História Amor eterno - Capítulo 152


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amizade, Amor, Original, Romance
Visualizações 24
Palavras 954
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 152 - Demissão


Fanfic / Fanfiction Amor eterno - Capítulo 152 - Demissão

Depois de conversar com Ana,Naty e ela saem do escritório direto para sala:
-Então eu já vou -Diz Ana se despedindo,Naty abre a porta pra ela,elas se despedem
-O Michel acabou de sair -diz Julieta chegando a sala
-Ele saiu?Achei que ainda estava dormindo
-Ele levantou,perguntou por você
-E onde ele foi?
-Foi no mercado
-Há,bom,eu vou subir rapidinho e depois te ajudar a preparar o lanche
-Tá bom

 

Michel vai ao hospital,chega e vai direto falar com seu pai:
-Pai!
-Filho -diz ele o abraçando -Veio ver sua mãe?
-Não e nem quero que ela saiba que estou aqui,vim ver o senhor,sei que está preocupado
-Eu sei que sua mãe errou,mas ela é sua mãe
-E como ela tá?
-Tá melhor,provavelmente amanhã ela terá alta,ela está fazendo uns exames
-Exames,então tem alguma suspeita?
-Ninguém me fala nada direito,dizem que eu tenho que esperar os resultados
-O senhor tá bem mesmo?Tem comido?Quer que eu te compre alguma coisa?
-Não se preocupe,estou bem,mas aceito um café,vem comigo?
-Claro

 

Naty desce,fica um pouco com Gabriel e depois sua mãe sobe para fazer ele dormir,Michel chega sem nada nas mãos:
-Oi,amor,cadê as compras?
-Que compras?
-Não ia no mercado?
-Há,é,esqueci
-Onde foi então?
-Eu fui ver meu pai
-No hospital?

-E a sua mãe?
-Não sei,não fui ver ela,segundo o meu pai,tá bem
-Amor,tudo bem se quiser ver a sua mãe,apesar de tudo,ela é sua mãe
-Não quero,eu não sei se algum dia,conseguirei perdoar ela
-Eu fiz um bolo,tem café também
-Acabei de tomar café com o meu pai,eu vou subir e tomar um banho,quer vir comigo?
-Vamos
-E a Ana,contou a ela?
-Contei,ela ficou muito feliz
-Ela é uma boa amiga
Michel entrou no quarto com Naty e foi tomar banho
-Pega uma roupa pra mim  -pediu ele
-Claro
Não demora ele sai do banheiro só de toalha,se veste enquanto ela o admira
-Para amor de me olhar assim
-Você é irresistível sabia  -disse ela mordendo os lábios
-Sou é? -pergunta ele indo até ela e a beijando,ela o senta na cama,subindo em seu colo,eles ainda estão curtindo o beijo,quando o celular de Michel toca,ela sai de cima dele:
-Atende
-É o Eduardo,fala  -diz ele atendendo
Naty deixa os dois conversando e desce,depois de um tempo ele aparece por lá:
-O que ele queria?
-Conversar,nada importante -disse ele a abraçando por trás -Te amo
-Também te amo -disse ela se virando e o beijando

 

              Naty e Michel chegaram na empresa
-Todas na minha sala agora -disse Naty as meninas,Michel a beijou e seguiu pra sua sala
Elas ficaram sem entender,mas a seguiram
L -Aconteceu alguma coisa?
-Aconteceu,eu lembrei de tudo
L -Sério
Todas começaram a gritar felizes enquanto a abraçavam
-Psiu,meninas,o que vão pensar
L -Tudo,lembrou de tudo?
-Sim
Elas ficaram lá conversando por um tempo,depois Naty foi até o estúdio,procurou por Felipe:
-Naty!Tava me procurando
Ela lhe deu um tapa ali mesmo,na frente de todo mundo,todos ficaram olhando
-E agradece,por não estar demitido,mas nunca mais,chega perto de mim,eu tenho nojo de você  -disse ela saindo,ele correu atrás dela
-Me perdoa -disse ele a alcançando -Eu não queria ter te mentido,mas a Verônica me fez acreditar que seria a única maneira de ter você
-A Verônica?!
-É,foi dela essa ideia
-Nem sabia que se conheciam
-Nos conhecemos
-Eu tenho nojo dos dois então,eu sofri tanto pelas mentiras sabia,eu até tentei me matar
-O que?!Ccomo,você?O que houve?
-Pensa antes de magoar as pessoas -disse ela saindo e voltando para sua sala,Felipe ficou lá,as palavras dela doeram mais do que o tapa,ele foi até o RH e pediu sua carta de demissão,depois foi até Michel com ela
Ele bateu na porta:
-Entra!Felipe!O que faz aqui?
-Trouxe minha carta de demissão
-Demissão,eu não vou conseguir ficar aqui
-Porque mentiu pra minha esposa?!Eu devia bater em você
-E eu merecia,mas,nada me doeria mais do que saber que eu a magoei,que ela sente nojo de mim
Michel ficou sem entender
-Nem o tapa dele me doeu tanto,assina aqui e eu fico se precisar mais uns dias,mas se não precisaria,não volto mais aqui
Ele assinou -Não precisa voltar -disse Michel entregando a carta de emissão já assinada,depois que ele sai ele foi falar com Naty
-Posso entrar amor
-Entra Michel,o que foi?
-Foi falar com o Felipe?
-Nossa a fofoca rola rápido aqui,fui
-Não foi fofoca,ele foi até a minha sala
-Fazer o que?
-Pedir demissão
-Mas e porque?
-Ele disse que não aguentaria ficar aqui,tendo magoado você e sabendo que você sente nojo dele
Ela não respondeu nada
-Disse isso a ele?
-Disse e é a verdade
-Também deu um tapa nele?
-Até disso ele reclamou,é dei,sabe o que ele me disse
-O que?
-Que ele mentir,foi ideia da Verônica
-Da Verônica?Não sabia que eles se conheciam
-Nem eu
-Mas será verdade?
-Não sei
-E tudo bem,ele pedir demissão
-Isso é com você
-Eu já assinei
-Eu não me importo,cansei de defender os outros
-Tá,eu só queria saber disso,você está bem?
-Estou,tá tudo bem
-É melhor a gente ir pra casa
-Você acha?
-Vamos,eu vou pegar as minhas coisas
-Mas,eu queria ver como anda as coisas por aqui
-Você a recém melhorou,por favor
-Tá certo
-Eu já volto

Eles voltaram para casa,Naty subiu e foi para o quarto,Michel foi atrás dela
-Tá tudo bem mesmo?
-Sim
-Quer que eu fique?
-Eu adoraria,mas sei que você precisa trabalhar,então pode ir lá,não quero te atrapalhar
-Você não me atrapalha,toma um banho e descansa
-Eu vou ver o Gabriel -disse ela se levantando e sentindo uma tontura
-O que foi?
-Eu acho melhor eu descansar um pouco
-O que sentiu?
-Uma tontura,mas deve ser normal na gravidez
-Deita aqui,está a muito tempo sem comer,eu vou te trazer alguma coisa,já volto -diz ele saindo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...