História Amor obscuro. - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Meninas Super Poderosas (The Powerpuff Girls)
Visualizações 68
Palavras 611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpaaaaaaaaaa pela demoraa....
41 favoritos? Serio quando comecei essa fic pensei que ngm ia ler. Brigada por tudo
Tenho uns avisos...
1• os titulos dos caps vao ser sempre leteas de musicas em ingles

2•TENTAREI postar um cap por semana, mas nao prometo nada

3•Boaaa leitura

Amo vcs bjs de neon

Se o cap tiver meio boxxta eh pq to escrevendo pelo celular

Capítulo 13 - Who Says?


 

P.O.V Brick

-A bela adormecida resolveu acordar?- Falo ironico assim que vejo Brownie adentrar o lugar.

A briga nao é de hoje, todos ja sabem.

Ele murmura alguma coisa, provavelmente me xingando.

-Vamos acabar logo com isso.

P.O.V Butch

Se fiquei meio puto quando a mandona da Blossom me deixou de fora? Obvio, amo lutar. Mas eu realmente ia perder a cabeça. 

Agora estava tendo que aturar dois seres que eu queria matar birgando por causa de uma coisa que aconteceu a mil anos atras, e depois eu que sou o rancoroso dos tres. Pfff.

Mil anos depois consiguimos um plano basico.

Eu nao sou o maior fã da Blossom, mas ela pelo menos cpnsegue controlar eles dois... falando nela...

-Odeio atrapalhar a DR, mas onde esta a Blossom?

Primeiro me olharam com odio, depois olharam em volta. Serio que so agora perceberam isso?

 

P.O.V Blossom

Acordo assustada. Esse foi o pior pesadelo! Eu e Berserck irmãs? Ou pior, eu irmã de Brick? Eu juro que se o professor souber algo disto, alguns livros dele vao voar pela janela, ou melhor ele vai pela janela, os livros nao me fizeram nada.

Eu lembro de ter ido dormir, mas o lugar omde acordei nao era o quarto que eu estava. E nao tinha fotos de Ele pela parede. Merda.

-Eu juro que mato- murmuro mais para mim mesma.

Mas quando falo sozinha sempre tem que ter alguem para me interromper. Palmas para a sociedade.

-o que disse "Florzinha"'- Aquela maldita voz falou e ainda me chamou pelo apelido de infancia. 

-Voce vai morrer, foi isso que eu disse.- Meu tom de voz exalava raiva.

-Para que tanto rancor? Eu nao foz nada... ainda

-Ah é? Entao por que eu estou aqui? Nao precisa responder, eu devo ter me teletransportado nao to certa?

Uma risada cruel ecooa no ambiente.

-voce e seu senso de humor...

Bato nas portas desesperadamente. Temto usar meus raios lazer para arrombar a porta e nada. Nem uma faisca.

-O que fez comigo seu monstro?

-So umas experiencias....

Tento voar. Super-força. Nada.

O que eu poderia fazer?

-Eu poderia te deixar morre ai por todas as coisas que voce me fez... Mas sou uma boa pessoa sabe?

Ri escancaradamente

-Continuando... pode ir com suas amiguinhas.

A porta abre do nada. Continuo parada. Deve ser uma armadilha.

-Quer seus poderes? Saia logo.

Hesitante, eu sai e andei pelo corredor que parecia de filmes de terror. E vi um comodo com a porta aberta, enquanto todas as outras estavam fechadas.

Entro e olho. Vejo tres pessoas encolidas e sangrando num canto.

As powerpunk. Assim que vi a lider delas, flashes do sonho vieram a minha cabeça. Iria pensar nisto mais tarde.

Elas levantaram a cabeça, meio que com medo? Nao sabia o qur tinha acontecido, ou melhor, nao queria acreditar. Eu estava com.... pena delas? Mais estranho que isso impossivel.

Me aproximei. 

-O que aconteceu?

A resposta? Foi um choro fraco e baixo. Ela sestavam realmente com medo.

-Ele aconteceu.-Disse Berserck secamente.

Olhei para todas elas. A pior era Brat. A que parecia com Bubbles. Ela estava com uma blusa que um dia foi azul, agora era vermelha. 

Devagar me aproximei e vi o machucado. Estava muito feio. Aquele demonio. Confesso que elas nunca foram minhas pessoas favoritas no mundo, mas nao mereciam tal crueldade.

-Você quer ajuda-las?- Ele pergunta. A resposta era obvia.

-Logico. Mas nao posso e voce sabe disso. Nao tenho nenhum material.

Ouço algo sendo arrastado. Uma maleta de suprimentos.

-Por que voce esta fazendo isso? 

-Posso parecer um monstro, mas gosto delas a minha maneira.

E assim, tentei fechar os cortes e dar remedios para infecções.

 

 

 


Notas Finais


Ta pequeno mas ja eh alguma coisa
Comentemmm amo textinhos ta?
Vou tentar escrever, mas vou estar em semana de prova...

Bjs de neon


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...