História Amor no passado - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Godric Gryffindor, Hermione Granger
Visualizações 21
Palavras 1.300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 9 - Cap. IX


POV Serena

- Relaxa Godric, Malfoy é de confiança...- disse ao me aproximar da pequena mesa onde os dois homes tomavam café.

- Já falei para me chamar de Art, amor. – o home não cansa de flertar.

- Não é próprio Malfoy, você é um homem casado, mas continuando, Godric vá se prepara enquanto eu explico para o Lorde Malfoy as circunstancias que envolvem a nossa chegada aqui.

Sentei-me no lugar que Godric desocupou e comecei a explicar para ele, triste que os feitiços de confidencialidade do meu departamento pudessem estar ativos independente da época em que eu estou...tentei simplificar o máximo para não fazer nenhuma mudança significativa na historia. Malfoy estava de boca aberta ao final do meu conto.

- Uau!

- Isso mesmo uau – eu disse e aproveitei para me servir de algumas frutas, que Godric não comeu...esse homem come tanto quanto um Weasley, só que com mais modos a mesa.

- Então a sua alma gêmea é o Salazar?

- Sim, mas não quero falar sobre isso – ele me deu um olhar de pena, mas mudou de assunto.

- E a minha família?

- Sua família fez uma serie de escolhas ruins – ele amuou – mas seu muitas vezes neto, que tem a minha idade, é um homem incrível que está levando o nome Malfoy a outro nível, levando a sua família a um reconhecimento mundial...não explicarei as ações ruins da sua família por que sem elas meu amigo não seria o homem incrivel que ele é ou será, por isso não se preocupe.

- Vocês voltarão para a época de vocês?

- Sim e Godric virá também, nós, Mione e eu não podemos ficar sem o tempo nos eliminar, mas ele pode ir – ele mudou de assunto e passamos a conversar sobre o casamento e outras amenidades, quando ele entrou...passadas largas, vestes ondulantes e a cara fechada em uma carranca...ele se aproximou de mim e endureci...a meses desisti de ser pelo menos agradável com ele e decidi que uma fria educação era o melhor.

- Obrigada por vim aqui senhor Sonserina – me desculpei com Malfoy e fui até o sofá de canto onde tinha posto as vestes de Sonserina, acenei com a minha varinha e levitei as vestes verde e prata que tinha preparado para ele - aqui, por favor, vá se trocar no banheiro de Godric para que eu possa ver se é preciso algum ajuste.

Eu sorri e ele fez uma cara engraçada, mas meu sorriso não era para ele e sim para Godric que tinha voltado vestido nas vestes vermelhas e douradas que preparei, ele estava incrivel, Mione vai amar.

- Que tal estou? – ele perguntou parecendo nervoso.

- Está ótimo Godric, mas penteie o cabelo para trás e apare a barba – Malfoy disse.

- Concordo com Malfoy – me aproximei e passei a mão pelos ombros para tirar os vincos que ele inacreditavelmente conseguiu nos ombros...Malfoy saiu com Godric para ajuda-lo com o cabelo e a barba quando ele voltou.

 - Como estou? – o olhei de cima a baixo...ele estava lindo e tudo que eu mais queria era passar meus dedos em seus cabelos e beijar sua boca até os fins dos tempos, mas me segurei, ele já deixou bem claro sua opinião sobre mim.

 - Está bem, pode se trocar, não se esqueça de que o casamento começa as 14:00 – o dispensei com um gesto da minha mão e fui me preparar com as garotas.

 

POV Hermione

Fui acordada cedo com um café da manhã de frutas e pães especiais que os elfos fizeram para mim...minha prima já tinha levado o meu vestido, o da Rowenna, o da Helga e o dela para a sala dos requisitos, que foi criada pela Rowenna e saiu para levar as vestes de Godric e de Sonserina para as câmaras de Godric...minha porta foi aberta e Rowenna e Helga entraram parecendo muito animadas.

- Pronta para o grande dia? – Helga pegou uma maçã e começou a mordiscar.

- Sim – Rowenna pegou uma pêra.

- Ótimo, pelo que Serena disse ela tem um deleite especial para nós, ela disse que é um costume da sua época. – me levantei olhando com saudade para o banquete que me foi servido, mas não consegui terminar.

- Não se preocupe, terá mais comida aonde vamos, agora ande, eu estou curiosa – Helga me puxou e Rowenna veio rindo atrás de nós.

Andamos até o sétimo andar, onde estaria futuramente a tapeçaria de Barnabas, o louco ensinando trolls a dançar balé estava um bonito vaso com flores...Rowenna entrou na sala, após pedir entrada, provavelmente com um frase estabelecida pela minha priminha, desconfio que ela preparou alguns mimos para mim.

A sala estava incrível...tinha dois espelhos enormes, cadeiras de cabelereiro, uns potes que desconfio ser cosméticos especiais preparados por minha prima já que ela não tem como ela trazer isso do futuro...quatro canapês coloridos em volta de uma mesa que parecia ter comidas, bebidas e doces...em cabideiros especiais estavam meu vestido de noiva e os vestidos dela, que minha prima trabalhou junto de alguns elfos para fazê-lo...Rowenna de azul pervinca e renda preta, Helga de amarelo sol e renda branca, meu vestido branco com renda branca que formava várias florzinhas delicadas e Serena com roxo e renda preta...sapatos combinado e inúmeras joias, cortesia de Godric e Malfoy...meus olhos encheram de agua e quando achei que ia chorar, as portas se abriram e minha prima entrou...ela tentou mudar rapidamente a cara triste para um sorriso, mas eu a conheço o suficiente.

- Não ouse chorar, prima, hoje é um dia especial e eu e as garotas trabalhamos duro nele. – ela tinha um sorriso apático no rosto – agora venha, pedi aos elfos para prepararem banhos especiais para nós, demorei um tempo trabalhando nos óleos e essências aproveitem.

Seguimos ela ate uma porta no canto, lá estava um grande banheiro com quatro banheiras brancas, do lado de cada banheira uma mesinha...o cheiro aqui era inebriante e me vi indo em direção a uma das banheiras, a agua brilhava rosa e cheirava a casa, eu não sei o que ela fez, mas amei...me despi e entrei na minha banheira...logo cada uma de nós exibia um sorriso relaxado, estávamos em agua quente perfumada, tinha doces, sucos e nada estressante.

Depois de uma hora de banho, fomos em nossos roupões até a primeira sala novamente.

- Mione, eu vou lidar com você primeiro porque seu cabelo é mais rebelde que o nosso – me sentei em uma das cadeiras e ela começou a mexer no meu cabelo...cerca de uma hora mais tarde, eu acho meu cabelo estava lindo, ela prendeu somente a frente colocando uma presilha florida feita de rubis, meus cachos caiam pelas minhas costas, brilhantes e macios...na minha make ela delineou meus olhos e usou um encanto que manteria meus lábios mais vermelhos e com a aparência de estarem bem macios – ótimo, agora descanse enquanto eu faço as outras, depois te ajudaremos a se vestir.

Me sentei onde eu poderia ver minha prima trabalhar, acho que depois desse fiasco com o ministério ela deve abrir sua própria e exclusiva boutique...nos cabelos negros e lisos de Rowenna ela não teve muito trabalho, a não ser usar alguns encantos de estase pesados para fazer cachos e prende-los em um arranjo elaborado...em Helga, como ela já tinha bonitos e macios cachos loiros, foi rápido e logo ela estava com o mesmo penteado intricado da Rowenna...ambas as makes eram simples, com delineador e gloss, mas destacaram os olhos de ambas que ficaram incríveis...rapidamente minha prima fez o mesmo penteado nela e a make e logo as três se vestiram...o mais complicado, se estivéssemos sozinhas seria o espartilho, mas juntas foi moleza e logo eu estava vestida.

Minha prima saiu na frente e esperamos que ela mandasse um patrono avisando que estava tudo bem irmos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...