História Amor por acaso - Capítulo 19


Escrita por: ~

Visualizações 146
Palavras 2.818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiie, mais um capítulo!! Galerinha vai desculpando, o capítulo tá mais ou menos só tô postando hoje pra não ficar sem!!

Boa leitura amores!! 😚😚

Capítulo 19 - Festinha 2 e acontecimentos!!!


Fanfic / Fanfiction Amor por acaso - Capítulo 19 - Festinha 2 e acontecimentos!!!

.... Comecei a rebolar pertinho do Rafael que claro estava adorando, dei um sorriso safado mais assim que fiz isso sentir uma mão me puxar.

             POV HENRIQUE  (Horas antes)

Estava de boa sentado perto do bar fumando e quem chega perto de mim é a Raquel, ela estava com um vestido preto curto e com um decote nos seios, confesso que é bonita, tem um corpão mais não tenho interesse em experimenta - lá.

- Oi rick, tá aqui sozinho? - Ela senta do meu lado

- Oi, bom só tem eu sentado aqui né Raquel. - Falo curto e grosso

- Nossa, calma bb - Ela fala e eu fico na minha - Não é a Pétala ali dançando com o amigo do Vini Galdino? 

Quando ela fala isso meu sangue chegar ferver de raiva, a Pétala estava bêbada já é se esfregando em um cara que nem conhece, não conseguir me segurar e fui lá, cheguei já puxando ela pelo braço.

- Sai de perto dela - Falo com o Rafael

- Pow mano desculpa, a gente só tava dançando - Ele falou e eu fechei minha mão em forma de soco, mas antes que eu fizesse merda o Galdino chega

- Henrique, mano por favor aqui não, vai se resolver com a Peeh que é melhor - Ele fala e eu olho pra ela que ria não sei de que

- Kkk me solta Henrique - Ela fala

- Vamos embora - Falo e chamo um uber

Levei ela pra fora e a menina tava bêbada, vou levar ela pra minha casa, acho que a tia não vai querer ver ela assim, lá eu explico pra minha mãe.

- Quem te falou que eu quero ir embora? Você nem na minha cara estava olhando garoto e agora está tendo ataque de ciúmes?  Kkkk eu tô solteira meu amor me larga - Ela fala mais sabia que era efeito do álcool

O uber chega e eu coloco ela dentro do carro, deu um pouco de trabalho mais ela entrou, ela foi o cinto todo falando nada com nada e rindo, tô vendo que ela vai acordar o condomínio todo quando chegar.

- Moço ele me ama sabia kkkkk tava com ciúmes do Rafael, eu só tava dançando kkkkk - Ela falou com o motorista que riu do estado dela

Em fim chegamos, paguei o moço e fui em direção ao elevador com ela, fiquei ao seu lado segurando em sua cintura pra ela não cair por que o estado da garota tava precário, saímos do elevador e eu pedi silêncio pra ela.

- Aqui não é a minha casa - Ela falou

- Eu sei, é a minha - Falo

- kkkkk safado, me trouxe pra sua casa por que em, ficou com saudade né - Ela falou e veio pra cima de mim

- Kkk cê tá muito louca garota, vem - Falo

Levei ela pro meu quarto, coloquei dentro do banheiro e pedir pra ela tomar banho até que conseguiu fazer isso sozinha, enquanto ela tomava banho eu fui pegar uma blusa minha e uma cueca nova, acho que ela não ia querer usar a mesma calcinha. Ela saio do banheiro com a roupa que dei, eu estava deitado na cama tinha acabado de avisar para as meninas que ela estava bem e pedir pra falar com mãe dela.

- Vem, deita aqui cê tá precisando dormir - Falo e ela deita do meu lado

- Me abraça - Ela fala e eu fiquei meio receoso - Por favor - Ela fala de novo e deposita um beijo perto da minha boca

Abracei ela e logo adormecemos.

                 POV PÉTALA

Acordei com uma forte dor de cabeça me sentei na cama e abri os olhos devagar, percebi que as roupas que usava não era minha e a cama também não, cocei os olhos e olhei em volta conhecia aquele lugar, tentei ficar de pé mais por conta da dor cai sentada na cama de novo, logo a porta abri e o Henrique aparece com um copo de água na mão e um comprimido.

- Bom Dia, toma, vai se sentir melhor - Ele fala e me dá as coisas

- Bom dia, como eu vim parar aqui ? - Falo

- Eu que trouxe você, estava bêbada demais para lembrar rs - Ele fala e eu deito de novo

Ele senda do meu lado e começa a mexer no celular, eu observava cada gesto dele, como a pessoa pode ser tão grossa e tão amável ao mesmo tempo, mais por que será que ele me trouxe pra cá.

- Você tá bravo comigo ainda? - Falo

- Vamos deixar isso pra lá né, só trouxe você pra cá por que tava quase fazendo besteira na festa - Ele fala sem da a mínima

- Ata - Falo e levanto da cama

- Onde vai? - Ele fala

- Vestir minha roupa e ir pra minha casa?! - Falo

Entrei pro banheiro e me troquei, abri a gaveta da pia do banheiro e achei uma escova fechada, a mari sempre compra por conta dos meninos que dormem aqui, escovei meus dentes e sair.

- Usei a escova nova tá - Falo

- Pétala... Você quis beijar o Kevin mesmo? - Ele fala

- Eu já te expliquei que não, ele me beijou a força e você chegou bem na hora - Falo e ele fica quieto - Agora já vou, Obrigada por me trazer

Chego perto dele e vou dar um beijo em sua bochecha, ele vira e beija minha boca, apesar que nem passou um dia direito era um beijo de saudade, ele me puxou pela cintura e eu acabei sentando em seu colo, continuamos o beijo até que a porta do quarto abre.

- Filho... Opa rsrs - Era a Mari

Nos separamos e eu dei um sorrisinho, a mari só foi avisar que iria sair pra trabalhar, quando ela saiu ele ficou me encarando sério.

- O que foi? - Pergunto

- Nada não, foi mal por isso - Ele fala meio sem jeito

- Tudo bem, só mais uma coisa, eu ainda vou te provar que tudo aquilo não foi eu que quis e sim o Kevin que me beijou. - Falei e sai do quarto

Sair de lá e encontrei a empregada na sala com o Felipe.

- Bom Dia Feh, Tchau feh rsrs - Falo

- Bom dia, uê vocês voltaram? - Ele pergunta

- Ainda não, eu acho, mais agora tenho que ir - Deixa um beijo em sua bochecha e fui pra casa


                      POV GIOVANNA

Estava em casa no tédio e recebi uma ligação do Vini Y, ele falou para eu ir com minha mãe e meus irmãos almoçar em sua casa, não sei por que mais a galera aqui de casa super topou ir, até os meninos nem reclamaram de nada.

Tomei um banho e vestir um vestido florido, ele desenha minha cintura muito bem e é soltinho em baixo, calcei um tênis branco da Nike que combinou suber com o meu vestido, fiz uma make básica pro dia e arrumei meu cabelo deixando ele solto. Terminei de me arrumar peguei meu celular e fui pra sala, cheguei lá em baixo e todos estavam prontos já, quer dizer menos o Gustavo kk.

- Mãe cê tá linda - Falo e dou um beijo nela

- Obrigada filha, você também está linda, o Vini tem muita sorte rsrs - Ela fala e dou uma risada

- Mãe!!! - O Gabriel fala tipo quando alguém vai revelar algo que não pode

- O que filho, não disse nada - Minha mãe responde

- O que foi isso? Estão escondendo algo? - Falo e eles ficam meio que sem jeito

- Vamos, tô pronto - O Gus fala e todos saem na frente sem me responder

                ~QUEBRA DE TEMPO~

Chegamos na casa do Vini é ele veio nos comprimentar, confesso que estava com um pouco de vergonha dos pais dele rsrs eles são legais atenciosos e me aceitaram muito bem. Ficamos na sala jogando conversa fora, minha mãe e a mãe do Vini logo viraram amigas, o pai dele adora vídeo game logo se juntou com a gente, eu achei até meio engraçado por ele ser advogado um homem sério sei lá, mais estávamos nos divertindo.

Depois de um tempo nossas mãe nos chamam para almoçar, sentamos na mesa, o Vini estava do meu lado.

- Tá com fome linda ? - Ele fala

- Um pouco - Respondo

Eu amo comer, mais hoje tô envergonhada não sei por que, acho que por conta de estar conhecendo a família dele rsrs. Almoçamos e a mãe do Vini foi buscar sorvete de sobremesa, logo ela volta e o Vini se levanta da mesa.

- Onde cê vai ? - Falo

- Surpresa! - Ele fala e todos a mesa dão um sorriso

- Vinicius Yoskycivit o que você tá arrumando? - Falo e ele sai em direção ao quarto

Assim que ele saiu o Gustavo levanta, pega o celular do Vini e começa a gravar, não entendi mais isso tá me fazendo ficar com um frio na barriga. Logo vejo o Vini surgindo do corredor com um buquê de rosas enorme, meu coração acelerou na mesma hora.

- Então amor, não sou muito bom com palavras mais vou tentar ser legal kkk... Bom, já tem algumas semanas que estamos ficando quase um mês né, logo quando te vi fiquei apaixonado por tamanha beleza, depois que comecei a "falar" com você me apaixonei mais ainda, não foi fácil a descoberta dos nossos "amaços" escondidos kk seus irmãos quase me mataram, mais em fim, hoje acordei e tive certeza de que este é o dia de confessar todo o amor que sinto por você. E também de fazer um pedido que pode fazer de mim a pessoa mais feliz do mundo: Quer namorar comigo? - Nesse momento já estava emocionada.

Me levantei e peguei o buquê das mãos dele, assim ele tirou do bolso uma caixinha vermelha me mostrando dois anéis lindos de compromisso, coloquei a mão na boca como surpresa, sentir algumas lágrimas caírem.

- S-sim - Falo e dou o buquê para o Gabriel segurar (Ele era a pessoa mais próxima de mim depois do Vini e o Gustavo que gravava tudo) o Vini pega minha mão e coloca o anel, faço o mesmo com ele e depois nos beijamos

- Eu te amo Giih - Ele fala

- Ownn também te amo amor - Falo

Ficamos mais um tempo na casa do Vini, depois resolvemos ir passear um pouco em família, agora somos uma família, eu acho kkk.


                          POV PÉTALA

Estava em casa me arrumando para ir na kings e vou levar o juninho como prometi, vestir uma calça jeans rasgada e um cropped preto que tem o símbolo da kings dourado, arrumei meu cabelo e calcei um tênis. Peguei minha bolsa e fui me encontrar com o juninho que já estava lá em baixo.

- Oiie, olha como ele tá bonito - Falo com ele

- O meu irmão que me vestiu sabia, você também está muito linda peeh - Ele fala

Entramos no carro e eu tirei uma foto com ele e postei no meu insta story, fiz snap com ele também, gosto da companhia desse baixinho demais.

*Olha quem está indo trabalhar comigo hoje gente, da Oi Ju: Oii*

Logo chegamos na kings e a galerinha já estava me esperando para ver as fotos, cumprimentei todos e subir para a minha sala com o juninho.

- Ju se você querer comer algo só me falar tá - Falo e ele faz sim com a cabeça - Vem aqui me ajudar a escolher as fotos para a nova revistas.

Fiquei olhando as fotos com ele, até que me ajudou a escolher umas legais, passei tudo pra Mari e fui ver se a galera estava trabalhando direitinho, aproveitei para tirar umas fotos com o juninho, logo quem chega na sala é o Henrique.

- Rick!! Sabia que agora eu também sou modelo - O Juninho fala todo contente

- Que legal maninho - Ele fala

- Você veio tirar foto com a gente? - O ju fala

- Não, vim pergunta para a senhorita Pétala se eu já posso ir, já tirei as últimas fotos que precisava e agora tenho que ir me encontrar com uma amiga, aquela que me ligou mais cedo - Ele fala

Como assim senhorita?! Ele nunca me chamou assim, só os outros funcionários que me chamam desse jeito por falta de intimidade e como é ae vai se encontrar com uma amiga?!

- Claro, se já terminou está liberado - Falo tentando não demonstra minha raiva

- Obrigada, Tchau Juh até em casa e Tchau senhorita Pétala - Ele fala e sai

- Juh você sabe quem é essa tal amiga que ligou pra ele? - Falo

- Eu vi ele conversando no celular, acho que uma tal de Raquel, uma garota chata que foi lá em casa e eu não gostei dela - Ele fala e eu fico tipo como é??

Não acredito que ele vai sair com a Raquel mano, isso é só pra me provocar só pode não vou aguentar com isso.

Terminei com os meus afazeres na kings, mandei mensagens para as meninas pedindo pra me encontrar no shopping, o juninho foi pra casa com a Mari, ele adorou conhecer o lugar que a mãe e o irmão trabalha, tirou várias fotos e me ajudou também rs, lá no shopping eu ia da uma conferida na loja que iria ser inaugurada logo, ver se estava tudo certo.

                  ~QUEBRA DE TEMPO~

Já estávamos no shopping, eu já tinha passado na loja e visto que está tudo certo só falta os papéis de parede e as prateleiras para bonés e fones, estamos agora na sala de jogos, estava competindo com a Giih e acabei ganhando pela primeira vez dela.

- A Giih hoje tá apaixona por isso você ganhou amiga - A Veeh fala

- Kkk pois é né, eu vi o vídeo que gracinha do Vini - Falo

- Nem sabia que ele era tão romântico assim, felicidades amiga - A Lari fala

- E ae vamos fazer o que agora? - A Miih fala e nos saímos andando

- Tô querendo patinar, me divertir, esquecer os problemas - Falo

- Que problema peeh? - A Giih fala

- Acho que aquele problema Giih - A Lari fala

Nos deparamos com o Henrique e a puta da Raquel andando abraçados e rindo, paralisei e observava a cena com muita raiva, só tinha vontade de pegar na garganta da Raquel e do Henrique e apertar muito até o ar deles faltar de uma vez.

- Que filho da puta! - A Miih fala

- Vem amiga, vamos sair daqui - A Giih fala e me puxa pelo braço

Nessa hora a Raquel percebeu que estávamos ali olhando pra eles e aproveitou  para me encher dando um beijo no rosto do Henrique que ficou me olhando com cara de cú. Saímos de lá e fomos no banheiro, não queria sentir isso de novo, ele só tava brincando comigo?! Algumas lágrimas caíram e as meninas me abraçaram.

- Amiga não vale a pena você chorar por isso - A Veeh fala

- Sério, eu odeio o Henrique!! Mais eu ainda provo pra esse estúpido que eu sou inocente, que não foi eu que beijei o Kevin!! - Falo e seco minhas lágrimas - Enquanto essas provas não chega ele vai ter a Pétala, grossa e "patricinha" que ele conheceu, ele só tá fazendo isso pra me irritar eu sei

Ficamos mais um pouco no shopping e depois fomos embora. Cheguei em casa e fui direto pro banho, jantei com meus pais e depois fui pro meu quarto, meu celular toca e eu vejo o nome RICK brilhar na tela, atendi.

                         LIGAÇÃO ON

- O que você quer ?

- Eh... desculpa pela cena de hoje, não foi nada que você tá pensando Pétala

- Uai, problema é seu meu anjo, era só isso? Então tchau!

- Peeh desculpa, eu ainda tô esperando você me mostrar a verdade de toda aquela confusão!

- Se você gostasse de mim não tinha ido atrás de outra e tinha acreditado em mim desde o começo Henrique.... Tchau

                        LIGAÇÃO OFF

Desliguei na cara dele, abrir meu insta e publiquei um story: Tô nem ae com suas Desculpas, é assim que quer? É assim que terá!!!

Logo as fãs responderam pelo direct, a maioria perguntando se eu tinha terminado com o Henrique, responder algumas e depois coloquei o celular em cima do criado mudo e deitei, fiquei pensando o quanto fui grossa com ele, mais tudo bem, assim ele aprendi a não brincar comigo! Virei pro lado e  dormir rapidíssimo. 




Notas Finais


Esse foi mais um capítulo, amores quero ver comentários do que estão achando, meu leitores fantasmas 👻 apareçam gostaria de saber o que vocês acham também rsrs❤.

Espero que tenham gostado amores, beijinhos e até o próximo capítulo 😚😚❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...