria ela bem? 

Eduardo: É o que você pensa Michelle, as vezes ela liga sim pra você, mais você não enxerga isso.

Michelle: Ela não me ama.

Eduardo: Se não te amasse não estaria com você até hoje, não carregaria você na barriga por nove meses.

Michelle: Vamos parar de falar disso? Já está me dando ânsia.

Eduardo: Posso só te pedir uma coisa? 

Michelle: Fala.

Eduardo: Não fica indo na onda da Ashley tá? A mãe dela se prostitui dentro de casa e o pai dela é um cirurgião plástico que tem várias amantes dentro da clínica.

Michelle: O que? Eles se traem? 

Eduardo: Sim, vários homens vão na casa dela enquanto o pai tá trabalhando.

Michelle: Como ela sabe dá traição do pai?

Eduardo: Uma vez ele chamou ela pra ir na clínica porquê ela queria porquê queria colocar a droga de um silicone, só que ele esqueceu que tinha marcado encontro com uma das amantes, a Ashley viu e ele implorou para ela não dizer nada pra mãe com uma condição é claro, que ele contasse o nome e mostrasse a foto de cada uma das amantes pra Ashley.

Michelle: Quem é o mais enganado nessa história?

Eduardo: A mãe e o pai, a Ashley sabe de tudo só não quer contar, o casamento deles não está dando certo, só estão juntos ainda por causa da casa, é uma puta de uma mansão grande.

Michelle: Eu sei.

Eduardo: Cê vai na festa dela?

Michelle: Vou.

Eduardo: Sabe que só vai ter gente de 18 anos pra cima lá, né?

Michelle: Que se foda.

Eduardo: Por que ela te chamou? 

Michelle: Por que somos amigas, acho que é meio óbvio.

Eduardo: Ah, são amigas sim hahah.

Michelle: Não sei do que está rindo, somos amigas sim, ela também não tem nada pra se interessar em mim, nem grana eu tenho.

Eduardo: Ela só tá andando com você porquê aquelas duas largaram ela.

Michelle: Não tá não.

Eduardo: Ok, pense o que quiser. Agora estamos chegando no motel, vamos nos divertir ok?

Michelle: Vai ser difícil eu me divertir depois dessa conversa.

...

Macarena: O que será que ela está fazendo uma hora dessas? 

Zulema: Ela deve tá "trepando muito"

Macarena: É impressionante como as vezes não sai nada de útil dessa tua boca, eu deixei a minha filha ir pro motel com um garoto que eu acabei de conhecer Zulema, ela vai perder a virgindade! Merda, merda, merda.

Zulema: Uou, relaxa loirinha.

Macarena: Acha que é fácil relaxar? Diz isso porque não é sua filha! 

Zulema: Maca, uma hora ou outra isso iria acontecer, deixa a pirralha.


Pov Macarena 

E novamente comecei a perder o controle e comecei a procurar desesperadamente por cocaína, ou maconha.


Zulema: O que está fazendo?

Macarena: Na-nada. 

Zulema: Macarena, para! 

Macarena: O que foi?

Zulema: Você não tá bem.

Macarena: É claro que eu tô bem, eu só tô...

Zulema: Você não vai achar nada.

Macarena: O que?

Zulema: Você nem tem droga Macarena, tá ficando louca? 

Macarena: Eu-eu tenho sim, eu sei que tá por aqui, e-eu vou achar. Que merda, essa casa tá uma bagunça! 

Zulema: Macarena, se acalma! 

...

NO MOTEL 


Eduardo: Moça, por favor deixa a gente entrar, eu pago o dobro.

Funcionária: Não, vocês são de menor.

Eduardo: Eu pago o triplo.

Funcionária: Já falei que não e se ficarem insistindo vou ser obrigada a chamar os responsáveis. 

Michelle: Amor, deixa pra lá, a gente faz no carro.

...

Eduardo: Tá que se dane.

...


Zulema: Maca, para quieta, para de andar pela casa já está me dando agonia. Senta aqui.

Macarena: Não, Zulema!


Pov Zulema 

Me levantei e puxei ela para perto de mim, levei a gente até o sofá e depositei um beijo em sua boca, ela se acalmou e ficamos sentadas lá por um bom tempo.


Macarena: Vamos pro quarto?

...

Zulema: Pode ser.


Pov Macarena 

Fomos pro quarto e deitamos na cama, ficamos abraçadas, me virei e comecei a beija-la...


Eduardo: Espera! 

Michelle: Ai que foi? Coloca logo.

Eduardo: Não, eu tô com medo.

Michelle: Medo do que? 

Eduardo: De te machucar.

Michelle: Vai se fude, coloca logo!

Eduardo: Não, Michelle, eu queria que fosse algo romântico.

Michelle: Você acha mesmo que eu ligo pra isso? Não somos namorados.

Eduardo: Vamos procurar um lugar pra fazer isso, vamos pra sua casa.

Michelle: Não.

Eduardo: Por favor.

Michelle: Caralho, a gente vai transar, ou não?

Eduardo: Sim, mais não aqui no carro, não gosto muito disso.

Michelle: Você não é normal, agora também não quero mais. —vou saindo do carro—

Eduardo: Michelle, volta aqui.


Pov Michelle 

Aquele garoto era um babaca, não acredito que perdi meu tempo, poderia estar dormindo mais não, aceitei sair com ele pra no final dar nisso, fui para casa irritada por não conseguir o que queria. Quando cheguei, gritei o nome da minha mãe e da Zulema, percebi que a porta do quarto estava fechada, ela nunca fecha a porta a não ser de noite quando vai dormir, me aproximei e escutei gemidos, me assustei obviamente, por um segundo fiquei com nojo e deu até vontade de entrar naquele quarto e fazer um escândalo, vi uma fresta na porta e decidi olhar, quando vi quem estava gemendo gostoso daquele jeito não me aguentei, era a Zulema, a minha mãe parecia estar masturbando ela, ou algo parecido não dava pra ver direito. Como assim essas duas tinham uma relação e não me contaram nada? PUTAS. Fora isso, não sei o que deu em mim, mais eu amei o jeito dá Zulema naquela hora, ela estava tão sexy, eu pirei naqueles gemidos, nunca pensei que fosse... A Zulema é um mulherão da porra, nunca vi ela com esse tipo de olhar, sempre a vi como uma segunda mãe, mais nesse dia acabei sendo provocada, que tesão. Fui para o quarto e comecei a me masturbar pensando nela, foi algo tão rápido, antes eu nem sentia nada.

...


Notas Finais


Será que a Michelle vai despertar desejos pela Zulema? Kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...