1. Spirit Fanfics >
  2. Amor impossível -Kim Taehyung- >
  3. Companhia de insônia

História Amor impossível -Kim Taehyung- - Capítulo 34


Escrita por:


Capítulo 34 - Companhia de insônia


Fanfic / Fanfiction Amor impossível -Kim Taehyung- - Capítulo 34 - Companhia de insônia

Suga: que caralhoooor,-suspira. DA PRA PARAR DE GRITAAAA, A PORRA DO FILME JA ACABOU JHOOOPE -o mesmo fala desligando a tv

J-hope: foi injusto ela ter morridooo -o mesmo choraminga

Jin: tu nem tava assistindo hobi -rir

Jimin: ta... foi bom o filme mais estou indo para o meu aposento, tchau galera

Tae: vamos?? -vira pra mim

S/n: boa noite meninos amor vocês -me levanto 

   


































Tae: quer brincar??? -diz abrindo a porta do quarto 

S/n: o que você sugere?? -entro logo trancado a porta 

Tae: que tal... -pensa por uns segundos. Tentamos... fazer nosso primeiro bebê?? -fala me abraçando por trás 

S/n: credo taehyung... você acaba com o clima -me solto do mesmo, indo para o banheiro

Tae: so tava brincado, euem, ja sei que você não quer ter um filho meu -termina de se despir e vai para de baixo do chuveiro 

S/n: não agora kim taehyung -tiro minha roupa, logo o encarando. Ta fria???

Tae: aqui??? Ta quente -fala em um tom malicioso

S/n: tou falando da água tae, da água 

Tae: aah... -sorri. Eu te esquento vem -me puxa

 A água realmente estava fria como eu tinha imaginado, tae pega o sabonete e começa a passar pelo o meu corpo, seus toques eram suaves o que fazia eu me arrepiar toda, logo o frio não estava mais presente ali.  Pego o sabonete da sua mão fazendo a mesma coisa que ele estava fazendo, deci suavemente o sabonete pelo seu abs, logo chegando no seu pênis passo no local, fazendo os movimentos o que fez ele gemer rouco.

Tae: s/nn -passa a língua nos seus lábios. Preciso te fuder... ago... agora -ele me vira de costa rapidamente, fazendo eu encosta meu rosto na parede fria no banheiro. 

S/n: uoou... -sorri. Estão me fode... daddy -falo manhosa deixando alguns risos escapar.

Sem aviso algum ele me penetra uma vez, duas, três. Seus movimentos eram rapidos ele parecia necessitar daquilo, ele segura minha cintura fazendo os movimentos serem mais rápidos e as estocadas mais fundas. 

S/n: ta... taaeehyng... não... não para... va...vaiii -reviro meus olhos sentido meu orgasmo chegando 

Tae: aaaah s/n.... eu.. eu... eu vou -ele não termina de falar, sinto seu líquido me invadir. 

O mesmo continua e continua ate sentir o meu chegar, minhas pernas fraquejam, tae me sugura ligando o chuveiro novamente. Depois de uns 3minutos ele me carrega ate nosso quarto me pondo na cama.

Tae: fica ai, vou pegar seu pijama -logo depois ele trás, o mesmo ja estava vestido 

S/n: obrigada amor -sorri pro mesmo

Tae: ajuda??

S/n: não precisa -me levanto com dificuldade ainda, coloco minha roupa e me deito do lado do maior

Tae: te amo.... -fala me abraçando 

S/n: eu também... boa noite amor

Tae: boa noite baby









































Me espanto com aquela maldita sensação de está caindo, olho para o lago vendo tae ainda dormindo, pego meu celular para checar as horas é era 3:46. Fecho meus olhos novamente para tentar adormecer, mais não conseguia, decido ir ate a cozinha fazer um leite morno.

Tava tudo um completo silêncio, pego o elevador indo para a cozinha que tinha ali. Passo pela a sala vendo que as luzes estavam acesas, desligo a luz sem olhas para o local, vou para a cozinha logo pego o leita na geladeira colocando-a em um copo logo levando para o micro-ondas. Fico a olhar esperando os minutos passagem, logo tiro o do micro-ondas com cuidado pos estava um pouco quente, me viro so que esbarro em alguém fazendo o líquido quente cair sobre a pessoa.

Suga: aiiiiiii drogaaaa -o mesmo gemer de dor

S/n: yoongiiiiiii.... me ... me desculpa -dou um pulo para trás por ter levado um susto

Suga: isso ta quente pra Caralhor -o mesmo tira sua camisa toda molhada, deixando seu abs todo vermelho a amostra 

S/n: pera.... e... eu, eu vou pegar... gelo... é.... gelo -corro para geladeira pegando varias pedrinhas de gelo e um pano, volto vendo o mesmo sentado. Deixa eu ver -coloco no local

Suga; aii s/nn -o mesmo geme rouco, o que me faz lembra de uma coisa nada pura. Acho que gelo não se coloca em queimadura -o mesmo ri

S/n: não??? -falo confusa 

Suga: você não pode ser médica viu anota isso -o mesmo rir. Acho que uma pomada seria melhor

S/n: ta... vou buscar -me levanto 

Suga: não... -sura minha mão.  Ja passou nem doi mais... -sorri fraco

S/n: certeza?? -volto a me sentar 

Suga: o que faz acordada a essa hora?? -o mesmo muda de assunto

S/n: não conseguia dormi de jeito nem um ... e vc??

Suga: a mesma coisa -sorri. Fiquei na sala quando todos foram dormi, ate que alguem desliga a luz -o mesmo sorri doce

S/n: pelomenos tenho uma companhia de insônia aqui -sorri. Desculpa por desligar a luz 

Suga: por que tá tão distante s/n?? -o mesmo me encara sério 

S/n: e... eu??? 

Suga: sim.... depois que veio para a Coréia você mal me dirigiu a palavra... fiz algo?? -me encara sério 

S/n: na... não é você.... t... ta tudo bem

Suga: quem é então??

S/n: ninguém, ninguém tá, acho que.... vou para o quarto

Suga: não... fica por favor, não consigo dormi -o mesmo me olha com um olhar fofo 

S/n: vou fazer mais dois copo de leites 

   Ficamos conversando sobre coisas bem aleatória, suga me contou alguns momentos constrangedores da sua vida, o que me fez da boas risadas.

Suga: vai casar com o tae?? -o mesmo pergunta do nada 

S/n: que.... yoongi eu tenho so 17 anos,  17ANOOOS, ta muito cedo não acha? -sorri 

Suga: sim... mais vai?? -me pergunta sério 

S/n: talvez -sorri. Por que?

Suga: nada.... pretende ser formar em que s/n??

S/n: acho que psicologia -sorri 

Suga: um.. muito bom, sabia que você tem um sorriso lindo e sincero -o mesmo me olha sério.

S/n: é.... obrigada -sorri timida. O que você seria se não fosse um idol, Min??

Suga: arquiteto consertesa 

S/n: mais ser idol é bem melhor ne? 

Suga: consertesa.... é maravilhoso saber que tantas pessoas valorizam assim o nosso trabalho -da um gole so leite. O que fez você escolhe psicologia??

S/n: poder ajudar as pessoas sempre foi meu forte.... principalmente em problemas emocional 

Suga: sim, sim é uma profusão maravilhosa... mais você sabe quê também pode ser uma idol ne?? 

S/n: não  -sorri. Não sirvo pra isso, de jeito nem um 

Suga: você é linda pra Caralhor, canta muito bem eu escutei no avião, o que mais quer???? Além disso é brasileira uma coisa nova aqui 

S/n: para de falar bobagem, isso não da pra mim

Suga: se você diz ne... 

  

Conversamos ate o dia clariar, ja era 5:49, nos subimos e nos despedimos na frente da porta dos nossos quartos, dei um beijo em sua bochecha e um abraço logo entro para o meu quarto, me deito do lado do tae que ainda estava adormecido, não iria hoje para escola de jeito nem umm estou morta de sono. Coloco meu celular ensima do criado mudo logo adormecendo.




 

    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...