História Amor Possessivo - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amizade, Amor, Aventura, Drama, Estrupo, Feminino, Nudez, Possessivo
Visualizações 31
Palavras 570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


me desculpem por demorar tanto, estava sem ideia, mas agora vou me esforçar mais.

Capítulo 16 - Normal?


Dante

Talvez eu esteja indo longe demais, mas se eu não for ele vai.

Eu a olha incansavelmente, ela é tão linda.

Me levante bem devagar para não acordá-la, fiz minha higiene matinal.

Me sentei na sacada, pensando no que iríamos fazer. Estou com medo, sempre tive tudo ao meu controle e agora nem sei mais o significado de controle. Mas acho melhor parar de pensar nisso.

Sinto uma mão no meu pescoço.

- bom dia meu amor!

- bom dia.

- a aurora ainda está dormindo?

- sim, que tal fazermos o café?

- ok.

Fizemos o café da manhã, e ayla foi acorda aurora.

Pego o meu celular e olho minhas mensagens, não tinha da demais para mim fazer hoje há não ser por elaborar esse plano maluco.

A: bom dia

- bom dia!

Ay: vamos tomar café, porque estou morrendo de fome.

-ok

Nós nos sentamos e tomamos nosso café em um silêncio confortável.

A: é sempre assim? Digo, vocês são sempre tão normais assim?

- aurora, não existe nada normal nesse mundo, mas respondendo sua pergunta. Sim sempre é assim.

Ay: porque seria diferente?

A: não sei, toda vez que eu leio algo que tenha haver com incesto, eu penso em um amor louco e possessivo e tudo mais.

- as pessoas têm uma imagem distorcida da realidade, não as julgo por isso, a religião e a sociedade as fizeram vê dessa forma. Pra mim e para a ayla foi muito difícil se acostumar com a ideia, tivemos que superar muita coisa, principalmente a nós mesmos.

Tudo que disse para aurora era verdade, foi muito difícil me acostumar com a ideia de transar com minha irmã.

Tinha muita coisa que passava na minha cabeça, pensava que estava ficando louco e precisava o mais rápido possível de um psiquiatra.

Fiquei pensando nas possibilidades de dar certo e de não dar certo.

O medo me dominou por completo, não sabia mais como pensar com a razão. O meu maior medo foi e se descobrirem tudo?

Na época não tinha psicológico suficiente para aguentar a pressão.

Passei anos da minha vida me preparando psicologicamente.

Tinha dias que eu acordava e pensava em como toda essa jornada poderia acabar, mas eu me lembrava dela e então continuava a caminhar.

Quando lidei com o patriarca e achei que iria morrer, me levantei do chão e seguir em frente.

Muitos dizem que incesto é um amor doentio, talvez seja, mas ele pode ser possessivo como qualquer relacionamento. As pessoas sempre procuram justificativas para tudo, acho que elas apenas deveriam deixar pra lá e seguir em frente.

Ay: não é amor?

- o'que?

A: ele não estava prestando atenção no que estávamos dizendo.

- sinto muito.

Ay: tudo bem?

- sim, só estava perdido nos pensamentos.

Autora

Não muito distante da casa de Dante.

Noah estava tendo outro de seus colapsos de loucura.

Harry tentava o acalmar.

- pai se acalme, por favor.

- eu quero ela, agora!

- espere ela estará aqui em breve! Mas primeiro temos que da um jeito de afastar aquele projeto mal sucedido de ser humano.

Todos achavam que a mente perigosa era a de Noah, mas a verdadeira era a de Harry.

Muitos não sabiam mais o grande amor de Harry foi Dante .

Ele tinha planejado tudo.

Fazer ayla se apaixonar pelo seu pai, mas o que ele não esperava era que Dante apareceria tão cedo.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...