História Amor Por Acidente. (Camren) - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally, Amor, Cabello, Camila, Camilacabello, Camren, Comedia, Dinah, Humor, Jauregui, Lauren, Laurenjauregui, Normani, Norminah, Romance
Visualizações 462
Palavras 367
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem. ; )

Capítulo 35 - Mudar?


Pov. Normani

Fiquei minutos no seu carro, talvez até uma hora. As palavras dela não saiam da minha cabeça. O que ela quis dizer com aquilo?

Saí do carro e caminhei até o elevador. 5º andar. Assim que me retirei da caixa metálica, tive uma sensação estranha, como se estivesse sendo observada. Balancei a cabeça negando essa hipótese maluca que passou em minha mente e entrei no meu apartamento.

-- Finalmente em. – Laur estava largada no sofá. – Pensei que a Dinah tinha te sequestrado, ou sei lá, que vocês até que fim estavam se pegando.

-- Claro que não. Nós mal conversamos. – Sentei no braço do sofá enquanto ela me encarava.

-- Poxa vida. Vocês são muito devagar. Tão pior que eu e a Camz.

-- Você acha que a Dinah pode mudar? – Perguntei após alguns minutos em meio aos meus pensamentos.

-- Bom, eu acredito que as pessoas mudam. Afinal, tudo está em constante mudança. – Ela se endireitou no sofá, se sentando de frente para mim e segurou a minha mão enquanto encarava meus olhos. – Quanto a DJ, eu acredito que sim. Ela pode mudar. Você só precisa ter paciência, Mani. Acredite nela. Dê uma chance pra ela. E se você perceber que ela não evoluiu quanto a relacionamentos, você simplesmente tenta esquece-la. Procura algo que te faça bem e se ocupa com isso. Más não desiste sem ter a certeza que de ela é ou não capaz. – Laur se levantou, me deu um beijo na testa e foi em direção ao quarto.

Fiquei pensando em tudo que ela falou. E sinceramente, estou muito confusa. Sei que a Lauren tem razão. Eu só preciso ter paciência. Más tenho medo de me machucar. Sei que a Dinah pode ser muito impulsiva as vezes. O problema é que é difícil me controlar para não ir atrás dela e agarrá-la. Caramba, ela é linda, muito engraçada e completamente maluquinha. Todas as vezes que a Laur me conta alguma história da Dinah, eu simplesmente fico fascinada de o quanto ela é divertida e espontânea. Talvez eu precise dela para alegrar a minha vida.

Senti meu celular vibrar no bolso da calça. Assim que olhei a tela tomei um pequeno susto.


Notas Finais


Hey crianças!!

Tô começando a achar que quem devia ser psicóloga era a Lauren.
Quem será que quer falar com a Mani?

; )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...