1. Spirit Fanfics >
  2. Amor por acaso -Camren -LaurenG!P >
  3. Capítulo 4 Lauren

História Amor por acaso -Camren -LaurenG!P - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Capítulo 4 Lauren


Olho para meu filho que dormia tranqüilamente em minha cama agarrado com minha nala de pelúcia,  ele se mexia algumas vezes, mas nunca acordava. Me deito em seu lado e comecei a fazer carinho em seus cabelos para em seguida balança-lo lentamente. 


-Meu amor? Andy acorda bebê.  -Sussurro em seu ouvido e dou beijos em seu pescoço. -Vamos amor, você  tem escola. 

-Mamãe eu não quero ir hoje. -Fala me agarrando fazendo manha. 

-Você tem que ir bebê,  se você não for eu vou ficar muito chateada. -Faço bico e ele olha nos meus olhos também com um bico.

-Não mamãe,  eu não quero chatear a senhoda. 

-Então vamos para a escola? -Pergunto levantando com ele em meu colo.

-Vamos mamãe.  -Fala rindo quando eu começo a fazer cosegas nele.


Vou para o banheiro e tiro sua roupa colocando as peças na roupa suja, coloco ele de baixo do chuveiro e ligo em uma temperatuda agradavel para ele... Assim que terminei de banha-lo, enrolo  ele e volto para meu quarto e começo a vestir as roupas nele que separei. Andrey usava uma calça moletom preta, uma blusa rosa e um casaco preto, nos pés  ele calçou uma bota cor mel.



-Você está lindo meu amor. -Falo pegando ele no colo. -Vamos comer?

-Vamos mamãe!



Antes de ir para a cozinha peguei nossas bolsas. Coloquei ele sentado na cadeira e peguei uma vasilha com frutas que ja tinha cortado e dei para ele que começou a comer , para mim so coloquei uma xícara  de café com torradas.



-Faz um mês que você voltou a estudar, por que não chama im amiguinho para brincar aqui?

-Mamãe meu unico amigo é o benjamin e faz quatro dias que ele não vai para a escola.

-E o que foi? -Pergunto vendo sua face fica tristonha.

-Eu não sei, eu perguntei a tia Ally, mas ela só me disse que ele ta bem.

-Pelo menos você sabe que ele ta bem, quem sabe ele não vai hoje? Você pode chama-lo para vir brincar aqui hoje, talvez a mãe dele deixe. -Falo bagunçando os cabelos dele.

-Ta bom mamãe.

-Agora vamos para a escola?

-Sim, ja acabei.



Segurei na mão dele e caminhei calmamente ate a garagem, abri a porta de trás  e coloquei ele em sua cadeirinha, entrei no do motorista e dei a partida rumo a escola.

Assim que cheguei na escola, tirei Andrey do carro e o mesmo saiu correndo, peguei a mochila dele e caminhei calmamente até sua sala vendo meu filho com Benjamin que mostrava seu brinquedo para Andrey.



-Oi Laur. -Ally vem até mim e eu abraço a pequena.

-Oi Ally. -Olho para os dois garotos. -Posso fazer uma pergunta sobre um de seus alunos?

-Depende da pergunta.

-Andrey disse que Benjamin faltou quatro dias, por que?

-Bom, Ben teve uma emergencia na terça  quando vocês estavam vindo, ele teve um pequeno ataque.

-Como assim?

-Benjamin é autista.

-Hm... -Olho o pequeno Benjamin. -Nem parece.

-Andrey nem parece que tem síndrome do pânico.

-É, mas é diferente, ele é diferente. -Falo e Ally rir.

-Bom dia de novo Ally. -Olho para trás e vejo uma mulher, ela era linda, sua pele bronzeada, usava um sobretudo bege. -Esqueci de avisar que na bolsa de Benjamin tem um remédio e ele vai tomar de 9:30 ok?

-Ta certo. -Ally fala sorrindo para a moça.

-Ele não gosta desse remédio,  então você tem que dar na seringa,  ele vai pensar que é o outro remédio que tem gosto de jujuba de laranja. -Ela fala e eu vejo seu filho correndo ate nós. -Oi meu bem, mama só veio falar com a tia Ally, mas já está de saída. 

-Ta bom mama. -Benjamin fala agarrado em sua mãe. 

-Camila, segunda feira é dia de ficar com seu filho na sala, se der pra você vir com ele, vai ter brincadeiras. -Ally fala sorrindo. Camila, o nome da moça bela é Camila, um nome bonito para uma mulher linda.

-Claro, vou avisar na faculdade que eu trabalho que não vou poder ir segunda.

-Tudo bem, Benjamin vai ficar feliz, não é meu amor?

-Sim tia Ally, vai ser bom. -Ele fala e o sino da escola toca e ele coloca a mão nos ouvidos.

-Mamãe! -Olho para meu filho sorrindo e quando ele vem para mais perto eu pego ele no colo. -Podemos chamar o Ben para ir pra lá pra casa? A mamãe dele já tá aqui.

-Bom... -Olhei para a mulher a minha frente e só agora ela notou minha presença, pois ela olhou para mim.



Não sei o que aconteceu, eu nao ouvia ninguém,  só sussurros, parecia que só tinha nós duas ali. Eu olhava aquela mulher que tinha uma expressão curiosa e eu acho que estava fazendo careta, pois ela deu uma risada.



-Bom, acho melhor vocês irem, Camila está atrasada. -Ally fala nos tirando do transe.

-Sim. -A mulher fala colocando seu filho no chão  e eu faço o mesmo com Andrey. -Bom, quando eu voltar eu falo se deixo ok Dy?

-Ta bom tia Mila.

-Tchau.  -Camila sai da sala.

-Bom, tchau. -Falei saindo da sala.



Mesmo sabendo que ela estava atrasada, eu queria falar com ela, mesmo se for um "oi", mas acho que ela evaporou, não vi ela em canto nenhum.

Caminhei lentamente para meu carro, entrei nele e dei partida para meu trabalho. Como sempre eu não demorei a chegar era bem perto.

#

Era 12:17pm, tinha acabado de preparar o último prato e fui para meu escritorio, hoje o movimento foi agradavel, não me cansei e isso foi bom, pois eu tinha um compromisso hoje com Normani, ela iria me apresentar a arquiteta que irá trabalhar para mim no meu novo restaurante. 

Normani me disse que ela ja tinha feito um esboço  para mim ver, mas eu queria do jeito que eu comentei para a morena.

Normani não demorou muito e ja tinha chegado e entrado sem se importar com meu olhar bravo.




-Calada ok? Sabe que quem manda sou eu. -A morena fala e eu reviro os olhos. 

-Ja se fodeu? -Pergunto assinando uns papeis que tinha ali.

-Sim. -Fala dando de ombros e eu reviro os olhos. -Bom, Camila está esperando.

-Vamos logo. -Me levanto e caminho com ela. -Por favor,  que você não tenha transado com essa mulher e ela esteja só aqui por isso.

-Relaxe que Camila é a ultima pessoa que iria transar, vejo ela como uma irmã.

-Existe insesto sabia? -Falo e ela me da um murro no ombro. -Rapariga.

-Vem, olha ela ali. -Olho para onde ela tava apontando e vejo uma mulher de costas com um sobretudo bege.. Não pode ser... -Camila essa é Lauren, Laur essa é Camila, a arquiteta que eu te indiquei. 

-Camila.. -Ela se vira e sua expressão era de surpresa.

-Lauren?


Notas Finais


Bom gente, agradecendo de novo pelo carinho que vocês estão me dando e gostaria de deixar só um lembrete.

Bom, o primeiro e segundo cap teve mt comentários e o terceiro não teve tanto, então eu gostaria de pedir a vocês que comentem para que eu traga o mais rápido possível os cap e que eu escreva grandes.

Obrigada a todxs bjs
Favoritem e comentem por favor 🥰🤭💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...