1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Noturno >
  3. Bailes e Crimes --- 2

História Amor Noturno - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Leiam as notas finais

Beijinhos e boa leitura😘

Capítulo 8 - Bailes e Crimes --- 2


Pov Bárbara

- Como vamos encontrar Loraine e Lucius? Bárbara

- Eles estão com os codenomes de  Ema e Camaleão.Bruce

Barbara se afasta poucos centimentros de distância e já é puxada de volta ao tronco do mais alto.

- Não podemos nos separar você pode se machucar, uma olhada de lado e suficiente para um abuso. Bruce

- Não sou uma criança sei me proteger. Bárbara

Barbara se solta de Bruce e vai a procura de Loraine e lucius, ou Ema e camaleão.

Bruce está a procura de Bárbara que se perdeu na multidão. 

Bruce discretamente ativa o fone em sua orelha.

- Pantera onde você esta?

- Oi! Estava conversando com umas pessoas, escutei o nome Ema.

- Alô! Alô! [email protected] Pantera.

Bruce vai usando sua intuição e vai se aproximando de uma mesa centrar, onde ocorria o famigerado jogo da roleta

Bruce visualiza Barbara sentada do outro lado da mesa e vai até ela.

Bruce fica atrás de Barbara e repousa sua mão esquerda no ombro direito de Bárbara.

- Roleta é um jogo complicado meu bem. Bruce

Bruce aperta de leve o ombro de bárbara e senta-se ao seu lado, e pega suas fichas marrons.

- Apostas iniciadas. Croupier

Bruce estende sua mão fazendo uma aposta de 3 mil em um Quadro nos números 25, 26, 28 e 29.

Bárbara estende sua mão fazendo uma aposta de 4 mil em linha, nos números 1, 4, 7, 10, 13 e 16.

Um homem sentado na outra ponta da mesa, com uma máscara que muda de cor estende sua mão e faz uma aposta de 5 mil, cavalo nos números 31 e 35.

Outras pessoas fazem suas apostas.

- Nada Mais! Croupier

É girada a roleta.

- O número é 28

Bruce recebe sua vitória em um valor de 24 mil.

Bruce aposta novamente nos números anteriores, só que agora a aposta é maior, 8 mil. 

Barbara aumera sua aposta também elevando para 6 mil, ela faz um pleno no número 8 

Camaleão estende a mão e faz uma aposta de 10 mil rua nos números 25, 38 e 31 

- Nada Mais! Croupier

A roleta é girada novamente.

- Número 8!

Barbara trava com a declaração! 

- 210 mil é muito dinheiro, como vou levar isso para casa? Bárbara

- Calma! As jogadas mínimas são de 10 mil agora, continue apostando até fechar as 5 apostas, então sairemos! Bruce

Bruce e Barbara apostaram mais algumas vezes sem sucesso, Bruce em sua 5ª e última aposta consegue recuperar todo o seu dinheiro antes apostado.

No final Barbara sai com 100 mil, muito feliz e contente, menso tendo perdido o resto com a ganância pelo jogo, eles saem da mesa mas continuam a observar o camaleão

Eles sentam- se no bar, E ficam a observar o salão.

- Ainda não acredito que ganhei 100 mil! Bárbara

- Acalme -se depois falamos nisso! Bruce

- Olha ali! Aquela é a Ema! Bruce

- Vou atrás dela! Você vai atrás do camaleão! Ele acabou de sair da Mesa. Bárbara

Bruce se apróxima e me dá um beijo. 

- Beijo de Boa sorte. Bruce

Pisco para ela, nós nos separamos, vai cada um para um lado, ema e Bárbara vão pelo corredor direito, Camaleão e Bruce vão pela esquerda.

Bruce e Bárbara permanecem invisíveis.

Ao fim de ambos os corredores, direito e esquerdo dão para uma escadaria, Tanto Ema quanto Camaleão descem as escadas de seus respectivos corredores.

São muitas escadas, mas eles continuam descendo até chegar  em outro corredor que os leva para um local fedido, sujo, com  2 aviões de pequeno porte, muitos capangas e 150 pessoas prestes a serem contrabandiadas .

Batman e Batgirl estão visualizando tudo da parte de cima de um grande container.

- Isso Não é abaixo da mansao , como antes eu acreditava, mas é um galpão ao lado da mansão. Batman

- Oque fazemos agora? Batgirl

- Você pega Lorraine e eu pego o Lucius, não podemos deixar eles chegarem aos aviões. Batman


- E os capangas? Oque fazenos? Batgirl

- Eles são nosso menor problema, não são muitos, uns 30 para cada, Vai dar conta? Batman

Batgirl não responde e sai Bruce sai também.

Cada um esta responsável por 1 avião 75 pessoas e 30 capangas. A única coisa que nossos heróis não podem deixar, é o casal pegar os aviões com as pessoas.

Batgirl vai pelo teto até um grupo de 10 capangas, ela desce devagar sem muito barulho ela apaga todos de uma vez só com clorofórmio.

Enquanto isso Batman deu um soco na cara de 15 e  mata leão nos outros 

Batgirl amarra 6 e da um mata leão em 10, um a um, bem silenciosamente.

Batman sufoca 10 até desmaiarem, mas alguns notam ele e vão para cima,  ele pega a cabeça destes e atinge no chão até desmaiarem, o silêncio já não predomina mais no local. 

Batman e batgirl fica de costas um para o outro,  eles sacam seus Batarangues com a mão direita e bombas de fumaça com a mão esqueeda,.

Enquanto isso Loraine e lucius se apressam, pois ainda tem uma chance de escaparem com o carregamento.

As bombas de fumaça são jogadas ao chão, a fumaça branca e voluptuosa vai se espalhando em um raio grande, não se vê mais nada, apenas escutam-se barulhos de socos, chutes e gemidos de dor.

Os que não foram socados pelos heróis, fugiram pelo atordoante presente na fumaça.

Agora não tem mais ninguém além de Loraine, Lucius , as pessoas que estão sendo contrabandiadas e Batman e Batgirl...

Loreine sai de dentro da aero nave a fechando, fazendo com que todos os contrabandiados fossem presos. Ela pega um taco de baseball  e vai em direção a Batgirl...

Lucius sai correndo escadas acima, tentando fugir pelo terraço...

Batgirl corre enfrentando Loraine, que corre em resposta com uma imagem muito ameaçadora, que não intimida Batgirl

Loraine atinge Batgirl direto na barriga a fazendo perder as forças, Batgirl  em resposta da uma rasteira em Lorraine que cai de cara ao chão e quebra o nariz, Lorraine ano satisfeita, se levanta com muito esforço e acerta diversas vezes Batgirl com o taco.

- No final desta noite eu estarei jogando seu corpo aos peixes(risada maligna).

- Cala a boca vadia! 

Barbara se levanta e acerta diversos golpes em Loraine, Loraine pega o taco e acerta na parede o deixando preso.

Ela desiste de puxar o taco e vai na mão com Batgirl.

Que recebe alguns golpes, mas se perder muito tempo acerta novamente as pernas da vila que cai ao chão .

Lucius chega ao terraço onde há um helicóptero de fuga, ele acha um pedaço de madeira ao lado da porta de onde veio, ele  tranca a porta com a madeira e vai até o helicóptero, Batman abre  com muito esforço a porta e corre até o Lucius, que alguns passos antes de chegar ao helicóptero é derrubado  e bicado pelos pés.

- Camaleões não voam! 

Batman acerta diversos socos no homem que parece se divertir enquanto apanha.

- Você é um psicopata, não preciso de mais um! Batman

Como em um passe de mágica Lucius sai debaixo de Batman e volta a correr até o helicóptero

Batgirl chega perto da mulher com sangue na face inteira, ela chega perto para prendela, porém é recebida com um soco direto na face e um chute no peito, que faz com que ela seja jogada alguns metros para trás.

Lorraine agarra novamente o bastão de baseball preso a parede, mas sem sucesso vai até Batgirl no chão de mãos vazias mesmo, ela levanta o punho fechado sobre a cabeça, e quando vai acertar um soco em barbara  e atingida por um batarangue na barriga, Batgirl está com muita dor, porém não para por nada, ela se levanta e soca a cara de Loraine até a mesma desmaiar, Batgirl amarra Loraine e a prende eu uma barra de ferro.

Batman tenta se levantar para ir atrás de Lucius, porém está preso por uma corda grossa a um gancho no chão, como se fosso cortar um fio de cabelo, Bruce puxa uma  faca de seu cinto e corta a corda.

Batman vai até o helicóptero ele se pendura no helicóptero já ligado, e cada vez mais vai se afastando do chão.

O helicóptero já está muito distante do chão indo para o Norte, Batman  não satisfeito de estar pendurado a 20 metros do chão ainda tenta se esquivar até a porta do helicóptero, sem sucesso no seu ato Batman prende um rastreador no helicóptero e sem querer solta o esqui  por um descuido nunca ocorrido antes, Batman vai caindo de uma altura aproximada de 28 metros.

Batman durante a queda pega em seu cinto de utilidades,  sua arma com arpão, ela atira e acerta o prédio/ galpão onde estavam anteriormente, ele vai se aproximando bruscamente da parede, assim dando em cheio na mesma.

Bárbara se levanta, vai até a parede e pegacok a maior facilidade o taco de baseball vai em direção dos helicópteros anteriormente fechados e com pessoas dentro.

Ela abre a fechadura na base da tacada, abrindo ela vê 75 pessoas dentre crianças, homens e mulheres, surradas abusadas e traficadas. Batgirl vai até  o outro avião e solta todos os contrabandiados.

Batman demora, mas em algum tempo ele se recupera e desce o resto que falta, ele entra novamente no local, onde visualiza Batgirl soltando aquelas pessoas. Ele faz sinal para Batgirl que ascena com a cabeça em sinal de permissão. Batman aciona o comando que chama o comissário.

Em questão de alguns minutos a polícia chega prendendo todos os envolvidos no tráfico humano e enquanto isso vao auxiliando as vítimas deste crime.

Batgirl e Batman precisam voltar ao baile antes que dêem falta completa dos mesmos.

Os dois saem pelo mesmo corredor, em um piscar de olhos antes mesmo de chegarem de volta ao saguão, eles já estão novamente utilizando seus trajes de gala

Eles param seus passos antes de chegarem a porta que dá direto ao saguão.

Ele prensa ela na parede, danço um beijo quente.

Ele vai a soltando lentamente.

- distração concluída! Bruce

-Conserteza! Bárbara.

Eles recolocam suas máscaras e voltam ao saguão onde recebem muitos olhares curiosos.

-Vamos dançar? Bárbara

- Para que desperdiçar este salão... Bruce

Os dois dançam calmamente de uma forma tão quente e tão pessoal, dizem que para saber dançar você precisa conhecer cada parte do corpo do seu parceiro, eles pareciam se encaixar de forma limpa e perfeita, eles  aparentavam conhecer cada célula do corpo um do outro, a sintonia era incrível!

Durante a dança Bruce chega na orelha de Barbara e sussurra

- É estranho eu querer te pegar de jeito agora? Bruce

- é estranho eu querer te dar de jeito agora. Bárbara

Nem mesmo eles sabem o porque destas peovocacaoes sem sentido que saiam de suas bocas, enquanto dançavam eles estavam completamente desligados do mundo exterior.

A sintonia é tanta que demora um delei de 5 segundo para pararam ao final da musica.

Eles voltam a conversar com outros convidados,e beber mais vinho.

Não demora muito o baile acaba e todos vão saindo.

~~~~~~no carro~~~~~~~

- Bruce! Não fica assim, nós vamos acha- lo! Acalme-se! Bárbara.

- Eu tinha tudo para pegar eles, os dois! Mas por um errou estupido, eu perdi de uma forma muito idiota, um dia acabarei com essa  coisa toda. Bruce

- Quer que eu te leve para casa?? Bruce

 - Não! Vamos fazer assim, deixa eu dirigir até um lugar. Bárbara

-Onde está pensando?? Bruce

- você vai ver! Bárbara

Bruce troca de lugar com Bárbara mesmo com muita hesitação.

Barbara assume o volante e vai para um lugar um pouco perto ao sul.

~~~ em uma pequena área rural fora de Gotham~~~

- Não acha que estamos muito longe? Bruce

- Não! Este lugar e onde venho para relaxar, é de uma antiga amiga, ela vem muito pouco aqui, então ela me deixa vir para cá de vez enquanto. Bárbara

Barbara guia Bruce até uma árvore grande e velha, que dá de vista para o horizonte.

Ele e ela se sentam um ao lado do outro abaixo da árvore, Bárbara vai revistando sua cabeça devagar no ombro de Bruce, que faz um movimento de vai e vem com a mão em sua cabeça em forma de carinho.

- O que acha que vai fazer com o dinheiro que ganhou no jogo hoje? Bruce

- sinceramente, não sei, tenho tantas coisas para resolver, e nem sei como começar... Babis

- porque você não investe esse dinheiro na sua carreira de investigadora criminal. Bruce

- é uma boa ideia, mas você sabe da negação do meu pai sobre isso... Mesmo assim não custa pensar sobre isso! Bárbara

Bárbara deita sobre o colo de Bruce.

Bruce além de acariciar minha cabeça, ainda desce seu rosto me dando um beijo inesperado.

- Obrigado pela ajuda hoje, provavelmente não teria  prendido ninguém sem você. Bruce

- Eu que agradeço! Bárbara

- Por?? Bruce

- Por estar me escutando, me dando atenção e cuidando de mim este tempo todo!Bárbara

-Você está diferente, um diferente bom, você está.... Bárbara

- Vendo a vida de uma forma diferente! Você fala quando dorme. (Risos)Bruce

- Você tem uns sonho, um tanto quanto diferentes... Bruce

 As bochechas de Bárbara ficam Rosa como tomates.

Bruce beija Barbara novamente e acaricia sei cabelo com mais intensidade.


Barbara dorme alí mesmo, enquanto Brucr fica acordado o resto da noite, refletindo sobre tudo que havia passado até o presente momento.

E pensando em como a garota ruiva perfeita dos olhos azuis era o motivo da mudança de pensamento repentina.

Agora ela era seu braço direito, mas também seu amor, ela é a que corre perigo, ela é a que precisa de proteção no momento, ela é a princesa no alto do castelo.

Pelo menos era isso que ele pensava.

Tudo que eu mais quero no momento é proteger ela, e tudo que ela mais odeia é proteção.



Notas Finais


Pessoal, demorei para postar, fiz correndo então está com alguns erros de seguimento e português, aceito críticas, principalmente construtivas.

Espero que tenham Gostado do cap, ideias mandem no chat, beijinhos aos melhores leitores do mundo😘😘😘

O próximo cap será postado amanhã!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...