História Amor ou Ódio? (Gruvia) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gray Fullbuster, Juvia Lockser
Tags Gruvia
Visualizações 22
Palavras 752
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


boa leitura a todos! :3

Capítulo 21 - O Luga Perfeito Para O Perdão


Fanfic / Fanfiction Amor ou Ódio? (Gruvia) - Capítulo 21 - O Luga Perfeito Para O Perdão

----------POV GRAY----------

E o resto daquele dia foi meio chato, não pude fazer nada naquele dia, Juvia simplesmente estava chateada comigo e ela tinha razão... Mas como ela não quis aceita meu perdão.. tive que fazer algo maior!

Assim que a aula acabou fui para o mercado comprei alguns lanches favoritos dela e uns doces. (ainda bem que já sabemos o que cada um gosta) Fui para casa arrumei uma sacola colocando tudo nela e mandei um mensagem para Juvia

"Juvia? está on?"- ela visualiza

" se não quiser falar tudo bem,eu entendo.. Mas gostaria de me encontrar com você lá no parque. Prometo não te deixar esperando. Se quiser ir, apareça lá umas três e meia, não precisa levar nada"- ela visualiza

Depois da conversa fui me arrumar e peguei algumas coisas a mais.. esperei dar o horário, e quando era três e vinte e cinco, fui me encontrar com ela. Nesse momento, o que eu mais pedi foi para que ela aparecesse,estava muito arrependido e não queria que meu plano desse errado. Então só fui rezando.

----------POV JUVIA----------

Assim que vi a mensagem só pensei em não ir, para me vingar. Fiquei nessa de não ir  até que deu duas e cinquenta e sete. Nessa hora respirei fundo, pensei duas vezes e decidi ir. Me arrumei e quando deus três e vinte e cinco, fui para o parque e assim que cheguei.... o encontrei..

-Gray..-falo baixo olhando para o mesmo-pelo menos desta vez não me deixo aqui sozinha

-pequena! que bom que veio!-ele sorri vindo até mim

-não me chama de pequena e muito menos de baixinha! ainda estou chateada com você!-falo emburrada

-deixa disso vai! vem preciso te mostrar um lugar- ele segura minha mão e me leva para algum lugar

-pra.. onde vamos?-digo meio envergonhada 

-surpresa!

Longos minutos depois fomos para um lugar.. não era um lugar comum.. ERA SIMPLESMENTE PERFEITO! Uma grama baixa e fresca, o rio em frente ao gramado, vento de fim de tarde.. e o melhor de todos... chegamos no por do sol..

-aqui! chegamos!- ele sorri soltando minha mão- pode ir ver o rio, vou arrumar umas coisas..

-quer ajuda?

-não precisa, é uma outra surpresa e além do mais.. você merece- em quanto ele sorri olhando pra mim meu coração só faltava saltar pela boca! simplesmente foi lindo aquilo tudo! Bom.. já que ele não queria minha ajuda.. tirei os calçados e fiquei com os pés na beira do rio, logo em seguida ele fala

-vem ju! Já terminei! a melhor parte está pra chegar!

Assim que me viro para trás.. vejo ele sentado em cima de uma toalha, cheia de nossos lanches e doces favoritos... quase chorei de alegria..

-...você.. fez tudo isso.. pra mim?-digo indo até ele

-tem mais ju! senta ai e curte- me sentei e peguei alguns salgado e quando olho.. o sol se por....Tão.. perfeito! Eu não tinha palavras.. e para piora minha situação.. ele chega e coloca a mão em meu ombro

-Desculpa por ontem pequena.. Eu acabei esquecendo, eu não queri..-o interrompo colocando o dedo em frente sua boca

-não precisa falar mais nada Gray... eu te perdoou-sorriu e coloco minha cabeça sobre seu ombro- muito obrigada...

-que nada.. você merecia-ele fala mexendo em meu cabelo- quer ficar um pouco na beira do rio?

-claro!- me levanto- vem!- saio indo para beira do rio.

-------POV GRAY------

ver a Juvia feliz daquele jeito foi tão bom... em quanto o sol ainda estava se pondo ficamos correndo um atrás do outro por um longo tempo, mas infelizmente escureceu e tivemos que ir..Resolvi levar a Juvia até sua casa, pois ainda não sabia onde era. Ficamos conversando e finalmente chegamos

-é aqui..- ela fala sorrindo até mim

-então você realmente é vizinha do Gajeel..-digo impressionado olhando em volta

-uhum, somos vizinhos desde pequenos

-entendo.. é uma vizinhança boa até

-é.. a maioria dos vizinhos eram amigos de meus pais, então todos me tratam como se fosse da família.. Bom.. eu vou indo- ela vai até sua porta e eu vou até ela

sorrio fazendo um um cafuné na mesma e beijo sua testa fazendo a mesma corar

-até amanhã baixinha- sorrio

-até meu guardião- ela sorri e entra dentro de casa e logo em seguida vou para a minha

finalmente pude ir sem pesos nas costas...O que me deixa aliviado, estava preocupado e chateado comigo mesmo pelo o que fiz com a Juvia, até que.. foi bom,ficar um tempo com ela.. parece mesmo que tenho sentimentos por ela


Notas Finais


obrigada por lerem mais um cap! bjs e até o próximo ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...