História Amor Esperado - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Haku, Hanabi Hyuuga, Hashirama Senju, Hidan, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konan, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Mei, Menma Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Mito Uzumaki, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Shizune, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tobirama Senju, Tsunade Senju, Yamato, Zabuza Momochi, Zetsu
Tags Animes, Comedia, Lemon, Naruto, Romance, Yaoi, Yuri
Visualizações 32
Palavras 1.826
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OHAYOOOOO GALEURISSSSSSSSS
Gomene pela minha DEMORA, FALTA DE IRRESPONSABILIDADE e FALTA DE COMPROMISSO COM VCS
Eu fui viajar, e agr estou na semana de provas, então, está será minha desculpa da vez
Mas vai ter cap. na próxima semana igual normalmente!
Espero que gostem do cap SZ

Capítulo 11 - Capítulo 11-Apaixonada?


Eu acordei pelo som estridente do alarme do celular, eu enfiei minha mão embaixo do travesseiro, e arranquei meu celular de baixo do mesmo, eu apertei o botão de desligar, e finalmente o silêncio pairou novamente

Eu pisquei algumas vezes, e então levantei da cama, tenho que ir para a faculdade, e em seguida, ir para o trabalho, só de imaginar isso, dou um suspiro cansado

Eu caminhei até a cozinha, pegando uma tigela transparente no caminho, eu a deixei em cima da bancada, e então, segui para um dos minúsculos armários, tirando uma caixa de cereais de dentro

Eu despejei o cereal na tigela, e em seguida, despejei o leite, eu olhei meu celular, ainda eram 5 horas, tenho que estar na faculdade ás 6, e no trabalho, ás 2, não vou conseguir aguentar tanto tempo apenas com uma tigela de leite e cereal, terei que comprar almoço na faculdade

Eu suspirei desgastado, a comida naquele lugar são os olhos da cara, e o pior é que não tem nenhum restaurante por perto, acredito que eles construíram ela ali por conta disso

Eu terminei meu projeto de café da manhã, e andei até o banheiro, eu andei me despindo, então quando chaguei até a porta do banheiro, já estava completamente nu 

Eu tomei um banho rápido, e escovei meus dentes mais rápido ainda, Sakura me disse ontem anoite que queria falar comigo antes da aula, eu estranhei, já que sua faculdade fica longe da minha, além de sua aula começar antes, então, provavelmente ela ira cabular aula apenas para falar comigo 

Eu saí do banheiro, e andei até minha cômoda, tirando uma calça jeans azul escura colada, uma clusa polo preta com dois botões na gola

Eu me vesti e andei até meus tênis, eu os coloquei rapidamente, tentando evitar ao máximo não deixar Sakura esperando 

Quando já estava arrumado, passei meus dedos no meu cabelo, tentando arrumar ele para pelo menos, parecer que tinha os penteado 

Em seguida, peguei minha mochila, minhas chaves, minha carteira e meu celular, eu saí do kitnet, tranquei a porta, e comecei a descer as escadas que nem louco, errando alguns degraus e quase causando um acidente com uma senhora que subia lentamente 

Eu andei rapidamente até o ponto de ônibus, eu esperei por 5 minutos quando o meu ônibus parou, eu entrei com certa dificuldade, mas pelo menos chegaria rápido 

Depois e 20 minutos, o ônibus parou no meu ponto, eu desci afobado, e comecei a andar na direção da faculdade, que ficava á 3 quarteirões daqui 

Depois de 10 minutos, cheguei na entrada da faculdade, e como combinado, lá estava Sakura, encostada em um dos pilares da entrada, ela parecia pensativa:

-Está atrasado.-Falou ela me encarando

-Eu chego sempre nesse horário.-Rebati, fazendo-a respirar desanimada-E então? Sobre o que queria falar?-Fui direto no ponto, já que não tenho tanto tempo para ficar de bobeira antes que a aula comece 

-Direto como sempre.-Comentou bufando, e então, continuou-Preciso de um concelho.-Respondeu ela, me deixando curioso 

Sakura quase nunca pede concelhos, na verdade, normalmente quem os dá, é ela, já que é uma das que já fez burradas, ela se torna até sábia 

-Sobre?-Perguntei 

-Posso ter me envolvido numa enrascada, e não sei como sair.-Respondeu ela me encarando com seus olhos de cachorro abandonado 

-Que tipo de enrascada?-Perguntei preocupado 

-Eu estou me apaixonando, e não sei como fazer pra parar.-Respondeu desesperada

-E desde quando isso é uma enrascada?-Perguntei bravo por ela ter me preocupado atoa 

-Desde quando é alguém que eu não posso, e nunca vou poder me apaixonar.-Respondeu ela ainda no seu tom desesperado

-E quem seria?-Perguntei curioso 

-A Hinata.-Falou me olhando com os olhos marejados

Não pude conter minha feição de surpresa, e um perfeito "o" que se formou com meus lábios, a Hinata? Sério? Podia ser qualquer um, menos ela

-Você tá brincando? Não é possível!-Falei bravo pela possível brincadeira de Sakura

-Não estou brincando.-Rebateu ela

Nada contra ela ter se apaixonado por uma mulher, nas verdade, isto nunca foi segredo, já que vira e meche ela tem um caso com uma, claro, nenhum deles passa de sexo

Mas a Hinata? Eu super apoio se elas quiserem ficar juntas e tals, só que, Hinata tem sérios problemas em relacionamentos, como posso dizer, ela costuma fugir deles, quando ele começa á se tornar sério, ela dá ma desculpa e dá o fora

Além disso, Hinata nunca demostra afeição ou interesse em alguém, então, se você quer algo com ela, normalmente tem que ter a sorte de se declarar e ela sentir o mesmo, bem, quase o mesmo 

A única pessoa que eu sei que Hinata contaria algo seria para o Naruto, e sei que o Naruto não vai contar nada sobre ela,  já que eles são como unha e carne, duvido que ele jogaria um dos maiores segredos de sua melhor amiga na mesa

-Desde quando?-Perguntei 

-Á uns meses, mas ultimamente tem ficado mais forte, antes era só atração física, mas agora, é mais que isso.-Respondeu ela

-E então? O que vai fazer?-Perguntei 

-Não sei, se eu me declarar, posso ser rejeitada, e se guardar para mim, vou acabar me sufocando.-Respondeu 

-Não é melhor ver se ela te dá sinais de interesse?-Perguntei 

-Eu já tentei, e ela não fez nada de novo.-Respondeu desanimada 

-A escolha é sua.-Falei

-Vou perguntar ao Naruto.-Falou ela esperançosa 

-Duvido que o Naruto solte algo, mas pode tentar.-Comentei 

-Você vai ir comigo.-Falou ela

-Eu? Não mesmo.-Respondi indiferente 

-Vamos.-Mandou ela puxando o meu braço para longe da faculdade

-Você vai agora?-Perguntei tentando me soltar das garras da mesma, mas apesar do tamanho, ela tem uma força monstruosa 

-Óbvio.-Respondeu animada

-Liga pra ele.-Mandei, mas Sakura fingiu nem me ouvir

-Não vou ligar um assuntos desses tem que se falar pessoalmente.-Rebateu ela 

-E por que eu tenho que ir nisso?-Perguntei desistindo de me soltar, e apenas acompanhando-a

-Porque...Porquê sim.-Respondeu animada 

-Porque sim não é uma resposta.-Rebati entediado 

-Agora é, vamos, a aula do Naruto vai começar em 15 minutos, se a gente correr, conseguimos chegar antes.-Explicou ela, andando pela avenida, ainda puxando meu braço 

Eu bufei, perderia outra aula da faculdade, desse jeito vou acabar reprovado, vou ter que recompensar este tempo perdido estudando o triplo do que eu costumo estudar 

Sakura andou quase aos pulos, parecia mega feliz com a hipótese de ser reciproco, mas parecia não pensar na opção de apenas ela ter interesse, ou do Naruto não falar nada

Em minutos, chegamos na frente de um muro alto da cor cinza, o contornamos, e então encontramos o portão aberto, dando a passagem aos alunos

Sakura entrou, olhando em volta, a procura do Naruto, que foi avistado na mesa, junto com um grupo de pessoas, Sakura me puxou até eles:

-Naruto!-Exclamou ela, assustando o loiro, que virou para a gente, e nos encarrou curioso 

-O que estão fazendo aqui?-Perguntou ele, encarando Sakura

-Preciso saber de uma coisa.-Respondeu ela, fazendo Naruto suspirar

-Vem, vamos sair daqui.-Mandou ele, se levantando da mesa

Eu aproveitei o momento e distração de todos, e olhei para a roupa do Naruto, uma calça jeans azul desgastado, um tênis bota da Nike preto, e um moletom laranja escrito "Fuck" 

Eu olhei para seu cabelo, que estava incrivelmente diferente, ele não estava com seu costumeiro longo cabelo bagunçado, e sim com um rabo de cavalo alto, deixando alguns fios soltos, dando um ar sexy a ele

Ele nos guiou até uma parte afastada das pessoas curiosas que nos olhava, e então, começou a falar:

-Espero que tenha um bom motivo para ter vindo aqui.-Comentou ele suspirando cansado 

-E tenho, preciso saber de uma coisa da Hinata.-Rebateu Sakura, fazendo o Naruto a encarar surpreso 

-O que? Da Hinata? Como assim?-Perguntou ele perdido 

-Sim, da Hinata, será que dá pra me ajudar?-Perguntou Sakura á beira do desespero 

-Dependendo da pergunta, sim.-Respondeu Naruto

-Você sabe se a Hinata está gostando de alguém?-Perguntou Sakura direta, soltando um suspiro, como se estivesse prendendo a respiração 

-Não sei como isso chegou até você, mas sim, ela está.-Respondeu encarando-a 

-Quem?-Perguntou esperançosa 

-Lamento, informação confidencial.-Respondeu como se fosse da policia 

-Ah...Nós conhecemos?-Tentou Sakura

-Hm...Informação confidencial.-Respondeu ele 

-Qualé Naruto!-Exclamou Sakura impaciente 

-Se você me dizer o porquê das perguntas, eu respondo todas que você quiser.-Ofertou ele

-Eu...não posso dizer o porquê.-Respondeu Sakura, fazendo Naruto suspirar pesadamente 

-Então não posso responder suas perguntas.-Rebateu ele cansado 

Sakura iria falar algo, quando uma garota loira passou por nós, falando enquanto andava na direção oposta de nós

-Se não correr, pode acabar perdendo a aula, Uzumaki.-Ela disse, e se afastou

E com esta simples frase, Naruto olhou desesperado para o relógio dourado em seu pulso, seu olhar de espanto explicou o que estava acontecendo

Naruto perderá o horário da aula

-Falo com vocês depois!-Exclamou ele, saindo correndo de perto de mim e de Sakura 

Nós caminhamos em silêncio até um parque que ficava perto daquela faculdade, Sakura me soltou, e caminhou até o balanço, se sentando no mesmo 

-Pode ser qualquer um.-Falou ela quase desesperada 

-Esse "qualquer um" te inclui, sabia?-Falei caminhando até um balanço próximo do dela, me sentando nele

-Me inclui, e inclui o resto do mundo.-Rebateu ela, colocando sua cabeça entre as pernas 

-Por que não se declara logo pra ela?-Perguntei, fazendo ela rir 

-E ser rejeitada? Bem, prefiro não passar por essa humilhação.-Respondeu ela, dando uma gargalhada triste no final

Nós passamos minutos, ou horas em silêncio, apenas pensando em nós mesmos, Sakura em como se recuperar de Hinata, que nem sabe dessa sua paixão, e eu, bem, tenho problemas demais para se pensar em todos em tão pouco tempo

-Desculpe por fazer você matar aula.-Pediu ela, olhando para o céu, tristonha 

-Não se preocupe, era por uma causa maior.-Respondi, a encarando, eu podia ver que seus olhos estavam marejados, ela choraria a qualquer momento 

-Que merda, estou parecendo uma adolescente apaixonada!-Exclamou ela dando um sorriso divertido enquanto me encarava

Mas enquanto dava seu sorriso, uma lágrima desceu, mostrando a verdade sobre seus sentimentos, ela estava em dúvida entre engolir o choro, e fingir que nada aconteceu, ou então desabar aqui, chorar, colocar tudo para fora, sem restrições 

-Vem, vou te levar para casa.-Disse me levantando do balanço, e vendo-a se levantar em seguida, secando as lágrimas com os pulsos 

O caminho inteiro foi silencioso, as vezes olhava para Sakura, ela olhava para o nada, provavelmente pensando em Hinata, vez ou outra, outra lágrima descia pela sua bochecha, já rosada por conta do choro 

Depois de 1 hora, chegamos na frente do portão da casa dela, ela pegou a chave dentro de sua bolsa, e destrancou o portão, e me encarou:

-Descanse, se precisar de algo ligue.-Falei direto, me virando de costas, pronto para ir embora para meu trabalho 

-Obrigada.-Ouvi ela sussurrar baixinho, eu assenti, me afastando dela 

Bem, não sei quem está na pior situação, eu ou Sakura, mas pelo menos eu vou tentar ficar ao lado do Naruto, e ela, bem, não faço ideia do que se passa na cabeça dela

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...