História Amor instantâneo... - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Aventura, Romance
Visualizações 11
Palavras 322
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - De volta ao normal...


Prov's de Kayla...

Acordo, já era segunda, vou até o banheiro e faço minhas higienes, não tomo banho pois tinha tomado noite passada.

Saio do banheiro já pronta e Mike já estava acordado, sentado na cama com as mãos no rosto.

- Te acordei?- pergunto.

- Não! - ele fala- eu só tô meio triste porque hoje é segunda, só isso!- ele fala me fitando.

- Quer usar o banheiro?- pergunto.

- Sim!- ele acente com a cabeça e tranca o banheiro.

Saio do quarto com a bolsa em minhas costas e vou ao refeitório, onde meus amigos já me esperavam.

- Bom dia!- fali a todos.

- Bom dia!- todos me respondem, mas Johnny não estava sentado à mesa.

- Onde o Johnny foi?- pergunto.

- Esta treinando basquete! Parece que o diretor quer que ele seja o capitão no próximo jogo!- fala Laura mexendo na comida.

- Ata!

Prov's de Mike...

Ao sair do banheiro Kayla não estava mais lá! Desço com minha mochila e vou para a quadra. Tinha que treinar. 

Chegando lá, Johnny arremessava bolas na sexta. Sabia que era a hora de me desculpar!

- Oi!- falo.

- Oi!- ele responde.

- Eu queria me desculpar...- falamos ao mesmo tempo.

- Pode falar!- fala Johnny.

- Olha, cara me perdoa por ser um babava naquele dia, eu fui um mané!- falo.

- É, eu também fui! E a gente é muito amigo, não deveríamos brigar!

- Tem razão!- falo.

- Vamos fazer um pacto, ok? Não vamos namorar a Kayla em impotesse nenhuma, nem eu e nem você,  pode ser?

E agora? Eu amo a Kayla, mas o Johnny é meu melhor amigo, e agora? 

Minta!

Essa palavra soou por minha cabeça, e era isso que iria fazer, iria ficar com ela em segredo!

- Tá bom, se for pro bem de nós dois, tá tudo certo!- falo.

- Beleza, vamos jogar?

- Claro!

Durante o jogo pensei se minha mentira duraria muito tempo, ou como minha mãe dizia: "mentira tem perna curta", será que essa mentira teria perna curta? 

Eu espero muito que não! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...