1. Spirit Fanfics >
  2. Amor mafioso >
  3. Cap. 3

História Amor mafioso - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii :)
Boa leitura 🖤

Capítulo 4 - Cap. 3


Pov. Alice 

Chegamos na universidade, Nicolas desce do carro e abre a porta pra mim.

- Obrigada Nicolas - falo descendo do carro.

- Disponha senhorita Akimura - diz curvando a cabeça minimamente.

- Alice por favor! Eu não sou meu pai - digo com um sorriso de lado.

- Me perdoe senhorita Alice, eu esqueci completamente - ele fala preocupado com seu erro.

- Tudo bem, mas que isso não se repita. 

- Claro.

Derrapente três homens de terno aparecem na minha frente e Jason atrás de mim. 

- Senhorita? - diz um deles.

- Quem são vocês? - pergunto com cara de brava.

- Seus seguranças, nós junto com o Jason somos seus seguranças particulares - fala simplista como se nada estivesse acontecendo - ordens do senhor Akimura.

Me viro olhando pro Jason, totalmente confusa, mais que porra viu!! 

Pego meu celular ligando pro telefone da minha casa.

Chamada on: 

- Alô - diz Nora do outro lado da linha.

- Nora passa pro meu pai agora - digo super irritada.

- Oque está acontecendo Alice? Não era pra você estar na universidade? - ela pergunta não entendendo nada.

- Eu estou na universidade, só passa pro meu pai Nora, te conto tudo mais tarde - falo desesperada.

- Tá bom menina.

Espero na linha depois de uns minutos escuto meu pai.

- Oi Alice - ele fala com uma voz grossa.

- " Oi Alice" nada, que merda você tem na cabeça de contratar seguranças pra mim? - pergunto e escuto ele suspirar.

- Só não quero que você arrume encrenca menina, se você arrumar briga com alguém eu estou ferrado, isso é pra te proteger - ele fala quase gritando na minha orelha - algum inimigo pode saber que você está nessa universidade e ir atrás de você, ou até mesmo a polícia.

- Eu não sou mais uma criança, sei cuidar de mim sozinha tá bom, ninguém vai vir atrás de mim eles não teriam coragem de tal ato - falo brava.

- Não importa, apenas me obedeça, deixe que eles fiquem com você.

- O máximo que eu deixarei, será que eles fiquem do lado de fora.

- Meu Deus viu, eu tô mandando eles ficarem do seu lado, para de ser teimosa garota - diz com raiva.

- Não mesmo, eles não ficaram comigo e eu não quero saber - falo e logo em seguida desligo.

Chamada off 

- Vocês me ouviram, vão ficar aqui fora - falo pesando por eles pronta pra entrar.

- Tudo bem senhorita - eles dizem já se posicionando na entrada.

- E mais uma coisa, se aparecer alguém suspeito atrás de mim, não deixem que eles passem por esse portão, ou eu mato - digo com uma cara bem assutadora, é pra da medo mesmo.

- Claro.

Passo pelo portão e entro na universidade, e mano é como eu imaginava, uma merda haha.

Pov. Lucas

Chego no quarteirão da universidade e peço para Alfred parar um pouco longe do portão, meu carro é bem chique e chama bastante atenção, apesar que eu goste disso sempre prefiro parar longe.

Desço e vejo que a atenção não está em mim e sim em direção ao portão, paço pelas pessoas e vou ver oque está acontecendo e vejo dois homens de terno com rádios e ouvidores, parecem seguranças de balada.

- Quem são eles? - pergunta JP chegando do meu lado.

- Não sei - respondo a ele.

- Tem mais dois deles na outra entrada dos fundos - diz Theo se aproximando.

- Será que é algo da universidade ou tem algo suspeito por aí? - pergunta JP olhando pra mim.

- Ah deixa isso pra lá, vamos entrar vai - digo caminhando até a entrada.

- Ok né - diz Theo me seguindo.

- Me espera aí - diz JP correndo em nossa direção.

Entramos na universidade e vejo que está todo mundo agitado, oque está acontecendo mano? Seguranças na porta, uma muvuca aqui dentro, eu em.

- Aaaa eu sei oque tá acontecendo - diz theo.

- Oque? - pergunto sem entender nada.

- Hoje chega uns alunos novos e tem as apresentações, por isso tá todo mundo agitado - ele fala como se fosse óbvio.

- Tá mais e os seguranças? - pergunta JP

- Verdade - falo logo em seguida.

- Ah isso eu já não sei - diz Theo erguendo os ombros.

- Ok, mas nós vamos na apresentação? - pergunta novamente JP, ele não cansa não?

- Se vocês quiserem podem ir, eu não vou - digo indo em direção a uma árvore e sentando de baixo dela no Jardim. 

- Ah então também não vou - diz theo enquanto sentava do meu lado.

- Ok eu fico também - diz JP se sentando.

Alguns minutos depois.

- Tive uma ideia - diz JP animado se levantando.

- Que ideia JP? - pergunta Theo.

- Eu desafio o Lucas a conquistar aquela menina ali - ele aponta pra alguém, olho em direção e ele está apontando pra uma menina bem bonita na verdade, só que bem estranha, quem se veste de preto nesse calor? 


Continua??






Notas Finais


Espero que goste :)
E chegou o tal desafio kkkkkk
Vamos ver oq a Alice irá fazer a respeito do Lucas
Até a próxima 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...