1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Inesperado(Jihope or HopeMin,Vkook,Namjin)(ABO) >
  3. Demônio (Part 2)

História Amor Inesperado(Jihope or HopeMin,Vkook,Namjin)(ABO) - Capítulo 34


Escrita por:


Notas do Autor


Olha bomba aí gente!💣

Capítulo 34 - Demônio (Part 2)


Fanfic / Fanfiction Amor Inesperado(Jihope or HopeMin,Vkook,Namjin)(ABO) - Capítulo 34 - Demônio (Part 2)

JUNGKOOK ON


Nam:Pra onde você pensa que vai? - Namjoon segura meu braço assim que me levanto.


-Eu não vou deixar meu irmão morrer lá! - Digo e me desvencilho do aperto do mais velho.


Nam:Jungkook, você acabou de acordar de um co...


-NÃO ME IMPORTO! EU VOU ATÉ LÁ! - Acabo gritando, e com isso o Kim desiste de tentar me impedir. Meu irmão me olha sério, porém logo se afasta de mim.


Me visto o mais rápido que posso. Eu realmente ainda estou meio fraco por ter ficado um mês em coma, mas não posso deixar Hoseok sozinho!


-Eu sabia que eu deveria ter ido junto! Eu sabia que era uma cilada, mas deixei ele agir sozinho! - Começo a pensar alto, sinto o olhar atento do meu irmão queimar sobre mim enquanto me observa em silêncio. - PORRA!


Me irrito quando o fecho da mochila não fecha, tanto que puxo o zíper com força e ele se parte na minha mão. Eu me sinto tão frustrado que grito e rasgo a porra da mochila no meio!


Ok, Jungkook... Você precisa se acalmar!


-Tudo bem... Tudo bem... - Respiro fundo algumas vezes, tentando relaxar ao máximo. Se continuar assim não serei muito útil, então preciso ser racional.


Nam:Eu vou com você. - O Kim diz, me entregando minha arma logo em seguida e outra mochila.


-Não, você tem que ficar com o Jin, e também...


Nam:Não, eu vou com você! - Me interrompe. Namjoon me lança um olhar sério, vejo que não tenho muitas escolhas além de deixar que ele venha comigo.


-Tudo bem.. - Digo e volto a terminar de arrumar minhas... Nossas coisas.


Nam:Vou te esperar no carro. - Ele diz e sai do quarto.


Tudo bem...


Em todos esses anos nada desse tipo aconteceu. Em todos esses anos Hoseok nunca perdeu uma briga sequer! Por que justo agora ele foi ser tão descuidado?


Porra, Hoseok!


-Ok, vamos nessa! - Falo para mim mesmo e saio do quarto o mais rápido que posso.


QUEBRA DE TEMPO 



Nam:Chegamos... - Namjoon diz assim que paramos em frente ao grande galpão.


-Tudo bem, não temos nenhum sinal do Hoseok, mas sabemos que ele está ali, certo? Então vamos entrar, tirar nosso irmão, Kris e Shawn de lá!


Nam:Mas, Jk, e se o Hoseok estiver...


-Não ouse dizer isso! - O interrompo. - Eu sei que ele está vivo, Namjoon! Sabe o quanto que eu ouvi o Hoseok se lamentar enquanto estava lá, deitado naquela porra de cama sem conseguir mexer um músculo sequer? Eu ouvi cada palavra despejada por ele, por todos vocês, e quanto mais tristes vocês ficavam, mais triste eu me sentia! Eu acabei de voltar, não posso perder ele!


Saio do carro sem esperar nenhuma resposta da parte o mais velho, e logo vou até o galpão. Assim que me aproximo mais vejo que a porta está entreaberta, o suficiente para que eu consiga passar sem dificuldades e sem ser notado. Entro na estrutura e sinalizo para que o Kim me siga cutelosamente.


O lugar é escuro, abafado e úmido. As paredes fedem a mofo, assim que entro sinto o ar tão pesado que minhas narinas ardem e sinto meus olhos lacrimejarem, porém não me dou ao luxo de parar por muito tempo, logo me acostumando ao ar abafado do local. Parece que, fora as duas janelas que deixam entrar luz, a única outra fonte é uma lâmpada solitária que fica no topo do galpão, iluminando boa parte ao redor, porém de forma fraca. Observo bem e noto que há cerca de dez a quinze homens, e no centro está Kris amarrado em uma cadeira, sangrando com um corpo bem aos seus pés. Assim que noto a a cor dos cabelos do corpo já pálido meu coração para, minha respiração falha e meus pensamentos me traem.


- É ele... - Sussurro para Namjoon, que ao olhar para onde estou olhando põe a mão na boca para não gritar.


Sem pensar duas vezes eu me levanto e corro até Hoseok, porém não sou nada discreto, e obviamente isso não passa despercebido. Vários homens vêm até mim e me seguram antes que eu consiga chegar até meu irmão. Eu tento me soltar, porém ainda estou fraco demais, e quando acertam um soco certeiro em meu estômago todo e qualquer resquício de força que eu ainda tinha simplesmente vai embora. Ken surge dentre os homens e vem até mim, me segurando pelos cabelos e me obrigando a olhar pra cima.


???:Ora, o que temos aqui? - O homem da flor de lotús, o mesmo descrito por Jisoo, aparece.


???:Quem é esse? - Alguém pergunta.


Ken:Este, meu caro, é base da trindade, o irmão caçula de J-Hope e do RM, o grande JK! - Ele diz como se eu fosse uma mera atração de circo. - Como vai, Jungkook? Não era pra você estar em coma? Ou melhor... Morto?


Jk:Vá se ferrar! - Olho firmemente para o homem a minha frente, minha vontade é procurar por Namjoon, mas ainda assim não o faço. Se eu olhar para os lados eles saberão que há mais alguém comigo.


Desde pequeno Namjoon sempre foi o pior de nós três no campo de batalha, seu negócio mesmo era estar por trás de toda a burocracia, tecnologia e comandar tudo de longe. O Kim nunca gostou muito de por a mão na massa, e confesso que ele é até meio ruim se comparado a mim e Hoseok, porém agora ele pode ser nossa única esperança!


Não seja pego, Namjoon!


Eu acredito em você!


???:Deve ter vindo atrás do branquelo ali! - Um dos caras faz graça, e todos começam a rir.


Ken:Chegou um pouco tarde. Ele já tá morto há uns dez minutos. - Um alfa chuta o braço de Hoseok, isso me enche de ódio.


-SAI DE PERTO DELE! - Grito, mas quase não tenho mais forças.


???:Qual é, JK... Você não está cansado de viver na sombra dos seus irmãos? Não tá cansado de ser sempre o terceiro, sempre fazer tudo e nunca receber os créditos? - O cara da flor de lotús me pergunta, e se aproxima ainda mais de mim. Ele chega bem perto e só então consigo notar ainda mais suas características. Pele clara, olhos castanhos, cabelos pretos, rosto delicado ao mesmo tempo marcado...


-O que quer com isso?


???:Quero que você se junte a mim. E também... - O garoto acaricia meu rosto e chega ainda mais perto. - Eu quero que você seja meu alfa!


-Seu alfa?


Ken:Eun é ômega, bonitão.


???:Eun Kyong é o pior e mais forte ômega que você irá conhecer em toda a sua vida, irmão! - Um outro cara complementa.


???:Se fosse você aceitava. Kyong nunca se interessa por alfas, e se ele quer você é porque realmente gostou do que viu! - Um homem careca sorri pra mim. Esses caras só podem estar me zoando!


Eun:O que me diz, Jungkook? Sabe, quando mandei o Jisoo te matar eu não tinha noção do quão bonito e gostoso você é! - Eun segura meu rosto próximo ao seu. - Junte-se a mim, Kyong. Seja meu alfa, e com a minha... Nossa força, nossos homens e nossa inteligência nós podemos dominar o submundo em um piscar de olhos! O que me diz?


Esse cara só pode estar brincando!


Eu simplesmente começo a rir. O que ele me diz é tão ridículo e absurdo que chega a ser engraçado.


Eun:Do que está rin... - Interrompo o ômega quando cuspo na sua cara. Ele me olha incrédulo.


- Vá... Se... Ferrar! - Digo pausadamente, e parece que Kyong não gosta muito.


Eun:Péssima escolha, bonitão!


JUNGKOOK OFF 


NAMJOON ON 



Jk:PORRA!


Eun:Cedo ou tarde você vai ter que ceder, Jeon! - Kyong chuta meu irmão nas costelas, fazendo o alfa arfar de dor. - Qual é... Porque não se junta a mim de uma vez?


Jk:Eu... Não... Serei... Seu... Alfa! - Diz pausadamente!


Eun:Por quê? Por que não? DIGA! - Rosna.


Jk:Porque eu já tenho um ômega, e eu o amo! - E com isso Luke leva mais um soco na boca.


Eun:Bom, se o que te impede é esse ômega, logo você não terá mais nenhum. - O homem sorri diabolicamente e se vira para um cara careca. - Ache o ômega e mate ele imediatamente!


Jk:NÃO!


Ken:Silêncio, bonitão! - Ken amordaça o alfa e amarra suas mãos e pés.


Ok, isso saiu mais errado do que eu esperava...


O que eu devo fazer?


Me esgueiro atrás da umas máquinas, e por ser escuro aqui creio que eu consiga ficar invisível por um tempo, porém não sei como prosseguir! Nunca precisei fazer muito trabalho de campo, e nunca me interessei, sempre tive Hoseok e Jungkook por mim. Mas agora Jungkook está imobilizado, e Hoseok...


De repente alguém me segura com força, tapando minha boca. Fico um pouco assustado, então apenas paro de me mexer para não acharem que estou resistindo.


Como será que me acharam?


Sha:Calma, Namjoon... Sou eu... - Mesmo em um sussurro reconheço a voz de Mendes.


-Mas que... Porra, Shawn! - Falo, porém me sinto aliviado por ver um rosto conhecido ao invés de um inimigo. - Como você foi deixar isso acontecer?


Sha:Não tive escolha, foram ordens do Hoseok! Ele brigou com o cara que tá segurando o Jungkook, mas o filho da puta trapaceou e envenenou o Hobi... - Mesmo visivelmente triste, o alfa mantém sua expressão neutra, ainda mais devido a situação.


Nos assustamos quando um dos homens chega bem perto de onde estamos. Ele vem até a gente e olha, passando o olhar exatamente por onde eu estou, porém, para minha surpresa, ele não me enxerga.


???:O que você está fazendo aí? - Prendo a respiração quando outro cara chega perto dele.


???:Eu pensei ter ouvido umas vozes... Deve ser coisa da sua cabeça, e também, todos estamos falando, claro que você vai ouvir vozes!


???:É, pode ser.. - Dá de ombros.


???Aliás, já te falei pra usar seus óculos! Você fica mais cego que minha avó sem eles! - Foi por isso que ele não me viu! O homem ri e logo os dois voltam para onde Kyong e Jungkook estão.


Sha:Você deu muita sorte, RM. - Shawn diz, e só então me permito soltar o ar que tinha prendido.


-O dia tá sendo uma grande porra! - Bufo. - O que vamos fazer?


Sha:Eu realmente não sei, chefe. Essa situação perdeu muito o controle. Tem três dos nossos com eles, e tem no mínimo 15 homens inimigos. - O alfa diz tudo o que eu não queria ouvir. - Acho que o que nos resta fazer é esperar...


Esperar.


Mas, pelo quê?


-Hoseok... Me ajuda... - Sussurro controlando ao máximo minhas lágrimas, mas sei que é inútil!


???:Ei, chefe... Cadê o grandão? - A pergunta de um dos caras chama a atenção de todos.


Eun:Como assim?


Ken:J-Hope sumiu! - Bryan diz. - Cadê ele?


Todos começam a olhar em volta desesperados. Na verdade até eu me sinto assim. Hoseok estava estirado no chão há segundos atrás, mas agora não está mais ali.


Eun:COMO É POSSÍVEL ELE TER SIMPLESMENTE SUMIDO? ELE ESTÁ MORTO! - Eun rosna alto.

De repente um som de disparo, e a única lâmpada do local simplesmente estoura...


NAMJOON OFF 


(AU:Hoseok não vai morrer porra nenhuma, porque quem manda nessa merda sou EU!!!)


HOSEOK ON



Está tão escuro... 



Eu me sinto tão frio...


O que será que aconteceu?


Não consigo me mover, meu corpo está fraco, porém eu nunca me senti tão bem!


Jk:Por que eu já tenho um ômega, e eu o amo! - Jungkook?


Ouço a voz de Jungkook, mas está tão distante... Será que estou sonhando? Por que não consigo acordar?


Meu peito está tão pesado, e eu sinto meu coração tão lento...


Eu morri?


Sha:Calma, RM.. Sou eu... - Shawn?! É a voz do Shawn!


Estranho...


Eu sinto que deveria fazer algo, mas não lembro exatamente o que...


Nam:Hoseok... Me ajuda... - Namjoon?


Por Deus, Namjoon precisa de mim?


Por que não consigo me mover? Eu preciso acordar, mas por que não consigo?


Eu preciso levantar!


AGORA!


- Agora... - Consigo sussurrar, e logo tudo parece voltar com muita intensidade, me atingindo como um clarão de consciência.


Meus sentidos voltam, puxo o ar com força, enchendo meus pulmões o máximo! Meu corpo começa a esquentar, meu coração acelera tanto que parece querer pular do meu peito. Uma raiva descomunal se apossa de mim.


Abro meus olhos e noto que tudo está diferente. Muito diferente. Ouço cada batimento, cada respiração vinda junto com o som de todas as vozes juntas. Vou pra um canto, passando por minha jaqueta que está jogada no chão, porém não pego minha arma. Vou sem ser notado por nenhum dos homens.


???:Ei, chefe... Cadê o grandão?


???:Como assim? - Conforme observo os homens eu me levanto e calmamente. Estou numa parte muito escura do galpão, então eles simplesmente não me vêem.


Eu ainda me sinto tonto, perdido, porém com raiva, muita raiva! Meus sentidos voltam completamente, me permitindo ter uma plena noção de tudo o que está a minha volta.


???:J-Hope sumiu! Cadê ele?


Os homens começam a procurar por mim. Isso é tão engraçado que chega a ser patético.


???:COMO É POSSÍVEL ELE TER SIMPLESMENTE SUMIDO? ELE ESTÁ MORTO!


Morto?


-Nunca me senti tão vivo! - Falo. - Chega dessa porra!


Por fim atiro na única lâmpada do local, e para minha surpresa, assim que a escuridão toma conta do galpão, eu ainda consigo enxergar. O cheiro do medo de cada um deles me atinge com força, e isso me faz sentir ânsia!


- Vocês cometeram um grande erro. - Digo em voz alta.


A raiva começa a tomar conta de mim de uma forma tão brutal que, quando dou por mim, rosno. Não um rosnado qualquer, eu sinto que não. É um rosnado alto, forte, grotesco, primitivo.


Ken:Porra, ele está vivo!


???:ATIREM!


E então todos começam a atirar em várias direções, sem saber sequer para onde estão atirando. Alguns acertam os próprios colegas, o que me poupa trabalho, porém vejo que Jungkook e Kris ficaram em meio aos tiros. Corro com uma velocidade absurda até ambos, arrebentando as cordas que os amarram com facilidade, logo segurando em suas cinturas e saltando para a parte de cima do galpão.


Jk:O que...


-Sou eu. - Murmuro, contudo minha voz sai mais grossa do que o normal.


Kr:Hoseok?! - Kris se surpreende.


Não os respondo, apenas salto de volta para o andar de baixo, onde os tiros voltam assim que me ouvem atingir o chão. Minhas roupas parecem estranhamente apertadas, meu corpo está fervendo, e eu me sinto tão... Forte...


Nam:HOSEOK! - Namjoon grita. Rosno novamente, e parto pra cima dos homens a minha frente!


HOSEOK OFF 


NARRADORA ON



Jung parte para cima dos homens com a velocidade de um real lobo, os dilacerando com suas garras e presas, matando um a um. O desespero se instala no ar, ainda mais por conta da completa escuridão, está que sequer é notada pelo alfa. Tudo o que ele quer fazer é eliminar os filhos da puta que se meteram com sua família um a um, com suas próprias mãos! Jung Hoseok, naquele momento, se sentia o próprio demônio!


Ken:COMO É POSSÍVEL? EU MATEI VOCÊ!


Eun:CALA A BOCA E ATIRA NESSE VERME, KEN! - Kyong fala, porém se assusta quando ouve um dos homens ao seu lado simplesmente ser arremessado para longe, se chocando com a parede da construção.


Hs:O cheiro do medos de vocês é patético! - Uma voz grossa e quase animalesca soa por todo o lugar, fazendo todos ficarem em silêncio.


Eun:APAREÇA, J-HOPE! - O ômega rosna.


Um grito alto de dor é ouvido, porém é interrompido com o som de algo sendo esmagado. Sons de cortes, ruídos, gritos, gemidos de dor... A carne sendo rasgada por enormes garras, o som do sangue jorrando... A risada do alfa ruivo soa alta e nítida, fazendo as pernas de Ken e Kyong estremecerem. Os garotos sequer notaram, porém de todos os seus homens eles eram os únicos ainda vivos ali.


Hoseok observava o alfa e ômega de perto. Em seu peito uma vontade louca de destroçar os dois queimava, e sua mente gritava para que os matasse logo de uma vez. Ao observar melhor Kyong algo dentro de si o incomodou, e a imagem de Hoemin veio com nitidez em sua mente. Ele poderia estar errado, mas sua intuição dizia que não.


Hs:Yu Hoemin... - Diz ferozmente.


Eun:O quê?


Hs:Se lembra dele? Yu Hoemin?


Eun:O ômega nerd que matei há alguns anos? - Bingo.


De fato foi Kyong quem matou o ômega, e isso só fez o ódio de Jung crescer ainda mais.


Hs:Foi você... Você matou o Hoemin... - O controle estava se esvaindo, os instintos do alfa estavam prestes a o controlar, e seus instintos clamavam para matar Kyong da forma mais dolorosa possível!


Eun:Ele era seu ômega, J-Hope? - Ri. - Uma pena, foi um desperdício...


Hs:Você... VOCÊ VAI MORRER DA MESMA FORMA QUE MATOU O HOEMIN!


Sem esperar mais, Hoseok correu até Eun e, antes que o ômega pudesse fazer qualquer simples movimento, o ruivo passou suas garras afiadas pela jugular do homem, arrancando sua cabeça completamente com um golpe só.


Ken tentou correr para a saída, porém era totalmente inútil tentar fugir. Rapidamente Hoseok o alcançou. Jung atravessou sua mão no peito do mais novo, literalmente arrancando seu coração. Ele nunca havia se sentido tão bem, a sensação do sangue quente em suas mãos o agradava, assim como o som do corpo morto de Ken tombando com tudo no chão.


Algo dentro do alfa estava diferente e ele sabia muito bem disso. Havia uma sede de sangue anormal, uma brutalidade, instintos fortes que o dominavam completamente. Hoseok não se sentia o mesmo, se sentia forte, grande, imponente! Se sentia como um animal, um lobo, um verdadeiro demônio!


Ao ver o coração do alfa em sua mão pulsar uma última vez o ruivo sorriu...


Jungkook, Kris, Namjoon e Shawn estavam sem entender absolutamente nada. Como haveria Hoseok voltado a vida? Como ele teria abatido 15 homens sozinho, sem usar nenhuma fonte de luz ou arma?


Jungkook por fim achou uma escada e conseguiu chegar até a porta do galpão. O alfa a abriu, deixando finalmente a luz adentrar o local, porém sentiu arrepios com a cena que viu. Hoseok estava de pé no meio de um monte de corpos coberto de sangue. Na verdade havia muito, muito sangue por todos os lados!


Tanto o mais novo quanto os outros três garotos ficaram chocados com o que viram. Hoseok nunca fora disso, sempre evitava fazer tanta bagunça, porém dessa vez ele matou a todos da maneira mais brutal e grotesca possível.


Nam:Hobi... - Namjoon chama, chegando perto do irmão.


Hs:Vamos sair daqui. - Jung diz e larga o coração de Ken no chão, pisando em cima do órgão assim que vai em direção a saída. A cena choca Namjoon.


O que haveria acontecido com seu irmão?


Jk:O que aconteceu aqui? - Luke pergunta exasperado.


Kr:Hoseok, você cresceu? - Assim que o alfa passa ao lado do Kris nota como ele ficou visivelmente maior, tanto que suas roupas ficaram um pouco mais justas.


Jung simplesmente ignora os quatro garotos e entra em seu carro, logo dando a partida e saindo de lá.


Nam:Porra, Hoseok!


Sha:Gente... O que acabou de acontecer aqui? - Shawn ainda parece chocado com tudo.


Nam:Eu não sei, amigo... Não faço a mínima puta idéia! - O Kim pega seu telefone e liga para o pessoal responsável pela sua "limpeza".


Consideravelmente, dessa vez eles não poderiam chamar a polícia para limpar o local...


NARRADORA OFF 


Notas Finais


Só eu que fiquei chocada, com o conteúdo desse capítulo?!

-E esse nível de violência?🤯💥
- J-Hope renascendo...🤯💥

《O próximo capítulo promete fortes emoções...》


Espero que tenham gostado do capítulo de hoje!


♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

Minhas outras fics:

▪Acampamento (Yoonmin)

Link:https://www.spiritfanfiction.com/historia/acampamento-yoonmin-20050571

▪Meu Querido... (JinMin)

Link:https://www.spiritfanfiction.com/historia/meu-querido-jinmin-20031228


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...