História Amor por um contrato - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Nathaniel, Personagens Originais, Rosalya
Tags Nathaniel
Visualizações 56
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então mais mais um capítulo para vocês 😘😘😘 espero que gostem.

Capítulo 12 - Tarde com os amigos


Fanfic / Fanfiction Amor por um contrato - Capítulo 12 - Tarde com os amigos

Laura - Espero que estejam preparados para o resultado do teste. - Assentimos e ela prosseguiu. - Os testes tanto o de toque quanto o de sangue deram. - Aquele suspense me matava por dentro eu preciso saber. - Deram positivo, parabéns você está grávida Heloísa. - Sorrir pela notícia, mais estou preucupada tenho 17 anos é vou ser mãe, coloco minha mão na minha barriga, saímos do consultório e fomos direto para casa, chegando lá vi os novos integrantes da casa dormindo no sofá.

Nath - Nath, como vai ser daqui pra frente? - Eu olhava preucupado, ele sabia que ser pais muito novos atrapalharia os nossos estudos.

Nath - Eu não sei. - Me sento perto das duas bolas de pelos. - Eu não queria que isso estivesse acontecendo.

Heló - A culpa não é sua, a culpa é dos nossos pais, você sabe disso.

Nath - Sei. - Falou quase num sussurro.

Heló - Eles precisam de um nome agora. - Faço um carinho no felino que está dormindo tão tranquila que não tenho coragem de acorda-la. 

Nath - Hummmm que tal Branca para ela. - Falava fazendo carinho na gatinha.

Heló - É para esse garotão podemos chamalos de - Fiquei um tempo pensando. - Duque.

Nath - Duque?

Heló - Sim Duque, era o nome do cavalo da minha vô.

Os dias se passaram e eu completei um mês de gestação também comecei a sentir uns enjôos, meus amigos não sabem da minha gravidez ainda, meus pais estão viajando então poucos sabem que eu estou grávida.

Não foi tão fácil de me acostumar com a idéia de estar grávida, um bebê, um vida dentro de mim e que só tá aqui por causa de um maldito papel, mais esse bebê vai ter todo amor que ele merece. 

Heló - Nath eu tô um pouco enjoado. - Falo com voz manhosa.

Nath - Já tomou o remédio de enjôo. - Fala fazendo carinho na minha barriga.

Heló - sim.

Nath - Então eu não posso fazer nada. - Eu estava deitada no seu colo.

Heló - Hoje meus amigos vem aqui em casa.

Nath - Fazer oque?

Heló - Passar o tempo, eu quase não converso com eles na escola. - me levanto de seu colo e vou fazer carinho no Duque.

Nath - Tudo bem, pelo menos você não vai estar sozinha. - Quando eu ia falar a campainha toca. - Eu vou lá atender.

Heló - Eu nunca ia estar sozinha pois eu tenho o Duque e a Branca. - Digo abraçando os dois animais que estavam ao meu lado.

P.O.V Nathaniel

Deixo a Heló na sala e vou atender a porta e tenho uma surpresa Rosa e o Alex os amigos da Heló estão aqui, pensei que viriam mais tarde.

Rosa - Oi nath, podemos entrar? - Rosa, a pessoa mais extrovertida e animada que eu conheço.

Nath - Claro, a Heló na sala. - Dou espaço para eles passarem.

Eu os acompanho até a sala onde Heló estava deitada com o Duque emcima dela e Branca deitada no tapete da sala perto do sofá onde ela estava, logo quando percebe que estamos ali se-levanta e se ajeita no sofá colocando Duque no chão acordando Branca.

P.O.V Heloísa 

Heló - Oi gente. - Aceno para eles.

Rosa - Oiiiiiii amiga. - Diz me abraçando com muitá força. 

Heló - Rosa tá me sufocando.

Rosa - Desculpa miga.

Alex - E eu fico sem abraço. - Fica com cara emburrada para nós duas.

Heló - Nunca. - Eu abracei o mais forte que eu pude.

Rosa - São de vocês. - Diz se referindo ao Duque e Branca.

Heló - Sim é nosso. - Minha visão começou a ficar meio turva e tudo começou a ficar preto tudo que eu consegui ouvir e sentir foi Nathaniel me segurado me pedindo para acordar, acho que eu estraguei a tarde com os amigos. 

P.O.V Nathaniel

Segurou Heloísa é a levo nos braços até nosso quarto, coloco Heló na cama e meu celular toca e vou atender

Nath - Eu tenho que atender. - Eles assentiram para mim.

Nath - Alô.

Francis - Nathaniel está atrasado. - Ele fala com aquela voz que me causa arrepios.

Nath - Eu sei pai mais a Heló passou mal e eu não posso deixar ela só aqui e ela também está grávida o senhor sabe disso. - Ele fica um tempo sem responder.

Francis - Tudo bem, por essa vez passa mais só porque envolve meu neto, mais espero você amanhã aqui sem falta? - Ele desliga na minha cara. Subo para ver Heló.

P.O.V Heloísa

Acordo vendo meus amigos assustados perto da cama.

Alex - Será que ela tá bem?

Rosa - Ele forte Alex, mais quando ela acordar vai ter que explica oque tá acontecendo. - O Alex só balança a cabeça concordando, até que eles percebem que eu acordei.

Alex - Miga você tá bem, porque desmaiou?

Rosa - Você tá comendo direito?

Alex - Você tá doente, aquela história do" exame de rotina" eu ainda não engoli.

Rosa - Que exame é esse? - Ela olha o Alex e depois eu. - Heló que exame é esse.

Heló - Eu preciso contar uma coisa para vocês. 


Notas Finais


Então como vão?
Gostam da cap?
Querem mais?
Por favor me respondam, eu não gosto de leitoras fantasma, isso dá um desânimo de escrever, e essas leitoras fantasma estão aparecendo cada vez mais e estão atingindo até grandes escritores ( que eu leio) aqui do spiri
Um beijo e até o próximo cap 🙋 🙋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...