História Amor Improvável - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Eu iria lançar esse capítulo só amanhã, mas não consegui me segurar. Kkk
Espero que esse capítulo consiga repassar tudo o que eu imaginei pra vocês!
Boa leitura!

Capítulo 2 - Velhos amigos


E lá estava eu, em frente à Sonmu. Sempre foi meu sonho sabe, mas nunca tinha tido oportunidade. E bom, aquele era meu momento. Basicamente iríamos falar sobre assuntos chatos, e eu iria mostrar uma música de minha autoria. Aquela música. A música que eu compus logo quando voltei ao Brasil. A música que eu fiz pensando neles. Óbvio que eu não deixei tão na cara, usei até um nome fictício "tony". Bom, na verdade tá bem na cara sim. Tony foi o nome que me veio na cabeça pra substituir Tom. A gente sempre falou que a primeira pessoa do grupo que fosse pai ou mãe, o nome do filho seria Tom. E o mais engraçado que de todos eu era a única que ninguém nunca pensou que fosse a primeira a engravidar, e por ironia do destino aqui estou eu, carregando uma criança de 2 meses. Eu não sei o sexo ainda, mas eu sinto que é uma menina, sabe, intuição de mãe. Sempre que eu uso a palavra "filha" ou tudo que indique que ela é do sexo feminino, ela chuta. Agora eu não sei se é uma menina feliz, ou um menino triste por eu não o reconhecer ainda. Mas tudo está muito claro pra mim, se for um menino Tom será o nome, se for uma menina, seja bem vinda ao mundo, Tonya. Nunca vou ter coragem de descumprir a promessa feita, e por mais distante que eu esteja, sei que assim vai ser um modo de carregar eles dentro de mim pra sempre.
Acordo dos meus pensamentos quando vejo que João, meu empresário, já está acertando os últimos detalhes com a gravadora, mostrando que então é minha hora de apresentar minha música a eles.

(Pesquisem a música no YouTube, o nome dela é Old Friends- Coldplay)

Dei uma última olhada para João, que me enviou um olhar de calma. Ele sabia o quanto aquela música era especial pra mim, dei um último suspiro longo, fechei os olhos e comecei a cantar.

Tony was a friend of mine
We were together all the time
He had my back
Once he really saved my life
(Tony era um amigo meu
Nós estávamos juntos o tempo todo
Ele me protegia
Uma vez que ele realmente salvou a minha vida)
Lembrei do dia que eu ia sendo atropelada por um carro enquanto estava distraída olhando meu celular e Noah me salvou.

Sometimes, I wanna call him
Say: Hey, let's stay up 'til morning
(Às vezes, eu quero ligar para ele
Dizer: Ei, vamos ficar acordados até de manhã)
Dou um leve sorriso ao lembrar que era isso que eu fazia quando não conseguia dormir, ligava para Sabina, Joalin ou Hina.

And when I close my eyes, when I close my eyes
I see you, you
When I close my eyes, when I close my eyes
You come through, you
Time just deepens
Sweetens and mends
Old friends
(E quando eu fecho meus olhos, quando fecho meus olhos
Eu vejo você, você
Quando eu fecho meus olhos, quando eu fecho meus olhos
Você vem, você
O tempo apenas aprofunda
Adoça e repara
Velhos amigos)
Rapidamente me veio Josh na cabeça, ele era meu melhor amigo, sempre esteve comigo em todos os momentos, menos no dia que eu mais precisei dele.

We all melt back into the picture
Raindrops back into the water
Old friends
(Todos nós derretemos de volta à imagem
Pingos de chuva voltam para a água
Velhos amigos)
E mais uma vez a lembrança da noite da tempestade me veio a tona, me dói lembrar que aquele foi um dos últimos bons momentos que passamos juntos.

And there are no ends to old friends
Amen
(E não existe um fim para velhos amigos
Amém)
E pra mim realmente aquilo não foi o fim, ainda tenho esperanças que vou conseguir voltar e me desculpar por tudo o que aconteceu.

Espero uns dois minutos pra conseguir abrir os olhos de novo. Meu olhar vai logo pra João que está com os olhos marejados, e que me lança um sorriso orgulhoso. Olho em volta e todos estão com cara de satisfeitos e tocados pela música, o que me deixa feliz ao saber que os sentimentos que eu pus na música conseguiram passar para as outras pessoas.

Meus parabéns Any- disse Simon, o chefe da gravadora- vai ser um prazer trabalhar com uma pessoa tão talentosa como você.

Naquele momento eu só sabia sorrir, estava muito feliz, meus sonhos estavam se realizando. Uma pena eu não poder dividir isso com meus melhores amigos.

Notas Finais


Nos meus planos a Any já se encontraria com algum dos amigos, mas eu quero explorar ainda mais a tristeza da nossa rainha, e claro, fazer vocês se perguntarem, o que realmente aconteceu com eles?
Não esqueçam de dizer o que estão achando. Bjss, até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...