1. Spirit Fanfics >
  2. Amor não planejado >
  3. Acusada ou inocente?

História Amor não planejado - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


É a primeira fic que eu posto então e eu não tiro notas muito boas em português então me perdoem qualquer erro e eu espero muito que vocês gostem

Capítulo 1 - Acusada ou inocente?


Fanfic / Fanfiction Amor não planejado - Capítulo 1 - Acusada ou inocente?


Nada pode estragar meu dia foi o que eu pensei quando finalmente chego em frente ao local onde vou trabalhar foi difícil no começo eu disse que queria entrar, mas, não é simplesmente vc dizer "oi quero entrar pra essa gangue" e entrar, eu fiquei dois longos anos lhes dando informações, enganando alguns caras e de vez em quando um olho roxo ou um pulso quebrado mas vai valer a pena, tem que valer!

Eu e mas algumas acho que dez pessoas finalmente entramos o lugar é tão chique que nem parece que trafica drogas pro exterior, uma voz me chama a atenção me tirando de meus pensamentos

— Como vcs sabem estão aqui para provar sua lealdade então não poderão sair daqui por um ano inteiro quem tentar sair já sabem, esses a suas frente serão seus chefes eles escolherão com quem de vcs querem trabalhar 

Era uma péssima hora pra ficar com medo? Por que eu estava apavorada como não ficar com uma mulher duas vezes o meu tamanho me olhando como uma psicopata? Ela percebe que estou com medo e sorri em seguida aponta pra mim e pra outra pessoa que eu não vi quem era

— quero essas duas molengas, vcs duas aí me sigam

Ela vira as costas rápido ela é bem baixinha mas anda como o flash eu e outra garota tivermos que quase correr para alcançala entramos em uma sala onde pelo que parece é seu escritório depois de ouvir tudo o que tinhamos que fazer fiquei animada cada novato tem uma tarefa diferente aqui na empresa e eu e minha companheira seremos seguranças minha primeira e pequena tarefa pegamos o elevador e descemos já que era um prédio subiterranio 

Ficamos em frente a uma porta onde tinha escrito Sr Jeon 

— não me decepcionem tem câmeras os observando se fizerem algo de errado eu serei a primeira a saber o Sr Jeon irá chegar em cinco minutos 

Ela sai deixando eu  minha companheira e mas umas três pessoas ficamos esperando por um longo tempo ele não ia chegar em cinco minutos? Seu chefe vai lhe dá uma bronca pos já fazem quarenta minutos que estamos aqui resolvo subir pra falar com aquela mulher, chegar atrasado tudo bem mas quarenta minutos era muito tempo algo estava errado, bato a porta escuto um "entra" e logo entro 

— sabe que não pode sair de seu posto sem permissão não é? Vc pode se dar muito mal vc ouviu alguma regra que eu falei? Olha leva essa papelada pra ele já que veio aqui mas dá próxima vez averão consequências

— sim, eu sei mas vc disse que podíamos sair se fosse algo importante é algo importante ele está estamos esperando o Sr Jeon a quase uma hora e vc disse que ele ia chegar em cinco minutos

— ele sempre se atrasa nas segundas sempre agora saia daqui antes que algum supervisor te veja 

Pelo visto a minha preocupação foi em vão, no caminho pra ir pro elevador vejo um cara conversando no celular na na frente da porta ele me vê indo em sua direção

— saia daqui

Eu paro sem reação como assim pra eu sair eu tenho trabalho

— eu disse pra vc sair 

— eu preciso ir pegar o elevador então sai vc daí vc, tá atrapalhando a minha passagem 

O olhar dele ficou mas sério  que antes, e ele olhava pra mim e eu tinha quase certeza que ele podia me matar com o olhar dele depois que falou alguma coisa no celular e olhou pra mim rindo mas um riso debochado ele passou pela porta ainda olhando pra mim e rindo que diabo foi isso?

— o que ainda está fazendo aqui quer mesmo se ferrar aqui né garota entrega logo essa papelada 

— não estavam me deixando passar

— e vc é o que uma submissa que obedece todo mundo? Se n for aguentar as coisas aqui nem devia estar aqui

Eu senti tanta raiva naquele momento que cara idiota olha o que ele tá me fazendo passar! Apenas vou até o elevador e desço no meu andar chego em frente a porta do Sr Jeon e bato mas ninguém responde espero um pouco e bato outra vez pelo visto não deve ter ninguém então entro 

A sala dele é enorme e muito bonita parece ser de um jovem e se não for vai ser o velho com o mas bom gosto que eu já vi deixo a papelada em cima da mesa e quando me viro pra ir embora vejo ele o cara que vi mas cedo ele é o Sr Jeon e eu o tratei mal mas não pensei em nada disso só consegui vê-lo no chão desmaiado 

— ai meu Deus 

Me sento e coloco sua cabeça no meu colo para sentir seus batimentos ouço a porta abrir e a voz da mulher que me escolheu a voz da minha chefe atrás de mim

— O QUE VOCE FEZ?

O que? Ela pensa que fui eu?

— tirem ela daqui e a levem para o Jackson diga e ele que pode mata-la do jeito que quiser só façam rápido 

Uns seguranças que não eram os novatos me pegam 

— não foi eu

Eu tentei fazelos entender que não fui eu eu até gritei uma vez e eles taparam minha boca fui levada a uma sala ele amarram meus pés e minhas mãos me prendendo numa cadeira só depois eu entendi onde eu estava eu estava numa sala de tortura



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...