História Amor Impossível - Fanfic Yuta (NCT 127) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Girls' Generation, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, Super Junior
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Chenle, Cho Kyuhyun, D.O, Doyoung, Haechan, Hyoyeon, Irene, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Joy, Kai, Kim Ryeowook, Lay, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Mark, Personagens Originais, RenJun, Sehun, Seulgi, Sooyoung, Suho, Sunny, Taeil, Taeyeon, Taeyong, Ten, Tiffany, Wendy, Winwin, Xiumin, Yeri, Yoona, Yuta
Tags Amor Impossivel, Bbxyuta, Imagine Kpop, Imagine Nct, Kpop, Nakamoto Yuta, Nct, Nct 127, Nct Dream, Nct U, Yuta, Yuta Nakamoto, Yuta Nct
Visualizações 432
Palavras 1.340
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aeee mais um capítulo postado!

Boa leitura

Capítulo 14 - Idiotas.


Fanfic / Fanfiction Amor Impossível - Fanfic Yuta (NCT 127) - Capítulo 14 - Idiotas.

`` S/n On ``

Chegando na escola, eu percebi que era enorme! Saimos da Van e  já fomos entrando...

Jeno foi junto comigo até a sala da diretora falar com ela, os meninos foram para a sala, a escola é grande, me perderia num piscar de olhos. Chegando lá, ele bateu na porta e uma voz doce e delicada disse

***

Entre...

***

Bom, entramos, entreguei os meus papéis a ela, e ela olhou para mim.

***

D: Bom, vejamos, S/n, 17 anos, Brasileira. Nunca recebemos alguém de tão longe assim, seja bem vinda a nossa escola. Se precisar de qualquer coisa, pode vim na minha sala e falar comigo, não fique com vergonha certo? Jeno pode te ajudar em tudo aqui, se precisar, pode falar com ele também. Podem ir, a sua sala a partir de hoje é 2°B.

***

Levantei e sai, junto com o Jeno. Ele começou a falar sobre a escola até nós chegarmos até a porta. Ele entrou primeiro, entregou alguns papeis a professora, e quando eu entrei, todo mundo começou a me encarar, e eu abaixei a cabeça envergonhada.

***

Prof: Bom, alunos, a partir de hoje teremos uma nova aluna, a S/n, espero que se deem bem, certo? Deem boas vindas a ela.

Todos: SEJA BEM VINDA S/N - e eu apenas acenei.

Prof: Bom, sente se atrás do Jisung, por favor.

***

Assim o fiz, sentei me atrás do Jisung, e a aula começou.

***

Não passou nem duas horas que eu estava ali e umas meninas começaram a atacar bolinhas de papéis em mim. Isso já estava me irritando. E eu não podia arrumar confusão justo no meu primeiro dia, então eu superei, fazer o que.


~ Quebra de tempo, Fim das aulas ~


Bom, as aulas já haviam acabado, e eu detestei a maior parte da aula, não porque a escola é ruim, mas sim por causa daquelas meninas idiotas.

Sai e fui ao banheiro, os meninos foram na frente e ficaram de me esperar do lado de fora da escola. Quando eu entrei, veio umas cinco meninas só Deus sabe de onde, e uma delas me empurrou contra a parede, como doeu, menina ridícula.

***

Xxxx: Olha o que temos meninas, mais uma deles - as outras riram - você faz parte do NCT não é mesmo? Quero que preste atenção em uma coisa, chegue perto do Jeno que eu quebro a tua cara!

S/n: Qual é o problema? Ele é meu amigo. - foi quando ela deu um soco em meu estômago

Xxxx: Vou te avisar de novo, não quero você respirando perto dele, ou você nunca mais vai ver ele de novo.

***

Ela me deu mais um soco e foi embora, mas que merda! Umas vadias mesmo. Mal sabe ela o que eu também sou capaz de fazer. Os socos dela doiam muito, já estava roxo onde ela bateu. Que ódio!

Saí do banheiro e o Jaemin estava do lado de fora, preocupado, parece que ele já sabia o que acabará de acontecer.

***

JM: S/n! Tá tudo bem?

S/n: Tudo sim, porque? - eu disse, tentando não chorar de dor.

JM: Vi aquelas meninas entrando no banheiro e me lembrei que você estava lá, você demorou bastante, pensei que alguma coisa de grave tinha acontecido.

S/n: Mas não aconteceu nada, está tudo ótimo, vamos? - disse tentando mudar de assunto.

***

Fomos embora e quando chegamos a empresa fui direto ao meu quarto ver o estrago causado na minha barriga, tirei a minha camisa, jogando em algum canto do quarto, ficando somente de sutiã, e estava tudo roxo, e tudo dolorido, mas que ódio daquela garota, se o Jeno descobrir que eu apanhei só porque a menina estava com ciumes dele, ferrou.

Quando a porta do meu quarto se abriu e era o Yuta, maldição, quando ele me viu naquela situação abriu a boca, me virei rapidamente, e falei para aquele idiota fechar os olhos, e assim o maior fez.

Sai correndo procurar qualquer roupa pra colocar, porque em toda a minha vida a única pessoa que já me viu semi " quase " nua foi minha mãe. Voltei para o meu lugar de antes e deixei que ele abrisse os olhos.

***

YT: M-Me desculpa, é-é que eu queria te ver e... - eu o interrompi

S/n: Batesse na porta antes!

YT: É que você tava tão animada, mas, o que aconteceu com a sua barriga?

S/n: N-Nada - gaguejei, merda.

YT: Deixa eu ver.

Ele levantou a minha blusa e viu a mancha roxa enorme que estava em minha barriga, o mesmo ficou boquiaberto.

YT: Mas que merda você fez aqui?

S/n: Cai na escola. 

YT: Eu já caí inúmeras vezes na escola e nunca aconteceu isso. Diga a verdade

S/n: Já te disse, caí na escola. Agora vai embora que eu tenho que tomar banho, vê se me deixa em paz. - disse o empurrando até a porta e a fechando na cara do mesmo.

***

Yuta sempre aparece nas horas erradas, eu jurava que tinha trancado aquela porta. Eu detesto mentir para as pessoas, principalmente à aquelas que se importam comigo, mentir pro Yuta doeu mais do que ter levado esse soco. Eu vou ter que aprender a me defender, ou aquelas pragas nunca me deixarão em paz. Como eu disse, fui tomar meu banho, morno, nem tão quente, porque se não ia doer, e nem tão gelado, para eu não ter uma hipotermia. 

Terminei meu banho, me troquei, e fui me deitar, decidi descansar um pouco. Estava tão cansada. 

~ Quebra de tempo, final de tarde ~

Não creio que eu dormi a tarde inteira. Me levantei, e fui procurar o Yuta, fiquei mal por ter mentido pra ele.

Fui no dormitório dele e ele estava lá, sozinho. Entrei e fechei a porta, me sentei ao lado dele e ele me encarou.

***

S/n Então... É, deixa eu te contar, sabe hoje cedo quando você passou no meu quarto e viu minha barriga roxa, então é que... SE EU TE CONTAR VOCÊ PROMETE NÃO CONTAR PARA NINGUÉM, NINGUÉM MESMO? - eu disse esticando meu dedinho.

YT: Eu prometo. - e ele entrelaçou seu dedinho ao meu.

S/n: Continuando, eu estava saindo da escola e fui no banheiro, quando eu entrei, um grupo de meninas entraram lá e a "líder" disse que se eu chegasse perto do Jeno elas iriam quebrar a minha cara, e ela me deu um soco. - eu não contei a outra parte porque se não ele ia me enforcar.

YT: Quem é a menina? - disse ele bravo

S/n: Ninguém importante.

YT: Ninguém mexe com a garota que eu gosto, ande, me diga o nome dela, não melhor, vou na sua escola amanhã, vou falar com a sua diretora.

S/n: Yuta você me prometeu!

YT: Eu não posso ir junto com você até a porta da escola? Aliás não vai só eu, vai mais nove pessoas também.

S/n: Nove pesso... Yuta o que você vai fazer?

YT: Não se preocupe - disse ele me abraçando - você vai ter uma surpresa amanhã, até mais - ele me deu um beijo na bochecha e me levou até a porta, fechando a mesma.

***

" a garota que eu gosto " eu não conseguia parar de pensar nessa frase. E além disso, ganhei um beijo na bochecha, Yuta porque você faz isso? Como eu te amo cara. 


~ Yuta On ~


Hoje foi o primeiro dia de aula da S/n e não foi nada bom pra ela. Entrei no quarto dela e ela estava sem sua camisa, o corpo dela é lindo, fiquei boquiaberto quando eu a vi. Ela ficou brava, acho porque eu reparei na mancha roxa que estava em sua barriga.

Falei pra ela que eu iria com mais nove pessoas levar ela até a escola e eu vou, ela vive me falando que quer conhecer o EXO, pois bem, amanhã ela vai.

Liguei pro Xiumin.

***

YT: Oi, Xiumin Hyung?

X: Oi, Yuta, tudo bem?

YT: Tudo sim hyung, você pode me fazer um favor? Sabe a S/n? Então, umas meninas estão mexendo com ela e amanhã eu vou com ela até a escola, e eu queria que você e os outros hyungs fossem comigo também para fazer uma surpresa a ela, e aí? Você topa?

X: Claro! Vou falar com os meninos e te aviso.

YT: Obrigado Hyung.

X: Por nada Yuta Chan.

***

A S/n não perde por esperar...


Continua...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...