História Amor pra toda vida! - Capítulo 123


Escrita por: ~

Postado
Categorias Totalmente Demais
Personagens Arthur Valmont Carneiro de Alcântara, Carolina "Carol" Castilho, Cassandra Matoso "Sandra", Charles, Débora Matoso, Eliza de Assis, Fabio "Fabinho" de Bocaiuva Monteiro, Germano Monteiro, Gilda de Assis Machado, Hugo Matoso, Isadora "Dorinha" Castilho, Jamaica, Jonatas, Jorge "Jacaré" da Silva, Liliane "Lili" de Bocaiuva Monteiro, Maria Luísa "Lu", Personagens Originais, Rafael Guerra, Rosângela Castro, Silas, Sofia de Bocaiuva Monteiro, Zé Pedro
Tags Amor Pra Vida Toda, Cassinho, Gerlili, Totalmente Demais
Visualizações 117
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 123 - "Tô com desejo...de sentir você."


Fanfic / Fanfiction Amor pra toda vida! - Capítulo 123 - "Tô com desejo...de sentir você."

Mais uma semana estava começando...Na mansão, no Rio Germano estava no quarto das meninas enquanto sua esposa ainda dormia, pois ela havia virado a noite olhando as netas....

Na mansão, em Angra... O casal, Silvia e Vini já estavam na praia, enquanto os outros dois ainda dormiam.

{Silvia} Até que essa viagem está sendo legal, apesar de estar no segundo dia está perfeito. Eu e o Vini já fizemos tantas coisas loucas. Começando por ontem, fazendo amor na piscina pensando que não tínhamos funcionários e depois fugindo do quarto para ir na praia a noite, coisa que a Sofia jamais permitiria.

-Amor? A gente estamos esquecendo de uma coisa- Disse ele olhando nos meus olhos

-Tipo? -Perguntei

-De usar a camisinha...

-AH! -Questionei- Pera, nem lembramos mesmo.

-E agora? A culpa foi minha, ai meu Deus.

-Meu bem relaxa, já aconteceu, a culpa não é só sua. Eu também vacilei.

-Não tem como relaxar.

-Ué... Não tô te entendendo.

-Por que?

-Você tá preocupado demais.

-Você quer que eu fique como?

-Amor, olha pra mim... Já aconteceu! -Eu realmente não entendi sua preocupação exagerada, afinal se vier outro filho, teremos que arcar com as novas responsabilidades, mas ele queria ter outros filhos, então...-Mas você não queria ter outros filhos? Se vier, vamos cuidar ué.

-Sim eu quero, mas... Ué você nem reclamou se isso acontecer.

-Vini! -Eu disse pegando em seu rosto- Eu não reclamei porque não há motivos. Já estamos casados, esse lance de ser nova, pra mim não significa nada, sinceramente. E outra, nós vacilamos e como da outra vez, vamos assumir as nossas responsabilidades.

-Você mudou, hein?! Mas seus pais não vão deixar a gente sair quando precisamos, eles vão brigar com a gente de novo.

-Ei não precisamos se preocupar com isso agora, porque não sabemos ainda.

-Mas temos que estar preparados.

-Vamos pensar nisso numa outra hora, tabom?

-Tabom, amor.

Depois dessa conversa ele foi pra água e eu peguei meu celular onde tinha mensagens da minha mãe, do meu pai, e de alguns amigos. Acabei lendo algumas delas e depois fui ao encontro com o Vini no mar.

 

 

[Rio]

 

Assim que acordou foi direto procurar seu marido, que estava sentado em uma das poltronas do quarto das gêmeas lendo um jornal..

Lili- Bom dia amor da minha vida- Disse colocando suas mãos por cima do jornal

Germano- Bom dia linda, como está?

Lili- Bem e você?

Germano- Bem!

Lili- Germano? -Chamou sedutoramente -Olha pra mim.

Germano- Hm

Lili- 

Germano- Agora não.

Lili- Ah Germano, não vacila... As meninas não vão acordar agora, por favor.

Germano- Tudo bem!- Disse se levantando - Vamos para o nosso quarto, então!

Lili- Me leva no colo então?

Germano- Com maior prazer...

Logo pegou a em seu colo, e ambos foram para seu quarto entre beijos e tropeços...Em seguida já estavam na cama fazendo amor...

-Me faça toda sua!- Disse entre gemidos- Está livre pra tudo.

-Assim que eu gosto! -Respondeu descendo os beijos e deixando a delirada

Após um sentir ao outro, logo ficam um do lado do outro, Lili com sua cabeça apoiada em seu peitoral  e ele cariciando seus cabelos:

-O que deu em você hoje? Acordou totalmente diferente.

-Não sei, anjo.

-Que coisa louca- Brincou- Amei! Logo de manhã.

-Confesso que eu também amei.

-Hm!

-Sabia que é bom ter você pra sentir, amar.

-Ownt! Ela tá toda romântica gente.

-Isso não é bom?

-Isso é raro de acontecer! -Completou- Isso é muito bom. E eu amo cada vez mais.

-Ah bobinho. Eu acho que quanto mais ficamos velhos mais ousados ficamos, concorda?

-Não sei, talvez seja.

-Hm...Eu tô com fome, não quer preparar algo não?

-Eu quero é...-Disse levantando sua cabeça- É ficar grudado com você o dia todo.

-Uau... Se pudesse eu também! Mas temos duas crianças pra cuidar.

-Quem disse isso?
-Ué...o que tu está armando?

-Não te contei ontem não, que a Cassandra vai pegar as meninas pra passar alguns dias lá?

-Não sabia não, e a Silvia sabe?

-Sim, ela concordou.

-Danadinhos vocês hein.

-Que nada!

-Bom pelo menos vamos ficas a sós mesmo.

-Sim! Pra fazer outros filhos

-Germano de novo isso?

-Desculpa é que eu me empolguei!

-Percebi! -Disse dando um selinho nele -Te amo!

-Também louca! 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...