1. Spirit Fanfics >
  2. Amor incondicional -Pietra e Laís >
  3. Capítulo 31 - O janta continua

História Amor incondicional -Pietra e Laís - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Gente , o melhor momento vai chegar nos próximos capítulos .
Eu mesmo estou ansiosa 😓 💙💚

Capítulo 31 - Capítulo 31 - O janta continua


Capitulo 31. O jantar , continua

Tudo indicava que estava tudo bem , todos os convidados se entretia com a música e com os drinks , parecia fabuloso saber que tantas pessoas e uma música pode transforma um simples jantar em uma festa casual , claro , sem clichês colo fofoqueiras , bêbados e o tio rico da família , todos na festa apenas se divertia pois o momento era o que causava toda a satisfação da aglomeração , era uma bagunça inevitável .

Acho que ver esse pessoal reunido ativa uma emoção , era novo para mim mais acho que estou sentindo empatia .

Justo quando estou num período onde quero distância de pessoas , surge uma e muda toda a minha maneira de pensar .

Mais , não vou negar

Lápis- Estou adorando …

E onde está a Peridot ? Por conta da adaptação ao óculos ela foi sentar numa mesa , sozinha .

Queria ir fazer companhia mais acabou que vir para o rumo da multidão ajudar Diana a controlar as crianças , estava todas agitadas e barulhentas mais tiveram que ser afastada das decorações pela constante luta por brincadeira e atenção .

As vezes encaro Ruben , a carismática menina bricando com uma albina , era se divertia enquanto roubava palitos de fósforo de um rapaz que foi ao banheiro e mostrava a menina ao seu lado como queima as formigas .

Sinto pena das formigas mais pelo menos elas estava felizes

Diana andava em todas as direções senti tomada por uma onda de crianças entusiasmadas e sem menciona que cada vez a música ficava agitada o que influencia na festa .

Mais sabia que não iria ficar naquele lugar para sempre pois a alguns metros lá estava a minha garota especial , as vezes tentando me ver e as vezes distraída mais sabia que ela estava pensando em mim pois toda vez que olhava para ela suas bochechas tremia e ela escondia seu rosto o deixando em outra direção , ela não sabe disfarça que me quer ao seu lado .

Diana-CRIANÇAS , DEVOLVA ISSO AGORA

diz a mulher enquanto tenta impedi as crianças de arrancar um buquê decorativo

Lápis- Que satisfatório

Fiquei admirando a guerra entre as crianças e a senhora da casa

Garnet- Lápis , volte a festa

Lápis- ja estou na festa

Digo enquanto dou espaço ao meu lado para a morena

Lápis- Ainda não posso acreditar que estou aqui

Garnet- Bem , todos aqui estão por Peridot , você também ?

Lápis-Claro , isso é tão inevitável

Garnet- Pelo menos a festa está alegre

Lápis- Mais , e a loira ?

Reparei que Garnet carrega duas taças de vinho

Garnet- Ela pode está fingindo para te deixa sastifeita , pois ela mudou quando sofreu o acidente

A mesma provava o líquido antes de tenta me oferecer a segunda taça

Lápis- Mais quem era a Peridot

Digo usando a mao para afasta o copo

Garnet- Alegre , estonteante e agitada .

Eufórica e de humor negro , contava as piores piadas mais seu jeito bagunçado fazia até os mosquitos rir , barraqueira e corajosa  .

Ela é como sua mãe , independente mais medrosa e bem no fundo um animal raivoso se camuflando num gatinho manhoso , ela era tudo menos aquilo

Diz a mulher antes de joga na boca todo o vinho

Garnet- A minha Peridot não estaria numa mesa sozinha , não a que conheço

Lápis- Mais o acidente mudou tudo ?

Garnet- Sim , fiquei dias vendo Peridot ligada a aparelhos e fios .

Até pensei que seria um adeus , mais assim que os olhos abriu uma felicidade secou as lágrimas mais no lugar de uma recuperação apenas surgiu complicações , ela não era a mesma .

Lápis- Então , Peridot está sofrendo ?

Garnet- Não , ela sente apenas dor

Lápis- Mais tem como resolver ?

Garnet rir mais sabia que era falso

Garnet - faça o que nao fiz , cuide dela

Ela saí passando sua mão sobre meu ombro

Garnet- Eu tenho esperança que você a faça feliz

E antes de olhar Garnet andando até Diana e as crianças senti que meus olhos sempre fica cegos quando o assunto era acha a Peridot , pois sempre que ela está melhor não demora para algo a fazer se senti no chão

Lápis- Pobre machucado que não desaparece

Era uma vontade de pesquisa sobre os acontecimentos , era uma história completa mais sem final .

Ela é uma pessoa que foi encontrada mais que ninguém pode ver porque aquela pessoa não é a verdadeira , uma máscara que fica e deixa evidências onde apenas os fortes consegue ver , minha sorte que sou guerreira .

A distância era curta mais a saudade era longa , nao quero fica na sombra enquanto a menina fica sozinha .

Acho melhor fazer companhia pois jurei ficar ao seu lado , custe o que custar .

Fui andando até a mesa , envergonhada pela maneira que ela mudou a postura com minha aproximação , ficou mais desorientada e confusa .

Lápis-Posso me sentar ?

Olhei para as cadeiras mais arrastei a que ficava mais perto da menina , bem a sua frente

Peridot- Vosche … ta bunitá. [Você está bonita]

A mesma retira os óculos antes de tentar olhar em meu rosto

Lápis- Fique com os óculos , ele te deixou mais bonita que o normal

Logo os olhos verdes ganhou um brilho maior , ela gostou do meu elogio mais ignorou o meu pedido

Peridot- Nyan kelo [Não quero]

Lápis-É desconfortável ?

A mesma balança sua cabeça confirmando

Lápis- Apenas use quando for necessário , você não vai morrer se não usa

Tentei fazer uma piada irônica mais para ela não era o suficiente

Peridot- Lapi , dicupá. [Lápis , desculpa]

Lápis- Por favor , não volte a pedi desculpas por nada

Peridot - E-Eu … Agi … incoquemencia miatuh [Eu agi sem consequência em meus atos]

Mais decidi apenas sorri pois não havia entendido palavra alguma , mais acho que posso dizer por ela

Lápis- Peridot , não quero que se deixe leva por minhas emoções , eu ainda tenho medo da felicidade e é assustador .

Estou muito feliz com você , te adoro e se duvida tem mais palavras que precisa ser dita a você , quero apenas me acostumar com a ideia de proteger e cuidar pois nunca senti isso em minha vida , nunca passei por isso e nunca havia gostado de uma garota .

Apenas respeite que ainda estou descobrindo meus sentimentos

Segurei a mao da menina e pelo sorriso que ela liberava deixava óbvio que havia me entendido

Peridot- LAPI … kelo voscher [Lápis , quero você]

Lápis- Pelas estrelas Peridot , desta vez entendi

Minha mão bateu sobre a mesa quando senti o desconforto me atingi mais esperei tudo se acalmar antes de olhar novamente para a loira.

Lápis- Você é meu motivo para está aqui

Logo após a música agitada acabou deixando a passagem para algo mais panorâmico

Peridot-lapi [ Lápis ]

Reparei a menina tentando saí da cadeira deixando o óculos sobre a mesa

Lápis- Pery ?

Decidi que o melhor seria guardar os óculos antes que ficasse esquecido , mais assim que peguei objeto senti que a armação era pesada e por está razão ela ficava o movendo constantemente , eles machuca com sua formação .

Após os deixa quieto num bolso interno achei melhor levantar e pelo menos uma vez saber aonde ela quer ir sem precisa que eu a leve por mim .

E acho que senti a independência da menina , após ela sai andando e me senti obrigada a acompanha seus passos .

Peridot- lapi [ Lápis]

Naquele momento ela parou me oferecendo sua mão

Lápis- terei que acompanha ?

Tentei não reparar que os pés da menina nos guiava para sua casa mais desta vez apenas fechei meu olho tentando fingir que toda a atenção era destinada para outra pessoa

Peridot- lapi [ Lápis]

Ela me chama mais desta vez ignorei deixando apenas uma sensação de frio e calor

Lápis- Peridot , vou confiar em você

Mais , assim que segurei sua mão me senti segura , a menos que desistisse de ir junto mais acho que ela queria me mostrar que não posso ter medo do coração , a experiência era tomada pela garota e a confiança era poderosa .

Quem diria , uma menina dependente ser tão fiel

Começamos subir pela escadaria , era uma jornada lenta e caprichosa .

Queria saber qual seria o destino , confiar ? Segui meu instinto e noucatear ? Agi como uma boba ou mesmo fingi que não sei oque está acontecendo ? Não , sei o porque desta vez ela me guiava mais bastava apenas a minha decisao para chegar no último degrau e fazer a melhor escolha , mais … Acho que deveria pensar .

Voltando a festa

Garnet- Diana , pare de fingi que cuida das crianças .

Sei que você quer a Lapis perto de Peridot

Diana- Isso é tão óbvio ?

Diz a mulher fazendo as crianças se afasta

Garnet- Elas saíram da festa

A mulher cruza os braços

Diana- Bem , são jovens e deve aproveita para se entender

Garnet- Posso ir lá ?

Diana- Se ir atrapalha nos duas vamos saí rolando neste chão e eu vou acaba te ameaçando com um garfo

Garnet- Ja entendi , melhor deixa Lápis confessa

Diana- Claro , Peridot precisa dela

Garnet- Como sabe ?

Diana- Instinto materno

Voltando a atração da festa , Peridot

Lápis- Peridot , você quer me conta o que está acontecendo ?

Sabe o modo Guia ? Ele se ativiu assim que passamos do último degrau .

Acho que terei uma chace para mudar ou mesmo correr de tudo ,

Queria saber o que meu pai diria : Seja corajosa , não deixe as chances desaparecer , siga voando com os sentimentos pois quem faz as suas asas é voce mesma , filha , apenas aproveite

Mais o coração estava assustado .

Eu posso assumi a culpa da responsabilidade ? Acho que sim

Paramos assim que chegamos na porta verde e a reação da menina foi solta minha mão e me deixa livre , ela apenas rir mais em seu olhar percebi que ela me esperava

Lápis- Eu posso escolher ?

Retornei meu olhar para a entrada , acho burrice ter deixando antes a porta aberta justo num dia tão insano .

Peridot - Pufavô [Por favor ]

Apenas acenei minha mão para ter passagem e vendo que ela permitiu eu senti obrigada a dar o passeio principal até empurrar aquela porta e deparar novamente com um conforto que não sou merecedoras , ver isso era um castigo .

Peridot- lapi … [Lápis]

A menina vem logo atrás

Lápis- Escolho cuidar de você

E como uma reviravolta , desta vez eu que a guiei até a cama e parecia que meu coração estava implorando por ajuda

Peridot - Cafun

Lápis- … Né

Acho que nem preciso de palavras para traduzi , pois sei o que ela tanto espera .

Lápis- Estou mesmo te devendo um cafuné

Mais , estou argindo certo ?

  Acho que deveria me preocupa


Notas Finais


*Erros ortográficos sera corrigidos


*Gostara do capítulo ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...