História Amor infalível... - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7, Super Junior
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Park Jungsu, Rap Monster, Suga, T.O.P, Taeyang, V
Tags Amor Infalível, Jikook, Traição
Visualizações 174
Palavras 866
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeee, espero que gostem desse ep, eu vou tentar deixar ele um pouco longo então não liguem se não for tão longo como eu espero, bjs tchauuuuuuu ;-)

Capítulo 14 - Busan Final...


Fanfic / Fanfiction Amor infalível... - Capítulo 14 - Busan Final...

Jimin P.O.V

Já estava pronto e o Kook também, fomos até o Táxi que tínhamos chamado e entramos no carro, falamos o destino e o motorista ligou o carro e fomos. No meio do caminho sentia algo estranjo, um frio na barriga e um pressentimento ruim. Algo me dizia que vai acontecer uma treta legal na casa dos meus pais.

Logo paramos em frente a uma casa um tanto grande e branca, pagamos o motorista e saimos do carro, fomos até a porta e bati na porta que logo foi aberta pela minha mãe, ela continua a mesma coisa.

-Jimin, oi filho que saudades.- A mesma me abraçou forte, faz muito tempo que não a vejo.

-Ola Omma, senti muita saudades também.- Lhe apertei um pouco mais só que depois nos separamos e vi meu irmão vindo até a gente.

-Oi Hyung, saudades cara.- O mesmo me comprimentou.

-Ola JiHyun, esse é o amigo meu Jeon Jungkook.- Falei

-Conhecemos.- Omma falou rindo, por um momento esqueci que somos K-Idol.- Ola Jungkook seja bem vindo.

-Obrigada senhora Park.

-Bom vamos entrando.

-Omma, um dos meus motivos pra ter vindo aqui for pra ver como vc esta sim, porém quero saber onde tá o outro.

-Que outro?

-O vagabundo que infelizmente é meu Appa.

-Jimin não fala assim dele.- Quando fui falar uma voz grossa de fundo me interrompeu.

-Exatamente Jimin, deveria respeitar seu Appa com educação, não foi isso que lhe ensinamos.- Meu Appa se aproximava

-Vc quer dizer o que minha Omma me ensinou né? Pq vc nunca ensinou nada pra gente e se ensinou foi perder dinheiro com jogos de azar.

-Escuta aqui seu mulek, eu só não te bato aquie agora pq preciso da tua grana.

-Vc acha que eu vou dar ela pra vc?

-E pq não daria eu sou seu pai

-Foda-se se vc é ou não, se eu soubesse o pai que vc seria eu teria deixado os outros passarem na minha frente pra poder chegar no ovário, mais claro, a única parte boa de ter nascido foi a mãe que eu tenho, e é por isso que eu vim pegar ela e o JiHyun.

-Opa então tô indo arrumar minhas coisas.- JiHyun disse já indo em direção a escada que dava acesso aos quartos.

-Parado aí JiHyun!!!- Appa falou alto por cima dos ombros.- Ninguém aqui vai ao lugar nenhum.- Voltou seu olhar a mim.- Se vc acha que vai levar a sua mãe e seu irmão daqui está muito enga...- Interrompi o mesmo

-Pq eu estaria enganado? Sinceramente não sei o que minha Omma viu em um traste como vc, ela só está com vc por conta da casa, mas se eu fosse ela já teria ido embora a muito tempo, vc trás suas vadias na frente dela, se fosse eu já teria matado todas elas e vc junto.- Cuspi as palavras 

-Jimin Hyung, Omma não está com ele por conta da casa.- JiHyun falou ainda da escada

-Por conta de que então JiHyun?- Percebi que JiHyun olhava assustado pro desgraçado a minha frente.- Fale JiHyun, eu estou aqui esse babaca não vai fazer nada, acabou o inferno nessa casa.- JiHyun suspirou e disse

-Appa bate em mim e na Omma, olhe as marcas nos braços e nas pernas dela, foi por conta dele, ele marcou as minhas costas inteira com o cinto.- Percebi que Omma usava camisa de manga comprida e calça de moletom, provavelmente pra não mostrar as marcas.- Ele me fez ajoelhar no milho durante 3 horas é meu joelho tá todo fudido, e o pior é que eu nem posso ir no médico.- Naquela hora meu sangue ferveu

-PQ VC TINHA QUE ABRIR ESSA BOCA JIHYUN?- O desgraçado do meu lado gritou, e eu como já estava fora de mim, o peguei pelo colarinho e lhe dei um soco e o joguei no chão, subi em cima dele e dei mais socos.

-SEU FILHO DE UMA PUTA, VC MERECE MORRER.- Gritei, nossa man parecia um demônio e o cara já tinha desmaiado, provavelmente bebeu demais pq eu sentia o cheiro de bebida e o é bem forte quando esta lúcido.

-Jimin!!!- Senti braços em minha cintura e logo fui retirado de cima do meu pai, Kook me segurava.- Se acalma.

-COMO VOU ME ACALMAR, ESSE FILHO DE UMA ÉGUA MACHUCOU MINHA MÃE E MEU IRMÃO.

-Sim mais fica calmo. JiHyun vai arrumar suas coisas.- O mesmo assentiu e foi pegar.- Senhora Park, faça o mesmo pfv.- Ela também concordou e subiu.

-Pode me soltar Jungkook, já estou mais calmo.- o mesmo me soltou.- Liga pra polícia.

-Pq?

-Vamos mandar prender esse cara.- O mesmo assentiu e ligou.

Tempo depois...

JiHyun e Omma já estavam prontos e a polícia chegou, pegou ele e levou pro carro, mas antes e irem o policial veio até mim.

-Qual é o nome dele?

-Park JungSoo.

-E o seu nome?

-Park Jimin.

-Escuta, vcs não são membros daquele grupo...

-BTS? Sim somos.- Jungkook respondeu.- Qual é o seu nome?

-Choi Seung Hyun, bom temos que ir, foi um prazer.

-Prazer todo nosso.- Olhei pra minha Omma e o JiHyun.- Bom, vamos para o hotel, amanhã vamos ter um show e depois do Show eu vou procurar uma casa pra vcs morarem, infelizmente não tem como levar vcs para Seul comigo.

-Tudo bem filho, obrigada.- Omma sorriu

-Eu sou filho é o mínimo que eu posso fazer, vamos voltar para o hotel.- Fomos pro hotel

Continua...






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...