História Amor inesperado (Imagine Gdragon) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, GD & TOP, G-Dragon, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Cl, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Bom, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Seungri, Suho, T.O.P, Taeyang, Tao, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 235
Palavras 766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bao leitura ^-^

Capítulo 1 - Primeiro beijo


Hoje é meu primeiro dia de aula. Não vou dizer que estava ansiosa por esse momento. Se dissesse, estaria mentindo. Meu dia começou cedo, se é que teve um início, já que passei a noite em claro, depois de mais um combo de xingamentos e  acusações vindas do meu irmão. Todos o dias... a mesma coisa. Mesmos argumentos... sempre é tudo igual, mas não sei pq, fica cada vez mais doloroso.

Eu até falaria que me acostumei, mas meu psicológico não é dos mais fortes. Eu de um jeito ou de outro, sou influenciada a achar que tive culpa. Isso passa, mas o impacto da dor que eu senti na hora, foi bem maior o do meu próprio acidente...

Ele não faz noção do estrago que causa em mim, todo os dias. E esse pequeno furo do meu coração, vai se tornar um grande furacão, que vai me puxar, pra dentro da sua enorme escuridão...

Idiota... 

Me Levantei da cama e fui para o banheiro, encarando meu reflexo no espelho. Eu não estava bem. Olheiras de noites mal dormidas se acumulavam no meu rosto, um peso enorme nas costas, de quem gasta a energia que não tem e sorri com a alegria que a cada dia diminui. 

Lavei meu rosto, bem mais bem lavado e fui tomar um banho, quase morrendo por ter que tirar todo o calor que eu tinha da cama. Saí  e me enrolei na toalha, correndo para onde estava meu uniforme. 

Cheguei onde ele se encontrava e o vesti. Ele era em tons comuns de preto e braco, com alguns detalhes em vermelho. Já tinha passado desodorante e perfume. Arrumei minha mochila e fiz um rabo de cavalo normal, obrigatório na escola. Nunca entendi o pq disso... Fui até a porta e respirei fundo, me preparando para encarar o monstro que me aguardava fora do quarto. 

- Vc está atrasada pirralha. Se arrume mais cedo destruidora de famílias - Ji-young disse assim que eu saí do quarto, me assustando.

- Para... já vai começar assim? Tão cedo? - me virei para ele, que estava encostado na parede ao lado da porta do meu quarto.

- Oq foi? Começar o dia com verdades te machuca? - ele ficou de pé e veio a passos lentos até mim - Sinto muito, mas eu não ligo pra isso,  sua praga imunda. Quem deveria ter morrido era vc e não a omma. Como é ser a pessoa que destruiu uma família e matou a própria omma en? Vc é estúpida!

- Para com isso, para! - me virei e comecei a andar,  mas ele segurou meu pulso, me puxando contra ele.

- EU NÃO TERMINEI! - ele apertou meu pulso, enquanto eu tentava o empurrar com minha outra mão - VC FOI A CULPADA POR DESTRUIR A FELICIDADE DOS NOSSOS PAIS! DESDE QUE VC ENTROU PRA FAMÍLIA, AS COISAS SÓ PIORARAM! VC DEVERIA TER MORRIDO NAQUELE ACIDENTE SUA VADIA!

Dei um tapa em seu rosto, assim que ele terminou aquela maldita palavra.

- VC ACHA MSM QUE A CULPA É MINHA? POIS, O CHORO DA NOSSA OMMA ERA PQ O PRÍNCIPE QUE ELA TINHA CRIADO E EDUCADO, A DESRESPEITAVA  QUANDO CHEGAVA EM CASA! BÊBADO E COM CHEIRO DE PERFUMES BARATOS! NÃO PQ EU ENCHUGAVA SUAS LÁGRIMAS DEPOIS DAS BRIGAS! VC FOI PARTE DO SOFRIMENTO DELA E MSM ASSIM A OMMA DIZIA UM EU TE AMO NA HORA DE VC IR PRA ESCOLA! - ele me prendeu na parede e ia dizer mais alguma coisa, soq eu continuei - NÃO ACHE QUE TEM DIREITO DE ME CHAMAR DOQ VC CHAMOU! NÃO OUSE DIZER ISSO OUTRA VEZ! VC NÃO TEM O DIREITO!

- Cale a boca sua imunda! Vc já estragou toda a família, oq vc quer mais? - ele disse, me encurralando ainda mais na parede.

- EU SÓ CALO SE VC FIZER ISSO PRA MIM. CASO CONTRÁRIO, EU VOU CONTINUAR SIM - falei mais alto que ele e olhei em seus olhos, vendo sua expressão nada agradável.

- Vc me paga por isso pirralha... - ele aproximou nossos rostos e me beijou...

Seu beijo começou tão eufórico mas aos poucos foi ficando mais calmo... Eu não sabia como reagir, não achei que ele iria interpretar dessa  forma. Ele pediu passagem com a língua, já segurando firme minha cintura. Quando eu ia corresponder, percebi oq estava fazendo e na msm hora o empurrei, fazendo com que ele batesse levemente as costas.

-  Masoq...

-  V-VC É LOUCO! - gaguejei e senti minhas bochechas esquentarem, me fazendo desviar o olhar do seu.

Entrei dnv pro meu quarto, me trancando nele.

Corri pro banheiro e enxáguei meu rosto, não acreditando noq tinha acontecido...

Eu beijei meu irmão


Notas Finais


Espero que tenham gostado =3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...