História Amor Impossivel - Imagine JungKook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, Jungkook
Visualizações 31
Palavras 2.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente essa é a Andrea, sim eu troquei a Andrea porque eu achei que a antiga não combinava muito com as caracteristas que eu dei da familia dela

Capítulo 2 - Just One Day Just One Night


Fanfic / Fanfiction Amor Impossivel - Imagine JungKook - Capítulo 2 - Just One Day Just One Night

- Carolina vou sair! - Grito e saio do nosso dormitório, precisava de uma caminhada para pôr a cabeça pra pensar.Desço as escadas do prédio e pego um elevador.

Ponho meus fones de ouvido no máximo e deixo no reprodução automática, para meu azar a primeira música que aparece é let me know,era estranho correr com aquela música, sabendo de tudo que está rolando, não, eu não estou apaixonada, eu consigo me controlar, eu sei os meus limites e não planejo nada com o JungKook, eu tou bem assim, ele não é certo pra mim...Mas e se ele não namorar com o Joy e tiver cíumes de mim, eles não pareciam um casal, mas porque ele haveria de ter cíumes de mim?Eu sou a garota mais normal á face da terra, meus cabelos são normais, meus olhos são normais, eu acho.Estava correndo tanto que acabei por parar em um sítio bem distante da universidade, porra. Decidi entrar em um cabelereiro e mudar um pouco a cor do meu cabelo. (foto no inicio do capitulo). Pintei meus cabelos mais ou menos de preto. Fiquei cerca de 1h e 30 no salão pois ainda lavei e hidratei o cabelo.
Quando saí do salão,era como se eu fosse outra pessoa, eu era finalmente eu...Decidi que queria conhecer mais Seuol e corri mais metros... emagrecia, corria a cidade e me livrava de ajudar a Carolina a arrumar o dormitório.

Já tinha desistido e estava sentada em um banco mas algo me intrigou e me fez levantar correndo da cadeira. UM CONCURSO unisex da BigHit, o vencedor pode passar 3 meses estagiando na BigHit como staff dos BTS, não que eu estivesse interessada nos BTS mas seria uma ótima oportunidade de alguém reconhecer meu bom trabalho e... de saber se Jungkook realmente gosta de mim. Só preciso de saber de que é que é o concurso...me aproximo um pouco mais e aquilo tem um palco gigante e os júris estão sentados em cadeiras, eram 4 júris, 3 homens e uma mulher, haviam mais 7 cadeiras, e algumas cadeiras na frente do palco, já haviam algumas garotas fazendo fila...Depois de quase 5 minutos de raciocínio percebi que aquilo era um concurso de canto...fudeu...MAS...é minha chance e eu não vou desperdiça-la.
Já estava na fila, eu era a última pessoa pois eles só iam ver 80 pessoas hoje, estava mexendo em meu celular quando um alvoroço começa e as Coreanas começam a gritar sigo o olhar deles e vejo para onde elas estão olhando. . . OS BTS...putz...fudeu...olho para o lado contrário de onde eles estavam vindo...se eles me virem, vão deduzir que eu estou fazendo isso por causa do Jungkook e eu claramente sei que não estou.Eles sobem no palco e Jin diz.

- Annyeonghaseyo, boa sorte. - E as fãs surtam,eles se sentam nas suas cadeiras e eu tento ao máximo me esconder. A primeira garota subiu no palco,se apresentou e cantou As if its your last, eles pareciam gostar dela principalmente JungKook que olhava para o corpo dela fixamente, já estava irritada. Ele gosta dela...okay...nem me importo...sinceramente...quem é o Jungkook?...Apenas...O homem mais gostoso que eu já vi em toda minha vida. Ela canta sua segunda música Crazy in Love da Beyonce e antes de mais nada que inglês horrivel, nem se consegue perceber nada, que horror (mentira).

 

Já só faltavam 2 pessoas, eu e a garota que está no palco agora, porra, porque é que o Jungkook tem que ficar impressionado com qualquer Coreana azeda que aparece ali, preciso de fazer mais que aquela garota...já tenho até uma ideia...talvez se eu mentir um bocado, eles me notem mais, tipo na tv, os coitados têm mais sorte...Além de que eu realmente preciso desse emprego.Coloco um pouco de spray pimenta  nos olhos para deixá-los vermelhos e o resto é comigo.Sim eu ando sempre com spray pimenta, longa história.


- Próxima - Foi aí que minha saliva saiu pelo cu pela primeira vez, tudo estava em câmera lenta, desde o momento que eles viraram para  olhar para mim.
- Andrea! - Jin grita entusiasmado e eu fico com cara de cu, Jin e essa abilidade de ser amável com todo mundo, é hoje que eu vou ser apedrajada pelas armys. Meus olhos vão diretamente para Jungkook que não esboçava nenhuma reação.
- Olá querida, você é muito linda, já agora - A mulher dos júris disse sorrindo e eu agradeci ainda com os olhos marejados, atuação.
- Bom, meu nome é Andrea e eu dedico esta performance para a senhora que sempre me criou - digo começando o choro falso - Minha avó, que eu infelizmente, tive que abandonar para seguir os meus sonhos, então vó me perdoa - Minha vó já morreu a quase 20 anos...nem lembro mais do rosto dela...mas vó que Deus te tenha...e pelo amor de Deus não me acerta com um raio.
- Sinto muito querida... - A senhora diz sentida, me senti mal por isso, mas que safoda.
- Também eu, Andrea - Jin diz se levantando e me abraçando, eu estou sentindo um cheirinho de que o Jin é gay...mas...fica pra depois....PORRA Jin você vai me fazer ser apedrejada.
Iria cantar e dançar Run the world e cantar Never Enough.
A música começou e minha expressão facial mudou...era como se eu controlasse mesmo o mundo, eu dançava lentamente e depois comecei a introdução. "Girls we run this motha"
Depois andei pelo palco dançando e abanando o cabelo, fazendo a coreografia da Beyonce, é parece que todas aquelas noites acordadas vendo a Carolina aprender essa coreografia serviram de alguma coisa.
"My persuation can build a nation" - Digo me deitando no chão sensualizando.
Depois voltei a parte ativa, abanando cabelos, corpo. Estava me sentindo uma mistura de Beyonce com Shakira, sei lá. Estava bem concentrada  em ganhar, os meus movimentos eram preciso, rápidos, hipnotizantes.Retirei o casaco que vestia e me deixei completamente exposta (os ombros) e terminei a performance.
Os jurados se levantaram e todo mundo se levantou batendo palmas, desta vez até o Jungkook, eu estava ofegante e meu coração batia rápido e eu ouvia o som em meus ouvidos como eco.


- Andrea, você é completamente maravilhosa - Um dos jurados diz e eu fico estática.
- Sou? - Pergunto chocada, olhando para o público a minha frente, batendo palmas e gritando meu nome, a Carol tinha que estar aqui para ver o que eu estou vendo, é uma sensação tão gratificante.
- Por favor,cante sua segunda música. - A mulher dos jurados diz sorrindo.
O instrumental começou e eu mentalizei que eu teria que entrar no corpo de uma garota apaixonada,se é que eu já não estou, uma agonia começa a se formar em meu peito, me fazendo fechar os olhos com força e sentir uma exaustão em minha alma?Era uma dor que não era mental, nem fisica, não estava presente no meu corpo mas sim em minha alma.
NEVER NEVER NEVER NEVER FOR ME FOR ME , NEVER ENOUGH! - Canto ainda com os olhos fechados mas abro os olhos de seguida e é como se por momentos eu fosse uma ave e estivesse voando sobre um céu azul com um vento sobre os meus cabelos, com uma sensação de liberdade, coração acelerado e descompassado.
A música termina e mais uma vez as palmas começam e é como se uma bolha de exaustão segurasse meu corpo, porque não conseguia manter meus olhos abertos e só queria dormir, estranho.

As Concorrentes estavam em fila, esperando anciosas a resposta e eu tava me sentindo meio deslocada, tipo sabe quando você olha a sua volta e percebe que está em um lugar completamente diferente do seu país e algumas das garotas estavam falando mal de mim, dizendo que eu sou uma puta e estava flertando com Jin, acabei mesmo por ir para o final da fila antes que eu chorasse de raiva.
- Bom e a staff temporária dos BTS é...Park Amy - O quê?Okay, a garota era boa, mas eu não era maravilhosa?Uma onda de boos começou e eu desci os degraus do palco e só saí do evento, que se foda essa porra, eu dei o meu melhor incorporei uma beyoncé e estão me trocando por um I have nothing, porque é que a Coreia tem que ser assim?Aposto que é por causa que ela é coreana e eu só apenas a estrangeira com pele morena e sotaque diferente. - Andrea?Espera... - A mulher veio correndo até mim.

- O QUE É!? - Grito e todo mundo fica chocado, eu olho para todo mundo, e eu estava me sentindo assustada, só queria abraçar minha mãe naquele momento - Desculpa...Eu...só...olha desculpa mesmo - Digo antes de sair correndo dali.
     

Assim que saio do local, ando por ruas que eu não conhecia e estradas desconhecidas e chego a um parque, onde sento no chão e vejo o lago de patos. É nesses momentos que eu me sinto bem deslocada, é como se eu não pertencesse e não pertenço mesmo a este mundo, o geito como todas aquelas garotas me olharam, só por eu ser diferente, o geito que Jungkook olhava para elas, eu não sei porque isso me importa tanto se ele não significa completamente nada para mim, para mim, ele é só o garoto mais dificil de compreender, sinceramente, eu nunca vi o Jungkook sorrir para mim, quem gosta, sorri, proteje, eu sou apenas mais uma Army que gosta dele, para ele, sabe quando você tenta segurar a barra por um grande tempo mas chega uma altura que até seu corpo te diz chega.
Tomo um comprimido para dores de cabeça da Carolina e deito minha cabeça na grama, fico encarando o lago e meu corpo começa a ficar mais leve, os olhos cansados começam a fechar-se, esse comprimido tem efeitos colaterais?!
 

 - Andrea?Andrea?Acorda... - É a última coisa que oiço antes de cair no sono de vez.

Cheiro a almofada como sempre faço, mas o cheiro é diferente...Onde é que eu tou?Abro os meus olhos assustada e viro para o meu lado esquerdo e vejo o corpo de um homem, aii meu Deus, eu dormi com alguém?Leavnto os cobertores e percebo que ainda tenho roupas,solto um suspiro de alívio, mas quem é esse garoto?Levanto de fininho da cama e dou a volta para olhar o rosto do garoto e caio no chão com a surpresa...Jungkook...Só pode ser um sonho, meu Deus, dou um tapa na minha cara e percebo que é real mesmo....
Eu tou toda suada, não posso dormir ao lado do Jungkook assim. Ando de fininho e vou ao closet do Jungkook e procuro uma camisa qualquer dele que seja um pouco longa, depois procuro o chuveiro algures naquela casa e acabo encontrando um no quarto dele, depois abro as gavetas que tem no banheiro e encontro uma cueca boxer dele.

Retiro minha roupa que era um cropped top de cetim e um short preto. Entro no chuveiro e lavo o meu corpo, fazendo um coque no meu cabelo.Passado 10 minutos saí do banho não queria abusar da água alheia, do geito que ele é, é capaz de me mandar a conta de 100 won.Procuro uma toalha e acabo por tirar uma que estava pendurada na porta, cheira bem, penso para mim. Me enrolo na toalha e solto os meus cabelos, visto a camisa de Jungkook e a cueca.Agora sim eu posso dormir ao lado dele.
Me deito ao lado dele de novo e penso porque é que ele tem de dormir sem camisa, fica estranho assim mas que safoda, coloco o meu braço em sua cintura e adormeço.
- Andrea?! - Oiço uma voz um pouco grossa gritar mas o sono estava mesmo bom - Jin, a Andrea e o Jungkook dormiram juntos! - Quê, pera aí, eu não dormi com ninguém, abro os olhos e Jungkook começa a se mexer, tiro o meu braço rápido mas sou apanhada de surpresa por RapMonster, Jin, Suga, Jhope, Taehyung e Jimin nos olhando gargalhando.
- Gente, isso não é o que parece! - Digo me levantando e eles me olham chocados ao verem a Camisa do Jungkook.
- Até a Camisa dele,ela tem - Jimin diz me zoando,fdp.
- O que é que tá acontecendo? - Jungkook pergunta abrindo os olhos.
- Não sei, não quer nos contar Kook - Jin fala se sentando na beira da cama e com um sorriso malicioso. JungKook abre os olhos totalmente e me olha com uma cara estranha.
- Porque é que você está com as minhas roupas? - Jungkook pergunta se levantando da cama e se espreguiçando.
- Ué, foi você que deu pra ele,depois da transa - Namjoon diz gargalhando e eu solto uma olhada mortal.
- Primeiro, eu fiquei molhada... - Sou interrompida por uma gargalhada e Jungkook solta um suspiro - Como eu estava falando, eu fiquei molhada e precisava de algo para vestir, então tomei um banho e vesti sua camisa e uma de suas cuecas- Todo mundo me olha de um modo estranho.
- Você tá usando uma cueca do Kookie? - Jin pergunta - Gente, na real, o que rolou entre vocês?
- Sono... - Falo e eles me ignoram.
- Hum, Andrea, onde é que você encontrou essa cueca? - Jungkook pergunta esfregando os olhos.
- No banheiro, em uma espécie de gaveta - Digo me espriguiçando e Jungkook começa a coçar a cabeça e dá um toque nos outros e eles parecem que entenderam algo, como assim gente?!
- Andreazinha, acho que essa cueca não estava limpa - Taehyung fala se concentrando para não rir.
- Aii meu Deus...que nojo...porque você não me avisou,canalha...Alguém ligue para a Carol me trazer roupas por favor.... - Falo antes de me atirar na cama do Jungkook.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...