História Amor Impossível - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 14
Palavras 942
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 32 - Da pra contar nada meu


-- 

O jogo acabou e eu fui para o vestiário masculino tomar um banho, a nossa equipe ganhou graças a Byanca e a mim que ajudei ela a passar sem ser pega.

(Felipe)- Eu vi em João 

- Viu o que louco? Joguei a toalha na cara dele 

(Felipe)- Você tratando a Emilly com a maior arrogância nunca vi você tratando uma menina gostosa assim.

- Ah mina não queria sair de cima de mim

(Felipe)- Mais ela é gostosa isso foi inacreditável 

- Tanto faz. Falei vestindo a minha camisa 

Bom... pior que a mina era mesmo gostosa e tal e não é que eu não gostei dela em cima de mim é que eu não tava pensando nessas coisas eu tava mais preocupado em ajudar a Byanca sabe como é dever né de ajudar minha equipe nada de mais... 

Saimos do vestiário e fomos para o refeitório.

POV' BYANCA

Eu já tava sentanda na mesa comendo com as minhas amigas quando percebo alguém sentando do meu lado, percebi pelo perfume quê era o João.

(Isabela)- Nossa quê chato, nossa equipe perdeu 

(Matheus)- Calma é só um jogo

(João Victor )- Um jogo que a nossa equipe ganhou 

Eu e ele nos olhamos e rimos.

(Matheus)- Como eu disse só foi um jogo 

(Felipe)- João não se esquece que amanhã temos que ver a nova equipe no basquete

(João Victor ) - Tomará quê seja fácil escolher 

Sim o João era o capitão da equipe de basquete.

Na hora lembrei quê tinha quê fazer o teste para as lideres e bateu um frio na espinha só de pensar, eu tinha quê decidir os passos quê iriamos apresentar com a Isabela então eu disse: 

- Isa depois você passa lá na minha casa para treinarmos os passos do teste? - Falei agoniada 

(Isabela)- Verdade temos que treinar

(Emilly)- Do quê tão falando?  

- Vamos fazer o teste para lideres de torcida - falei tomando um gole da coca 

(Emilly)- Eu também posso fazer?

(Isabela)- Não sei se ainda da tempo de se escrever, se der o maximo que vai conseguir è ser reserva 

(Emilly)- Ah quê pena mais já é alguma coisa.

O sinal tocou e fomos para a sala o resto das aulas passou e fomos embora fiquei lá na pracinha perto do colégio conversando com o pessoal e tomando sorvete, peguei meu celular e vi que eram 13:44 então resolvi ir embora e o resto fez o mesmo.

Chegando na minha casa subi para o meu quarto tomei um banho gelado e coloquei uma roupa confortável afinal iria treinar os passos com a Isabela ela iria vir 15:00. Minha irmã e minha mãe já haviam chegado minha irmã estava assistindo desenho e minha mãe no quarto descansando da viagem.

 Deitei na cama e resolvi dormir um pouco.

PESADELO ON**

Eu estava em meio de um nevoeiro cinzento, não conseguia ver nada ao menos havia uma luz lá no fundo e eu seguia ela, quando derrepente ouvi uma voz que eu não consegui reconhecer, essa voz dizia: " Eu e vocês a já pensou? Já Byanca?" essa voz ficava repetindo a mesma coisa várias e várias vezes até ela gritar essas mesmas palavras só que muito alto.

PESADELO OFF**

Acordei em um pulo e fiquei ali parada sem entender o sonho não vou conseguir sair de que? De quem?  De quem era quela voz ? Por que tive aquele pesadelo? 

Levantei da cama e peguei meu celular eram 14:53, fui para o banheiro lavei meu rosto e sai descendo para o andar de baixo. Fui para a cozinha e peguei um pouco de suco de maracujá, tomei em três goles e fui pra sala onde ainda minha irmã estava assistindo tv

- O quê tá assistindo ? - Perguntei sentando do seu lado

(Raphaela)- Bob Espoja 

- Hummm amo esse desenho 

Ficamos assistindo juntas até a companhia tocar já podia imaginar quem era abri a porta e a Isabela me beijou me comprimentando 

- Entra - Eu disse pra ela 

Ela entrou e viu minha irmã sentada no sofá e disse:

(Isabela)- Oi fofa

(Raphaela)- Oi amiga da minha irmã. Sorriu

- Então vamos lá pro meu quarto?  

(Isabela)- Vamos.

Subimos e eu afastei alguns móveis para dar mais espaço coloquei uma música na caixinha de som e começamos a fazer um salto e vemos se podiamos conseguir animar e fazer algumas rimas.

(...) 

Depois de treinarmos muito perguntei pra ela: 

- Quer comer alguma coisa Isa?

(Isabela)- Quero tô morrendo de fome 

Fomos para a cozinha e eu peguei uns biscoitos de chocolate e coloquei em uma tigela pra mim e pra ela peguei leite e sentamos na bancada da cozinha , instantaneamente lembrei do sonho então resolvi falar sobre isso com a Isabela:

- Sabe hoje quando eu cheguei da escola eu dormi e tive um pesadelo estranho - Mordi um pedaço do biscoito

(Isabela)- E como era? disse se mostrando interessada 

Eu expliquei pra ela como tudo aconteceu, falando sobre cada detalhe

(Isabela)- Eu em que sonho esquisito

- Né mais eu não entendi o por que de sonhar com isso... aff - Falei pensando em outra coisa 

(Isabela)- O quê?  

- Nada só estou pensando no que aconteceu hoje na educação física

(Isabela)- E o quê aconteceu? 

- Ah Emilly e o João cairam juntos e ficaram se olhando 

(Isabela)- Sério quando aconteceu isso?

- Quando eu já estava com a bandeira de vocês na mão 

(Isabela)- Hummm e você tá com ciúmes?  Ela riu

- Não não estou só tô comentando com você pra ver o que você acha 

(Isabela)- Tá e ainda quer saber?  

- Sim

(Isabela)- Eu acho quê você tá com ciumes 

- Nada haver... quer saber esquece quê eu te falei isso ok










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...