História Amor no Hospício (JIKOOK) - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Ação, Aventura, Comedia, Drama (tragédia), Família, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Cientifica, Horror, Lemon, Lgbt, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Novela, Romance, Saga, Suspense, Terror, Violencia, Yaoi Gay, Yuri Lésbica
Visualizações 262
Palavras 424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - Difícil, muito difícil


Estava sentado no sofá, olhando pro chão, pensando em o que eu poderia fazer no meio dessa bagunça, quando o Jungkook foi levado me bateu um grande desespero, mais foi melhor o levarem, eu preciso pensar no que fazer, Como tirar o Jungkook  daquele lugar eu tô muito preocupada as coisas nunca dão certo e eu não posso simplesmente denunciar eles, isso não ia dar certo aquele cara tem muita influência não ia ser preso e o Jungkook também não isso é solto eu preciso saber quem é a família do Jungkook, eu tenho que descobrir.






Já estava pronto para começar minhas pesquisas, peguei as fichas de informações do Jungkook, e para minha má sorte os pais não se endentificaram, com toda certeza, o meu querido chefe deve ter essas informações, preciso ter a confiança dele de novo, para poder descobrir quem foram os imbecis que colocaram o Jungkook lá. 




1 MÊS 

Nesse mês o Jungkook não se comunicou comigo de nenhuma forma, não conversávamos mais, e ele nem olhava na minha cara, mais também consegui conquistar a confiança do meu chefe, ele e agora vivemos grudados um no outro, e a única frase que eu tive que dizer a ele foi.


" Realmente um gay não pode ser livre enquanto não é tratado, isso é repugnante "


Tão fácil não é mesmo??


- Jungkook você precisa comer. - Jungkook ainda não tinha nem chegado perto da comida só deitado na cama olhando para o teto.

- Jungkook por favor. - Falei e ele me olhou sério e depois voltou a olhar para o teto.

- Jungkook eu não tenho o dia todo por favor. - Falei e ele sorriu.

- Não estou obrigando você a ficar aqui, por mim você vai e não volta, só me deixa em paz e não me irrita.- O olhei com raiva e peguei a bandeja e joguei no chão.

- Jungkook eu tô cansado das suas ironias idiotas e da sua arrogância, eu não aguento mais. - Falei com meus olhos cheios de lágrimas. - EU TÔ AQUI POR VOCÊ SEU IDIOTA!!! - Gritei com raiva e abrindo a porta e a fechando.

- Eu não aguento mais, isso é muito difícil. - Falei com a cabeça baixa e ouvi passos e levantei a cabeça.

- Meu filho, quem disse que seria fácil??

- Faz tempo que eu não te vejo. - Falei e por estar sensível a minha reação foi abraçar,  só abraçar e chorar.



JUNGKOOk 

desculpa Jimin mais eu não posso deixar você sofrer nesse inferno comigo.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...