História Amor por coincidência. - Park Jimin - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Oie voltei!
Boa Leitura.

Capítulo 13 - Desconfiança.


Fanfic / Fanfiction Amor por coincidência. - Park Jimin - Capítulo 13 - Desconfiança.

                  ◇ Choi Min Cha ON ◇

- Min Cha, tava pensando em irmos almoçar em um restaurante italiano de foi inaugurado a poucos meses, o que você acha?- Jimin perguntou tirando minha atenção do balanço patrimonial que a pouco tinha sido enviado para que eu fizesse um relatório.

- pode ser.- falei sem interesse, nem sei o que ele me falou.

- ou você quer ir no restaurante de sempre? Ele fica mais perto.

- certo.

- certo o quê?- Jimin perguntou girando minha cadeira.

- não sei.- falei sorrindo.

- Eu te chamei pra almoçarmos em um restaurante italiano.

- ah, eu acho que não vai rolar isso. Pode ser amanhã?

- por que? A ChinSun me falou que ontem você encontrou com Yoongi.

- não, ele encontrou comigo. E eu vou me encontrar com Yoongi hoje na hora do almoço.

- eu não acredito nisso!- Jimin falou levantando de solavanco da cadeira dele.- você está me fazendo de palhaço?! É isso que eu sou pra você, Min Cha? Ele te traí eu me declaro pra você quando você tá na fossa e agora ele decide voltar pra você e você vai feito uma cachorrinha?!

Nunca tinha visto Jimin tão transtornado daquele jeito, ele estava vermelho de raiva. Fiquei apenas olhando para um Jimin raivoso que andava de um lado para o outro do escritório bagunçando os cabelos de um jeito impaciente.

- Jimin...

- EU NÃO VOU ACEITAR SER SEU PALHAÇO, MIN CHA!- Jimin gritou batendo as duas mãos na minha mesa, pulei minimamente da cadeira.- você não pode brincar com as minhas emoções.

- Jimin, eu não estou fazendo nada demais. - falei indo até jimin. Abracei o loiro e sorri.- eu te amo, Park Jimin. Você é um idiota tonto se acha que eu vou te trocar pelo Yoongi ou por qualquer outro cara. Eu te amo meu ciumento.

- eu te amo muito e não sei como reagiria se você me deixasse. Você nunca vai fazer isso não é?- Jimin perguntou segurando meu rosto com as mãos.- Min Cha...

- Jimin, você é meu tudo.- falei fazendo carinho no rosto dele. - se quiser podemos casar amanhã mesmo.

- não me engane, Min Cha. - Jimin falou sorrindo. Meu coração chega até a errar a batida quando esse idiota sorrir.

- Eu te amo seu tonto. Se você quiser podemos ir a esse restaurante, mas antes eu vou conversar com o Yoongi e me resolver com ele.- Jimin me largou e sentou no sofá.

- não confio naquele branquelo.

- confie em mim.- falei sentando ao lado dela.- você pode me esperar no carro e depois que eu falar com o Yoongi nós vamos almoçar. Só dei cinco minutos a ele.

- Só cinco minutos? Isso é uma eternidade.

- quando se espera, mas não é quando tem que se argumentar.

- ok. Eu te espero, onde você vai ver ele?

- na cafeteria aqui perto.- falei indo até minha mesa pegar minha bolsa. Tirei meu celular de dentro da bolsa e lá tinha uma mensagem de Yoongi dizendo já está me esperando na cafeteria. - vamos Yoongi já está me esperando.

- vamos.- Jimin falou segurando minha mão.- em cinco minutos se boca não sair daquela cafeteria eu mesmo vou entrar lá e te levar na força do ódio de lá, entendeu?

- Jimin, não me amole.- falei séria olhando para o loiro a minha frente.- eu vou lá e você não vai sair desse carro, entendeu?

- mas, Min Cha....

- sem isso de "mas". Eu vou lá e volto quando menos você esperar.- falei e saí do carro. Entrei na cafeteria e sei uma olhada no local e logo vi Yoongi sentado em um lugar mais sossegado. Caminhei até o branquelo e sentei em uma cadeira de frente para ele.- seja breve, Min Yoongi.

- Bom dia pra você também.- Yoongi debochou. É sério que ele me chamou aqui pra isso?

- Yoongi, vá direto ao ponto.

- Min Cha, eu pedi pra te ver porque eu queria te explicar o que aconteceu naquela manhã, não posso te deixar pensando que eu sou um babaca idiota. Naquele dia depois que você saiu do meu apartamento, uns minutos depois, tocaram a campainha e quando eu abri percebi que era a camareira, eu não dei a mínima pra ela, até porquê eu estava com você. A mulher, que eu nem sei o nome, começou a limpar e em um determinado momento ela gritou, pensei que ela tinha se machucado ou algo do tipo...

- aí então você foi beijar ela para a dor passar?!- debochei sorrindo.

- NÃO!

- ei não grita.

- tá desculpa. Ela me agarrou, eu juro não foi porquê eu quis. Quando eu percebi você estava lá e o resto você já sabe.

- ok. Isso era o que você ia me dizer?

- não é sim. Min Cha, eu quero te pedi perdão, eu não queria te magoar nunca foi a minha intenção. Eu te amo, Min Cha.

- Yoongi, eu namoro o Jimin.

- mas você traía ele comigo! Ele sabe disso?

- isso foi um erro desgraçado da minha vida. Jimin me perdoou dessa falha.

- eu fui erro na sua vida?

- Yoongi, tudo o que a gente viveu foi muito legal, incrível eu diria. Cheguei achar até que eu estava me apaixonando por você, mas depois de te ver com aquela mulher eu percebi que você não era o cara certo, nunca foi.

- E esse cara certo é o idiota do seu namorado?!

- sim, eu amo o Jimin e ele também me ama, ele me provou isso.

- Eu também te amo.

- seus cinco minutos acabaram, Yoongi.- falei ficando de pé.- fique bem, querido.

- Min Cha, não vá. - Yoongi pediu segurando meu pulso. O abracei de uma forma calorosa.

- Yoongi eu preciso ir. - falei me soltando do abraço.- fique bem.

Ele não me respondeu nada. Saí do local e dei de cara com um Park nervoso vindo até meu encontro.

- você demorou quase dez minutos lá dentro.- Jimin falou me puxando contra o corpo dele.

- Eu te amo.- falei beijando o pescoço do meu Park.- adoro seu perfume.

- você tá com o cheiro de outro homem.- Jimin acusou me afastando dele.

- Jimin, eu abracei o Yoongi, foi só isso.

- Você me traiu com ele!

- Jimin...

- Min Cha, eu não quero ouvir suas desculpas agora.- Jimin falou indo para o lado do motorista. - entra no carro.

Saí de perto dele com os olhos cheios de lágrimas.

- Min Cha, volte aqui!- Jimin gritou batendo a porta do carro.

  Comecei a correr feito uma desvairada no meio das pessoas até que não podia mais ouvir a voz de ninguém conhecido.


Notas Finais


Qualquer erro será revisado em breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...