História Amor eterno - Capítulo 114


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amizade, Amor, Original, Romance, Sexo
Visualizações 31
Palavras 1.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 114 - E se ela se apaixonar por ele.....


Fanfic / Fanfiction Amor eterno - Capítulo 114 - E se ela se apaixonar por ele.....

Depois de terminar suas coisas e comer alguma coisa,Naty foi descansar,sua mãe e ela conversaram um pouco antes disso,ela ainda deu banho em Gabriel e ficou com ele até que dormisse

Sua mãe bateu na porta a acordando:

-Entra! -disse ela ainda se acordando e sentando na cama

-Oi,filha,já foi dormir?

-Aconteceu alguma coisa?

-Não

-Eu tô bem cansada,levantei cedo e hoje foi um dia bem movimentado

-é mesmo

-Eu já separei as roupas,estão ali na varanda

-Tá,amanhã eu vejo isso,então boa noite

-Boa noite mãe

 

Diferentemente de Naty que deitou e logo dormiu,só acordando quando Gabriel chorou,Michel não conseguia dormir e mesmo depois de conseguir seu sono foi agitado,teve vários sonhos ruins e acordava pior do que antes,decidiu levantar,ficou um tempo vagando pela casa,não queria pensar em Naty com outro,mas as palavras de Eduardo não saiam de seus pensamentos:

"E se ela se apaixonar por ele"

Ele voltou para cama e tentou dormir de novo

 

Naty levantou,se arrumou e Mau foi lá a pegar pra correr:

-Bom dia!

-Bom dia,vamos

-Vamos

 

Michel acordou de um breve cochilo e foi se arrumar para trabalhar,quando Eduardo bateu na porta do quarto,ele já estava saindo:

-Bom dia

-Bom dia,nossa já está pronto

-Já,hoje eu vou focar no trabalho e você não vai se vestir?

-Calma,ainda é cedo,preparei um café,você quer?

-Não sei -disse ele se jogando no sofá

-Não conseguiu dormir direito?

-Mal consegui dormir

-Dá pra notar,eu vou tomar um banho e me arrumar,fica a vontade,a cozinha é sua

-Pode deixar

 

Naty e Mau pararam um pouco pra descansar:

-Tô morta

-Não exagera,a gente começou caminhando,deve fazer uns 10 minutinhos só que estamos correndo

-Pra mim já é demais,eu desisto

-Não mesmo -disse ele entregando a ela a garrafinha de água,ao qual ela bebeu e devolveu para ele -Não quer mais?

-Não

Ele pegou o resto da água jogando sobre seu rosto e em si mesmo

-Vai ficar molhado

-Não,eu vou tirar -disse ele tirando a camiseta

"Para de olhar Naty,para,disfarça"

-Acabou por hoje né?

-Claro que não,mas uns 15 minutinhos

-Não -disse ela com voz de choro,ele riu

-Para vem,vamos caminhar em tão -disse ele a abraçando

-Caminhar,então

-Tá

-Mas se quiser correr,eu posso ficar aqui te esperando

-Há que espertinha,não mesmo

-Não quero te atrapalhar

-Não atrapalha,vamos

Eles voltaram a caminhar e depois ele a levou para casa:

-Entregue,até a tarde,venho te buscar?

-Não,me encontra na praça

-Tá,as duas

-Tá

-Até logo então

-Até,bom descanso

-Obrigada

Eles se despediram com um beijo no rosto e Naty entrou,sua mãe estava na cozinha,tomando café:

-Bom dia,mãe

-Bom dia

-Eu vou tomar um banho e trocar de roupa e já desço pra tomar café com a senhora

-Tá bom,eu espero

Naty subiu e antes de ir para o seu quarto foi dar uma olhada em Gabriel que dormia lindamente,ela ficou ali o admirando por um tempo,depois foi para o seu quarto...

 

Michel e Eduardo foram para empresa,por mais que as secretárias não soubessem realmente o que estava acontecendo,elas desconfiavam que havia alguma coisa errada,Fernando e Eduardo quase sempre chegavam juntos,eles evitavam quando elas perguntavam de Naty,Michel estava nitidamente triste:

M -Tem alguma coisa muito errada aí

L -Vocês nem sabe,tenho novidades,mas vamos para a nossa sala de reuniões

-Vamos -disseram todas juntas

C -Qual é a novidade?

Lú fechou a porta do banheiro

J -Criou coragem e ligou pra Naty?

L -Não,mas tem a ver com ela

C -Então fala mulher

L -Meu irmão disse que viu a Naty ontem

C -Viu?onde?

J - Ela estava como o seu Michel?

L -Vão me deixar falar ou não?

M -Tá gente,vamos deixar ela contar

L -Ela foi no estúdio dele,com um amigo

M -Que amigo?

L -Eu não sei,ele me contou por cima,disse que é um amigo dele também

C -E o que que ela foi fazer lá?

L -Acho que foi visitar junto com esse amigo,eu insisti mas ele não quis me falar nada mais

M -Não acredito,agora mais que nunca temos que ligar pra ela

L -Eu não quero parecer enxerida

J -Então me dá o número que eu ligo,também somos amigas dela

L -Tá,eu ligo,mas no fim do expediente,tá bom

J -Tá

C -Fazer o que né

Elas voltaram a trabalhar

 

Depois de tomar um banho e se vestir,Naty desceu para tomar café com sua mãe:

-Demorei? -perguntou ela sorrindo

-Um pouco -respondeu sua mãe a olhando,Naty pegou uma maçã e serviu um suco

-O que foi mãe?

-Tá mais feliz hoje

-Correr me faz bem

-E o Mau?

-O que que tem ele?

-Tá acontecendo alguma coisa entre vocês?

-Não,mãe,já disse que somos só amigos,há e falando nele,eu vou no cinema a tarde com ele,tá

-Tá me perguntando?

-Quero saber se tudo bem a senhora ficar com o Gabriel

-Claro que sim

-Tá,eu não vou demorar

-Vocês saem juntos,vão ao cinema,você tá mais feliz que de costume e vai me dizer que não tá rolando nada mesmo,você não se esqueça que ainda está casada

-Mãe já te disse que não temos nada,que chato isso

-Desculpa,tá,mas você tá gostando dele?

-Eu gosto dele,eu gosto de estar com ele.só isso

-Ainda ama o Michel?

-Não quero falar sobre isso,mas não dá pra simplesmente deixar de sentir,eu vou pro quarto descansar um pouco -disse ela lavando o copo,depois subiu para o seu quarto e se jogou em sua cama,ficou pensando,lembrando tudo que havia vivido com Michel,o quanto era feliz ao seu lado e tudo que havia acontecido desde que se conheceram,adormeceu minutos depois…..

Lú não aguentou o fim do expediente,antes das 11h ligou para Naty,que acordou com o toque do celular,quando viu quem era,pensou em não atender,não queria ter que explicar nada e nem ao menos sabia se elas já sabiam ou não,mas acabou atendendo:

-Alô

-Oi,Naty,é a Lú

-Eu sei,e aí?

-Tudo bem e você?

-Bem

-Faz tempo que a gente não se fala né,você podia vir aqui visitar suas amigas né

-Eu?Ir,nnão,é

-Ou não somos mais suas amigas?

-Claro que são,imagina,mas acho que a gente pode combinar alguma coisa,todas juntas

-Claro,aqui tá todo mundo com saudade de você

-Eu também sinto saudades de vocês,manda um beijo pra meninas aí

-Pode deixar e como está o Gabriel?

-Bem,tá lindo,cada dia maior,você pode vir aqui em casa ver ele

-Claro,eu posso ir aí hoje?

-Hoje?Hoje eu vou sair,mas passa amanhã,eu vou adorar

-Tá,desculpa eu não quero te incomodar,mas tá acontecendo algum problema entre você e o Michel?Ele tem chegado tão triste,ontem nem veio trabalhar

-Ele não foi?

-Não

-Nós,estamos separados

-Mmas porque?

-Amanhã a gente se fala melhor,eu não quero falar sobre isso pelo telefone

-Tá certo

-Me faz,um favor?

-O que?

-Não conta nada pras meninas,eu sei que você me entende

-Eu entendo,pode deixar,não se preocupa

Mal Lú saiu do banheiro,já foi atacada por suas colegas,que a enchiam de perguntas


Notas Finais


Será que a Lú vai guardar segredo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...