História Amor infantil- TaeKook. - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Romance, Taekook, Yaio
Visualizações 53
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi, desculpem a demora! fim de ano, última semana de provas, um inferno na minha casa e por isso demorei, quero pedir desculpas!

Eu tentei fazer o máximo possível para ficar bom, mas acho que não ficou, afim.

Boa leitura💕

Capítulo 4 - Mudanças.


O relógio apontava 03AM. TaeHyung balançava seus pés enquanto estava sentando no sofá cinza da grande sala, estava passavam vários desenhos, o que deixou Tae distraído, até escutar passos vindos até ele, do lado direito, vindo de um pequeno corredor com duas portas de cada lado.

-Hey, garoto. São 03AM, você deveria está dormindo e...WOW, VOCÊ SUJOU TUDO COM MOLHO DE PIZZA.- Jeongguk falou, indo em direção ao castanho, se aborrecendo com as manchas de molho de tomate pelo sofá e por alguns cantos do chão.

-Desculpe, o Tae não queria fazer isso, mas não tinha ninguém para dar banho nele.- TaeHyung falou, um tom baixo e amedrotado que partiria o coração de qualquer pessoa em sã consciência, menos da pessoa que mais deveria afetar no momento, Jeongguk.

-Merda! Terei de dar um jeito nisso tudo e em você! Olhe só, todo sujo!- O menor entre os dois pegou a figura que até então estava sentanda no sofá pelo pulso e seguiu até o banheiro.-Tome banho!- Falou e, quando ia se direcionando até a saída do banheiro escutou:

-Tae nunca tomou banho sozinho...

Jeongguk ficou ali, de costas para o garoto, intacto. Sua cabeça ficou muito mais confusa do que já estava, aquele turbilhão de pensamentos que fazia sua cabeça doer. Ele teria que dar banho em TaeHyung?

Naquele momento, o castanho sentia que estava atrapalhando Jeongguk, como se ter entrado na vida do garoto estivesse estragando tudo que o mesmo havia constituído e TaeHyung não queria atrapalhar Jeongguk.

-Garoto, não posso te dar banho, bom...eu...

-Tudo bem, Kookie-ssi. O Tae consegue sozinho.-TaeHyung falou, receoso.

O moreno não pensou duas vezes antes de deixar o castanho sozinho no banheiro, o sofá sujo agora tinha o corpo dele. Ele estava constrangido, o mesmo pensava que teria de dar banho em TaeHyung. 

-Droga, ele vai bagunçar tudo que eu lutei para conseguir.

Claro que se você estivesse na mesma situação também se sentiria confuso, pense comigo: ao longo dos anos você conseguiu construir tudo que tanto sonhou sozinho, tem um belo apartamento, uma vida social excelente, dinheiro e tudo que se pessoa imaginar. E então, sem aviso prévio, um garoto com infantilismo que acabara de perder os pais vai morar com você, sem rumo, sem dinheiro, apenas com amor e carinho a oferecer, mas, logicamente, não era isso que lhe interessava.

Enquanto a água molhava o corpo nu de TaeHyung ele pensava nas coisas que estavam ocorrendo, na forma que sua vida mudou sem ele ao mesmo está pronto ou algo do tipo.

[...]

Assim que o castanho terminou seu banho que durou cerca de 20 minutos porque o mesmo brincava com a espuma que havia encontrado, pegou um roupão e o vestiu. Ele ficou olhando ao seu redor por alguns instantes, ainda tentado entender como sua vida havia mudado tanto.

Ele fez um pequeno esforço para sair do banheiro, já eram 04AM e como podem ver o garoto não dormiu um minuto sequer. Ele estava exausto, seu corpo fraco, os olhos quase fechados.

Enquanto isso, do outro lado do cômodo, Jeongguk estava segurando um pijama que, logicamente, era de TaeHyung. O moreno estendeu a mão, mostrando para TaeHyung que ele deveria pegar a roupa, então o moreno foi até lá. 

Não demorou muito para que TaeHyung estivesse em um pequeno colchão ao lado da enorme cama de Jeongguk que já se encontrava em estado de sono profundo.

O castanho estava pensando, aquele monte de pensamentos que ele não conseguia arrumar e então, assim que o relógio apontou 06AM, TaeHyung finalmente dormiu.

Claro que não foi fácil, local novo, pessoas novas, tudo novo. TaeHyung iria se acostumar, bom, esse era o plano.


Notas Finais


Desculpem caso qualquer erro.

Podem me mandar mensagem no direct do meu instagram (@tenshituan)

Desculpem mais uma vez, eu sei que a fanfic tem um ar muito melancólico, mas essa é a principal idéia, mas lá 'pra frente quando eu estiver com pelo menos metade dessa pronta eu farei outra fanfic.

Obrigado por lerem!💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...