1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Inesperado(Jihope or HopeMin,Vkook,Namjin)(ABO) >
  3. Cio(Part 2)

História Amor Inesperado(Jihope or HopeMin,Vkook,Namjin)(ABO) - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Leitura...👾🍃

Capítulo 9 - Cio(Part 2)


Fanfic / Fanfiction Amor Inesperado(Jihope or HopeMin,Vkook,Namjin)(ABO) - Capítulo 9 - Cio(Part 2)

  HOSEOK P.O.V


* Dia 05 *


Jm:Seokie... Por favor! -Jimin pede manhoso pela décima vez e eu acabo não resistindo aos encantos desse maravilhoso e tentador ômega de olhos azuis.


- Saiba que se você não estivesse no cio eu não cederia tão fácil! - Digo, mesmo que seja uma grande mentira.


Me levanto da cama enquanto o pequeno me observa sem desviar seu olhar. Hoje já é o quinto dia do cio de Jimin e seus efeitos já estão consideravelmente menores e menos frequentes, mas ainda assim vez ou outra ele precisa de mim... Se é que entendem. Visto um short do ômega que, mesmo sendo bastante confortável, fica curto em mim e decido ir sem camisa mesmo.


Jm:Ficou uma gracinha com o meu short. - Ele caçoa e eu Ihe respondo com um belo dedo do meio, o fazendo rir.


Desço as escadas lentamente e morrendo de preguiça, afinal são sete da manhã... Só que Jimin resolveu acordar com vontade de comer o bolo que Taemin havia feito no dia anterior, mas ao invés de levantar e pegar ele me acorda para que eu pegue .


Folgado, não?


Faço o caminho até a cozinha e me distraio com meus pensamentos, tanto que quando dou por mim já estou com a mão na porta da geladeira. Abro o eletrodoméstico e pego uma bandeja com um grande bolo de chocolate, que por sinal parece tão apetitoso que acho que até eu irei comer um pedaço. Seguro o bolo com uma das mãos enquanto fecho a porta com a outra e de repente sinto um cheiro de flores... Tulipas, mais especificamente. Sei que esse cheiro não é do Taemin e obviamente não é do Louis, então, de quem é?


Aspiro profundamente tentando identificar o cheiro, mas antes que eu consiga ouço um pigarreio e olho assustado para trás, só então percebendo a presença de um garoto de cabelos... Lilás...?! Ele me olha e sorri, mesmo que visivelmente fique um pouco vermelho.(Foto da capa)


???:Acho que você sentiu meu cheiro, né? - Ele pergunta um pouco baixo, mas de forma firme e sem deixar de sorrir.


- Sim, acho que sim... Mas quem é você? - Questiono o menino.


???:Meu nome é Wooyoung. Jung Wooyoung, prazer.-O garoto estende a mão em cumprimento e eu aperto sem hesitar. - Eu sou filho da nova governanta dos Park-Lee, então tecnicamente moro aqui agora...


- Ah, sim... É um prazer,Wooyoung. Eu me chamo Hoseok. - Sorrio.


Woo:Sim, eu sei. -O ômega ri e eu o olho confuso. - É que o Taemin me contou sobre você e sobre o cio do Jimin, e tenho que admitir que você é ainda mais bonito e gostoso do que ele falou.


Eu não aguento e acabo gargalhando. Taemin não presta!


-Ele exagera, mas obrigado.


Jm:Hobi...- Ouço a voz de Jimin vinda da sala e logo ele aparece de cueca e coçando os olhinhos, mas quando vê Wooyoung fica com uma expressão estranha.-Quem é ele?


Woo:Eu sou o Wooyoung.- O de cabelos lilás diz e sorri para Jimin também, mas o pequeno continua com uma feição estranha.


Jm:Wooyoung? - Ele pergunta e olha para o menino, logo depois me olha e olha para o meu tronco, daí eu percebo que estou sem camisa. Ele arqueia uma sombrancelha e olha para Wooyoung novamente.


-Ele é filho da sua nova governanta,Minie. - Digo e só então vejo sua expressão suavizar e ele finalmente sorri.


Jm:Ah, sim... Eu me lembro dela falar que tinha um filho de mais ou menos a minha idade.


Woo:Na verdade eu sou um ano mais velho que você, mas minha mentalidade deve ser uns cinco anos mais novo.-Diz brincalhão e Jimin ri.


Jm:Eu vou vestir uma roupa e já desço pra ficar com vocês.-Park fala e corre até o segundo andar.


Woo:Ele ficou com ciúmes.-Assim que o mais novo sai da cozinha o ômega se pronuncia.


-Você acha?


Woo:Você não achou estranha a reação dele, Hoseok? Não viu a cara que ele fez quando me viu? Só faltou me fuzilar com os olhos. - Ele diz e volta a comer a fatia de bolo que havia cortado para si.


Eu deveria gostar de saber que Louis sente ciúmes de mim?


* Dia 06 *


Wooyoung e Jimin estão na sala conversando sobre coisas aleatórias que eles disseram ser "papo de ômega". Desde o encontro quase desastroso na cozinha esses dois não se desgrudam mais, sempre falando sobre o lugar de Wooyoung e da omma dele, que vieram de Pohang, ou sobre coisas aleatórias mesmo. Confesso que senti um pouco de ciúmes também, mas por ser um ômega deixei pra lá. Agora estou aqui na sala lendo um livro qualquer que achei na biblioteca da casa, enquanto os dois conversam como se estivessem esquecido completamente da minha existência.


Mas tudo bem, eu posso aceitar isso e meu coração continua aberto.


De repente a campainha toca, e como já passam das duas da tarde deduzo ser Minho vindo visitar Taemim, então me levanto deixando o livro de lado e vou até a porta. Abro a mesma e me surpreendo ao dar de cara com Jin,Taehyung,Jungkook e Namjoon.


-O que vocês estão fazendo aqui? - Pergunto automaticamente, mais para os meus irmãos, porém Jin responde.


Jn:Nós viemos visitar o Jimin, grandão.


Nam:Já nós viemos visitar você, mas assim que chegamos demos de cara com os fofinhos aqui. -Namjoon diz e passa um braço pelos ombros de Jin que cora imediatamente mas ri.


-Entrem, meninos. - Dou espaço para que eles possam entrar, e um a um os meninos passam por mim e já vão em direção a sala.


Tae:Foi muita coincidência termos chego ao mesmo tempo.


Jk:É verdade, mas não posso reclamar.-Jungkook olha para a bunda de Taehyung e eu lhe dou um tapa na cabeça.- Ai!


- Para se secar o garoto! - Digo apenas para que ele ouça, e ele apenas me dá língua.


Jm:Ei,o que vocês estão fazendo aqui? -Jimin pergunta e corre para abraçar os amigos.


Jn/Tae:Estávamos com saudades de você,Jimin-ssi.- Os dois dizem em uníssono e abraçam Park ao mesmo tempo.


Jk:E nós estávamos com saudades de você, Hoseok.-Jungkook sussurra ao meu lado e me abraça, junto a Namjoon.


Woo:Acho que sobrei aqui, mas não tem problema. -Wooyoung fala e se abraça, fazendo os meninos rirem.


Jm:Gente, esse aqui é o Wooyoung. Ele é filho da minha governanta e agora mora aqui comigo.-O menino de olhos azuis puxa Jung para seu lado. -Wooyoung,esses são Jin,Taehyung e...


- Ah, sim, eu esqueci que vocês não os conhecem.-Meu Deus, que tonto! - Esses são Jungkook e Namjoon, meus irmãos.


Tae:Vocês são irmãos?! -Taehyung pergunta chocado.


Jn:Amém genética! -Jin brinca e olha para o Nam.


Jk:Na verdade não somos irmãos de sangue, mas crescemos juntos.


Nam:E como meus pais os adotaram, somos irmãos! -Namjoon completa as falas do Jk, e os dois me abraçam novamente.


Tm;Eu também sou adotado.-Taemin aparece de repente com sua boca cheia de biscoitos.


Tae:Espera... Vocês dois não são os alfas bonitões do outro dia?


Jk:E vocês não são os ômegas gostosinhos do outro dia?


Ok, o que está acontecendo aqui?


Jm:Vamos mudar de assunto, né, meninos? Que tal fazermos algo?-Jimin leva a conversa pra outro rumo, parece já saber onde aquilo iria parar.


-Que tal um filme? - Sugiro e todos concordam animados.


A tarde se passa com os garotos conversando, fazendo piadas, brincando e muitas vezes até mesmo flertando. Minho chegou por volta das quatro e meia da tarde e se juntou a nós, mas não pôde ficar muito pois ele e Taemin saíram sair para jantar. Jungkook e Taehyung não paravam de trocar flertes, mas de uma forma bem diferente de Jin e Namjoon, que dão em cima um do outro descaradamente. Chega até a ser engraçado.


Jk:Você vestia os vestidos da sua omna quando era menor?-Jeon parece ter ficado surpreso com a afirmação do ômega de cabelos lilás.


Woo:Sim.-Ele ri.-Eu adorava correr pela casa com eles.


Nam:Sério?Eu acho que eu iria ficar bem em vestidos.-Namjoon fala passando as mãos pela sua cintura.


Woo:Eu não acho.-O ômega debocha e começa a ri novamente.


Jn:Vocês dois mais parecem ômegas do que alfas,sabiam?-Jin provoca, e eu caio na gargalhada.


-É verdade!-Eles me olham de uma forma mortal,mas não ligo.-O que foi?Vocês dois sabem que o ômega está falando a verdade.


Nam:Eu não ligo em parecer um ômega, vocês são muito legais.-O Kim fala e ninguém entende nada.


Jk:Liga não, gente. Meu irmão é retardado.-Jeon lança uma almofada no outro alfa,que a agarra e joga de volta.


-E é isso que eu tenho que aguentar...-Agora eles jogam almofadas em mim, vê se pode.


Jm:Gente, vocês três são a coisa mais linda desse mundo.-Jimin diz apertando as próprias bochechas.


-Você que é a coisa mais linda desse universo todo!-Digo e o puxo para o meu colo.


Jn:EITA CASALZÃO DA PORRA,EU SHIPPO DE MAIS,MELHOR CASAL DO UNIVERSO!-O ômega mais alto grita e assusta todo mundo.-Ai gente, vocês são uns chatos.


Tae:Eu não sou chato, a questão é que você me assustou, vagaba!


Jm:Gente...-Park começa a se encolher.


Woo:Ei,Ji... Você tá bem? -Wooyoung pergunta preocupado.


Jungkook e Namjoon me olham atordoados, seus olhos já estão completamente negros, e logo descubro... Ou melhor... Sinto o motivo. A lubrificação natural de Jimin começa a escorrer em grande quantidade e seu cheiro se espalha rapidamente por todo o lugar, e eu, instintivamente, o envolvo em meus braços. Meus irmãos não tem tanto autocontrole quanto eu e como são os únicos alfas que me enfrentam isso pode não acabar muito bem. Jimin tem um cheiro bem peculiar, sendo assim é fácil qualquer alfa perder o controle.


-Saiam daqui. AGORA! - Grito, e eles "acordam". Os ômegas entendem a situação e se encolhem com medo..


E eu não os julgo.


Três alfas fortes brigando não é uma coisa muito bacana de se ver, principalmente pros ômegas que são muito mais sensiveis que nós!


Nam:Vem,Jungkook! -Namjoon levanta e arrasta meu irmão mais novo para fora da casa.


-Vocês podem ficar, se quiserem, é claro. - Digo para os dois amigos de Jimin.


Jn:Não, tudo bem... Nós voltamos depois.-Jin sorri, ainda assustado, mas sorri.


Sem esperar mais qualquer manifestação dos dois subo as escadas rapidamente e logo já estou no quarto de Jimin pronto para atender às necessidades do meu pequeno ômega de olhos azuis.


* Dia 07: Último dia *


Acordo com o pequeno corpo de Jimin literalmente em cima de mim, e mais uma vez me pego pensando em como tudo em nós parece se encaixar perfeitamente. É como se ele houvesse nascido para ser meu. Feito sob medida para Jung Hoseok. Esse ômega desperta sentimentos em mim que passei anos e anos aprendendo a guardar, prender, mas foi só ele chegar que tudo simplesmente veio a tona. As vezes (ou quase sempre.) que estou com Jimin eu me sinto um cara normal de vinte e dois anos com uma vida normal, um emprego normal, e assim vai.. Mas quando estou longe dele é inevitável lembrar que essa não é minha vida. Esse não sou eu! E os riscos que ele corre estando comigo são imensuráveis, mas sei que enquanto houver esse "anônimo" atrás dele o lugar mais seguro é ao meu lado.


Mas será que quando souber a verdade ele vai querer ficar?


Ouço meu celular vibrar em cima da mesa de cabeceira e me estico para pegar. Percebo que não passam sequer das cinco e meia da manhã, mas não ligo. Desbloqueio a tela e vejo que tenho um novo email, automaticamente já penso de quem possa ser, e acerto. "O anônimo".


"Aproveite enquanto o ômega ainda está vivo, Jung. E cuidado para ele não descobrir a verdade sobre você.." é tudo o que diz.


Maldito!


Eu juro que vou encontrar esse filho da puta!


Pelo o que deu para entender dessa mensagem é que ele irá tentar me expôr a Jimin para que ele provavelmente descubra tudo de uma forma ruim, mas mal ele sabe que eu sou muito mais esperto, perspicaz e prepadado do que aparento ser!


Veremos quem vai levar a melhor!


QUEBRA DE TEMPO


Jay:E aí,filho? Como se sente? -Jay pergunta assim que nos sentamos à mesa para almoçar. Hoje é o último dia do cio de Jimin, isso significa também que é meu último dia na casa dos Park-Lee, então ele resolveu ficar em casa e fazer um almoço(que por sinal descobri ser um ótimo cozinheiro.) para todos nós,com a ajuda da omma de Wooyoung, que se chamar Lim. Jay, mesmo não sendo muito presente mostrou se importar demais com ambos os filhos, e isso é algo que admiro bastante nele pois por mais ocupado que seja não deixa de exercer seu papel de appa e amar e cuidar de Taemin e Jimin. E como bom alfa que é ele faz tudo isso facilmente.


Jm:Eu me sinto muito bem, mas cansado.


Tm:Claro, depois da semana que teve é impossível não se sentir cansado.-Taemin solta e Minho e Wooyoung caem na gargalhada. Admito que também rio.


Jm:Engraçadão,hein.-Park Ihe dá dedo.


Jay:Olha os modos,rapaz.-O alfa diz firme, porém também ri.-Lim, venha se juntar a nós, mulher!

Lm:Ok, já estou chegando! -A mais velha, ômega, chega a mesa com uma travessa de arroz, só o que faltava para o almoço ficar completo.


Woo:Sente do meu lado, sua linda.-Wooyoung dá tapinhas na cadeira ao seu lado.


Logo começamos a comer, mas sem deixar de conversar. Eles são pessoas super animadas,Minho,Taemin e Wooyoung são os palhaços da turma, e todos, sem excessão, fazem eu me sentir super bem e acolhido... Quase parte da família. Lee me chama o tempo todo de cunhado para provocar Jimin, mas nem ele e muito menos eu ligamos pra isso. Na verdade até gosto. Poder me sentir parte disso tudo é algo tão bom, e por mais que isso não mude meu passado e muito menos apague os problemas do presente eu tenho um momento de distração onde esqueço todas essas coisas e tudo o que penso é em como me sinto um adolescente apaixonado almoçando na casa do namorado junto com a família dele.


Depois do almoço todos nós ajudamos na limpeza e logo estamos liberados. Os meninos vão para a sala jogar videogames,Lim e Jay ficam na área da piscina conversando enquanto eu e Jimin vamos para o quarto. Não são nem quatro da tarde porém decido ir embora, afinal, no dia seguinte tenho "trabalho" e estou muito, muito cansado!


Sério,Jimin pode ser pequeno, tímido e etc, mas também pode ser insaciável durante o cio... Não que eu esteja reclamando, mas mesmo assim acabou com minhas forças.


Jm:Tem certeza de que você tem mesmo que ir embora?-Ele me pergunta e faz um biquinho.


-Sim, amor. Já passei uma semana longe das coisas, tenho que correr atrás. - Respondo e o puxo pela cintura, colando seu corpo ao meu - Além disso Jungkook está sozinho em casa e já suspeito de que quando eu chegar encontrarei as coisas meio, ou talvez muito bagunçadas.


Jm:Hm... Ok...


O ômega espalma suas mãos em meu peito e fica na ponta dos pés para que possa me alcançar e me beijar. Ele começa com um selinho carinhoso, mas como nada conosco é calmo logo nossas línguas estão brigando enquanto mãos passam por todo corpo e a respiração falha.


Meu Deus, será que assim que é se sentir completamente apaixonado?


Notas Finais


Eu achei particularmente que esse capítulo ficou pequeno comparado aos outros e vou trabalhar um pouco nisso...

-Wooyoung de hair purple,adoroo...💜💜
-RM fica na minha opinião uma gracinha de vestido,vocês concordam?🤤❤ (Eu pegava😌)
-Primeiro encontro dos casais Namjin e Vkook ❤⚔
- J-Hope que lute para satisfazer o Jimin🔥

{O QUE SERÁ QUE AINDA VEM POR AÍ?🤔}

🧚🏻‍♀️Bjs,e até a próxima...💋💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...