História Amor por Acaso - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O
Tags Chanbaek, Exo
Visualizações 7
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Nice to meet u


[8:27]pm.

O trem havia chego à poucos minutos e logo partiria.
A vez de BaekHyun na fila, havia chego também, entregou seus documentos e sua passagem a uma funcionária que o olhou de cima a baixo, analisando o pequeno garoto à sua frente.

- Acho que está no trem errado, o trem para Mokpo fica na outra plataforma! - A mulher terminou de dizer e BaekHyun respirou fundo.

- Está ocupando o lugar de uma pessoa, hum... - fez uma pausa. - descente. - o baixinho não queria chorar mais, mas duas humilhações no mesmo dia é maldade.

- Por favor, eu paguei por isso... - As pessoas já estavam olhando.

- Qual o problema por aqui? Algum incomodo amor? - um homem alto olhava para BaekHyun que estava totalmente confuso. Piscou para o menor.

- Não senhor Park, nenhum problema!

- Ah bom - a mulher entregou os documentos e a passagem nas mãos do ruivo. - obrigada, venha querido! - pegou a mala do Byun e embarcaram.

Baek seguia o homem em silêncio, tentando entender o que havia acabado de acontecer.

- Obrigado... - esperou que o maior completasse seu nome.

- ChanSeung.

- Obrigada ChanSeung, você é um bom marido, quer dizer não somos casados né? - ChanSeung riu do jeitinho atrapalhado do menor.

- Não, eu já sou casado... - Baek riu sem graça.

Chegaram em uma cabine parcialmente espaçosa e havia um outro menino lá, também grávido.

- Querido, este é... - ChanSeung olhou para o menor entre os três.

- BaekHyun!

- Ele é um amigo, ele vai ficar conosco, porque está sozinho, tudo bem para você? - ChanSeung falou enquanto guardava as malas de Baek.

- Oh!! Tudo bem, pelo ao menos terei uma companhia que me entende! - falou sorrindo - Me chamo Do KyungSoo!

- Byun Baekhyun... - o Byun se sentou ao lado do Do.

- Já que se entenderam, eu vou ir atrás do nosso jantar! Estão com fome? - perguntou aos grávidos.

- Sim, muita! - KyungSoo acenou com a cabeça.

- Não, obrigada... - Baek estava sim com fome, mas estava envergonhado de mais.

- Que mentira! Nós grávidos temos muita fome, quando foi a última vez que você comeu? Pode trazer amor! - Chan riu e saiu dali.

BaekHyun gostou do casal, eram legais e ninguém nunca havia sido tão legal com ele.

- Mas então, quantos anos você tem Baekkie? - deu um sorrisinho.

- 18 e você?

- 21, sou seu Hyung! Quantos meses? 9?

- 8 e você Hyung?

- O mesmo, é um menino. - Baek sorriu.

- Ah! O meu também! - começaram uma conversa animada.

- Mas... E o pai? - KyungSoo perguntou.

- Ele não nos quer mais, então eu vim embora.

- Entendo, se precisar de ajuda, não exite em pedir! Ai!! - reclamou.

- O quê houve? - Baek se preocupou

- Chutes, nossa esse foi forte! - esticou as pernas. - nossa, como meus pés estão inchados!

- Sim, os meus também! - BaekHyun e KyungSoo se sentiam confortáveis um com o outro. - Kyung? Como é ser casado?

- Uh! É bom, se você tem um marido carinhoso e atencioso! Eu e Chan somos casados a um ano! - levantou a mão, mostrando a aliança.

- Oh que linda!

- Quer experimentar? - Baek negou - experimente Baek!

- Não trás má sorte?

- Não seu bobo. - tirou a aliança e a entregou ao castanho.

Baek analisou a linda aliança e viu os nomes gravados no interior da mesma e logo a pôs no dedo.

- Suas mãos são lindas! A aliança realçou mais! - Byun riu, queria uma aliança, queria alguém que lhe desse carinho.

Resolveu retirá-la, mas não queria sair, seus dedos estavam levemente inchados

- Droga... Não sai!

- Tudo bem, depois você tenta de novo. - Baek contínuou tentando, quando sentiram um solavanco, mas não se importaram muito.

Depois de tentar algumas vezes, BaekHyun conseguiu tirar o pequeno círculo dourado de seu dedo.

Quando KyungSoo ia pegar o objeto, o trem deu outro solavanco, fazendo a aliança cair.

BaekHyun se abaixou rapidamente, pra procurar, mas não achava, KyungSoo fez o mesmo para ajudar o novo amigo.

Seria engraçado se não fosse trágico e o trem não estivesse balançando muito.

- Droga, eu não acho sua aliança! - o pequeno Baek resmungou.

- Não se preocupe, vamos encontrar. - Kyung sorriu para BaekHyun

- o que vocês dois estão fazendo? Olharam para a porta da cabine, onde havia ChanSeung com alguns Bentôs de comida japonesa e uma mão tentando equilibrar uma bandeja com copos. - achei!! - Baek segurou a aliança.

Mas no momento seguinte, tudo estava no chão.

Kyung e Baek caíram de bruços, a dor na barriga foi impossível não ser sentida.
As luzes piscaram e o trem descarrilou batendo em uma encosta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...