História Amor eterno - Capítulo 115


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amizade, Amor, Original, Romance, Sexo
Visualizações 23
Palavras 1.236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 115 - Fotos


Fanfic / Fanfiction Amor eterno - Capítulo 115 - Fotos

-Calma,meninas,eu liguei pra ela

C -E aí,fala

-Ela disse que tá bem

J -E ela e o Fernando,aconteceu alguma coisa?

-Seu Fernando e ela não me disse,só disse que estava bem e eu falei que estavamos morrendo de saudade e ela disse que temos que combinar de sair todas juntas

C -Temos mesmo

-E ela me convidou para ir a casa dela amanhã

J -Nós também?

-Não,ela só convidou a mim

M -Nossa,como a Naty tá metida

-Parem com isso,ela não é assim,eu não tenho culpa de ter sido mais amigas dela que vocês

J -é mais eu fui a primeira a falar com ela

-Isso não importa

Michel saiu da sala:

-Porque não estão trabalhando?Não quero que percam tempo fofocando -disse ele bravo se dirigindo a sala de Eduardo

J -E depois não tá acontecendo nada

-Eu vou voltar ao meu trabalho

 

Michel bateu na sala de Eduardo:

-Posso entrar?

-Entra!

-Queria ver o último relatório

-Eu já separei,tá aqui

-Eu me lembro,que a Naty fazia isso

-Verdade,ela fazia tudo,praticamente,será que não tá na hora de você ter outra assistente?

-Não!

-Ela não vai voltar,é muito difícil isso acontecer,então eu não vejo problemas

-Eu ainda tenho esperança e sei que ela ficaria chateada se eu fizesse isso,eu não quero mais problemas com ela

-Você quem sabe

 

A tarde Naty saiu,foi até a praça onde Mau já a esperava:

-Oi

-Oi -disse ele a cumprimentando -Nervosa?

-Não,tô de boa

-Então vamos

-Vamos

Eles dirigiram até o estúdio,chegando lá Naty ficou impressionada com a mudança do lugar,havia um cenário e uma equipe mexendo da iluminação,Bruno estava entretido com sua câmera,nem os viu chegar:

-E aí cara -disse Mau o cumprimentando

-E aí,chegaram,como estão?

-Bem

-Minha musa -disse ele cumprimentando Naty

-Não exagera

-Cala a boca Mal

-tudo bom?

-Melhor agora,bom você vem ter a Ester que vai te ajudar com os modelitos e depois tem a maquiagem e cabelo tem toda uma produção lá atrás,tá bom,vai lá

Naty foi com Ester,Mau e Bruno ficaram conversando:

-Ela é muito bonito

-é mesmo

-E simpática,Mau se você não tiver a fim,saiba que eu adoraria

-Cala a boca Bruno,não fala besteira,ela não é essas raparigas que você tá acostumado a pegar

-Eu!Tem certeza,fiquei casado por anos,só agora tô livre e você nunca nem namorou sério na vida

-E que você sabe?

-Chato

-Besta

Não demorou para Naty aparecer lá,linda,os dois não paravam de olhar para ela:

-Tô aqui,ei,o que foi?Porque tão me olhando assim?

-Você tá linda

-Ela é sempre linda -implicou Mau

-Bom,vamos começar,nós vamos fotografar um pouco aqui dentro e também lá fora,você vai precisar mudar de roupa algumas vezes e sinta-se a vontade,vamos começar?

-Claro,vamos

No começo Naty estava meio tímida,mas não demorou para se soltar,Mau ficou olhando,admirando,foram muitas dicas,muitas risadas e muitas fotos,Naty foi fazer sua primeira troca de roupas e seriam muitas:

-Dá pra disfarçar,Mau,não precisa ficar aí babando -Brincou Bruno

-Eu!Tô tentando -Respondeu ele rindo

-Ela é bem fotogênica,podia muito virar uma modelo

-é,concordo

-Tá apaixonado por ela?

-Acho que sim,nunca senti nada igual

-Aí Mau,isso é péssimo

-Péssimo?

-Sempre vamos sofrer por elas e quando nos apaixonamos é ainda pior

-Fala por experiência?

-Falo

 

Naty,refez a maquiagem,cabelo,trocou de roupa e voltou,mais fotos e assim se fez algumas vezes,entre fotografar na rua e no estúdio,foram várias vezes,Naty já estava exausta,ficou feliz quando Bruno falou:

-Acabamos

-Nossa,você disse que não demoraria,que horas já são

-Quase dez horas

-Tá brincando,eu preciso ligar pra minha mãe! -disse Naty entrando pra trocar de roupa e já aproveitou e ligou para sua mãe:

-Alô mãe

-Naty,já estava preocupada,onde você está

-Estou bem,estou aqui com o Mau e perdemos a hora,já estou indo pra casa

-Ela só vai comer alguma coisa antes -gritou Mau,chegando -Não se preocupa,estou cuidando dela

-Me deixa falar

-Tá desculpa

-E o Gabriel mãe tá bem?

-Tá,ele mamou agorinha e eu vou tentar fazer ele dormir,mas acho que ele tá sentindo sua falta

-Tadinho,logo eu já tô aí,tá,beijos

-Tchau filha

Naty desligou e se atirou no sofá:

-Cansada

-Tô exausta

-Troca de roupa e vamos comer alguma coisa você deve estar com fome,eu te espero aqui fora

-Tô morrendo de fome,mas não precisa se preocupar,eu como em casa

-Não incomoda -disse ele saindo e fechando a porta

Naty trocou de roupa e saiu,Mau a esperava:

-Vamos

-Vamos

-Bom,já vamos

-Tá aqui Naty,o seu pagamento

-Há,obrigado

-Você fez um ótimo trabalho,poderia pensar em seguir fazendo mais trabalho desses

-Quem sabe,então,tchau

-Tchau e mantemos contato

-Claro que sim

-Tchau mau

-Tchau

Naty e Mau foram até uma lanchonete,pediram um sanduíche com um suco,Naty começou a comer rápido:

-Calma,tá com tanta fome assim -disse ele sorrindo

-Tô,muito,acho que eu comi a umas oito horas atrás

-Quer outro?

-Não -disse ela bebendo seu suco

-E aí o que achou?

-Eu não nasci pra isso,nossa,tô cansada,é muita troca de roupa e tem que mudar a maquiagem e o cabelo também,aquele monte de gente mexendo em você,é um no olho,um nos lábios,outros dois no cabelo,minha nossa,quem pensa que vida de modelo é facil,tá bem enganado,mas tirando isso tudo,foi legal,eu gostei de fazer as fotos em si,eu me diverti muito,com vocês

-Então,não teria outra vez?

-Provavelmente não

-Se fosse pra tirar fotos com uma roupa só,sem mudar maquiagem,cabelo eu poderia pensar e demorou muito

-é que geralmente essas campanhas são feitas em uns dois ou três dias,mas é que o Bruno estava com pressa

-E se ele não conseguisse uma modelo?

-Ele perderia esse contrato,já aconteceu com outros trabalhos

-Você conhece ele a muito tempo?

-Não,um ano ou menos,ele frequentava a boate,no começo com a namora,esposa sei lá,depois passou a ir sozinho e agora nem vai mais,mas mantemos contatos desde aquele tempo

-Deve conhecer muita gente na boate

-Muito,a grande maioria eu nunca vejo fora da boate

-Já é tarde -disse ela terminando seu suco

-Eu te levo -disse ele pagando a conta

Eles entraram no carro e seguiram para a casa de Naty:

-Obrigada!

-Pelo que?

-Por ter ficado lá e se cansado,eu sei que ainda vai trabalhar depois daqui

-Eu vou,mas foi uma ótima tarde -disse ele se aproximando dela,Naty se afastou,abrindo a porta

-Eu tenho que ir

-Claro

-Até amanhã

-Até amanhã,descansa

-E você tenha um bom trabalho,tchau

-Tchau -respondeu ele arrancando e saindo

Naty entrou em casa,sua mãe a esperava sentada no sofá:

-Oi mãe

-Isso são horas,menina?

-Mas mãe,eu te liguei

-Ligou já eram dez horas,pelo amor de Deus Naty,onde você estava?

-Estava com o Mau

-Vocês?

-O que?

-Você sabe

-Não mãe!Como pode pensar isso,já te disse que somos só amigos

-Até porque você ainda está casada

-Não sei como pode pensar isso de mim, gente foi,aí mãe,não consigo mentir pra senhora,eu estava fazendop umas fotos

-Fotos?

-é,um catálogo de roupa feminina e o Bruno,um fotografo amigo do Mau precisava de alguém pra fazer as fotos

-Não sabia que gostava disso filha

-é,não muito,mas fiz porque pagam bem

-Quanto?

-Olha aí na minha bolsa

-Cinco mil -disse ela pegando o cheque da bolsa de Naty

-Nossa pagam bem

-Pois é,mas eu estou exausta,vou tomar banho e dormir,ntes vou ver o Gabriel,ele custou a dormir

-Um pouco

-Mãe!

-Fala

-Não conta pra ninguém que eu tirei essa fotos,só a gente sabe e eu não quero tá contando agora,tá

-Tá bom,pode deixar e não vai contar nem a sua amiga?

-Não,ela iria falar com o namorado e o Michel teve aqui?

-Não

-Tá,eu vou subi

-Boa noite,linda

-Boa noite!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...