História Amor imortal. Imagine. Byun Baekhyun. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Kim Jun-myeon (Suho), Personagens Originais
Tags Baekhyun, Exo, Horror, Terror, Traição, Vampiros, Violencia
Visualizações 78
Palavras 602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Reescrevendo.
Logo a fanfic terá capa nova.

Capítulo 1 - A traição.


Fanfic / Fanfiction Amor imortal. Imagine. Byun Baekhyun. - Capítulo 1 - A traição.

Um vampiro. Um Ser desprezível que se alimenta do sangue de outros seres poderia ser julgado como algo bom? 

Essa era pergunta que se passou na mente da jovem mantida em cárcere por ele. Ela vivia com medo dele, só esperava a hora de sua morte, houve o exato momento que julgou sua vida miserável e imprestável, uma verdadeira porcaria sem serventia e desejou a morte.

Mas ele prometeu a vida eterna, viveriam juntos até que o mundo desaparecesse por completo os levando juntos, mas infelizmente a morte que ela já não desejava mais veio, e  no momento de sua existência onde ela se sentia feliz e amada por ele, seu sequestrador e carcereiro. Aquele cujo o coração tinha se amolecido e tornado aquecido pelos toques de uma mera mortal como ele julgava os mortais.

 — Meras criaturas imperfeitas.

 Mas ela  tinha conseguido mudar sua visão do mundo, ele a queria para todo o sempre com ele, àquela a única que havia transformado seu coração enrijecido pelas décadas de sua longa vida em algo doce e gentil, apagando assim de sua mente o rancor a ira e o desprezo pelos humanos.

Mais como ela tinha feito o coração dele se transformar em puro amor é bondade apenas com sua presença também o transformou em um demônio pior ainda do que já era ou foi algum dia. Quando lhe apunhalou pelas costas vítima de uma mentira que custaria sua vida.

— Você?! Como pode me trair...Eu te amei. Eu amei você mesmo sendo uma humana imunda. Eu te deitei sobre meu peito e te fiz juras de amor...mas você não merece o meu amor nem nunca mereceu.

Naquela noite o sangue dela jorrou pelo chão de mármore branco. Depois da tragédia feita ele se arrependeu amargamente sentiu seu coração esfriar assim como o corpo de sua amada em seus braços jaz sem vida.

— Baekhyun! O que você fez?! — Suho se deparou com ele no meio do saguão com os olhos vermelhos e os lábios cobertos pelo doce sangue de sua amada.

— Ela me traiu, me traiu...essa traidora! — Dizia entre as lágrimas comprimindo-a contra se. — Porque, porque você me traiu...eu nunca mais em minha vida vou me deixar envolver com humanos de novo! Eu os odeio. — Baekhyun largou o corpo frio no chão.

— Aonde você vai? — Suho segurou o braço dele.

— Não me importo com aqueles humanos imundos, irei dizimar aquele vilarejo por completo, vou morder todos os pescoços que eu quiser mesmo estando saciado, irei matar todos, não vou poupar nenhum adulto, velho, ou criança. Irei destruir tudo aquilo que ela já me fez gostar um dia.

Baekhyun foi para o pequeno vilarejo de onde tinha trazido a pessoa que destruirá seu coração.

Alguns dos moradores sorriram quando o viram,  pois ele havia jurado para eles por sua amada, que ele e seus irmãos nunca mais tomariam um gota sequer do sangue dos filhos daquela terra.

Porém as promessas de um vampiro podem ser reais? 

Baekhyun desceu de sua montaria mordendo o primeiro pescoço, o de uma jovem que lhe estendia um rosa .

Os olhos de Baekhyun lacrimejaram quando a imagem de sua amada apareceu nos olhos daquela jovem, porém consumido pelo ódio e à amargura de ter sido traído não se importou. 

Ele fez um verdadeiro massacre no pequeno vilarejo os poucos que conseguiram fugir aquela noite o apelidaram de demônio. E assim seu nome se espalhou rápido por toda a planície, o demônio que não poupava a vida de ninguém,um demônio amargurado e traído, que despreza os humanos .




Notas Finais


Hehe olha eu com essa fanfic de novo.
Decide repostar ela.
Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...