História Amor Proibido - ( Imagine Park Jimin) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts
Visualizações 124
Palavras 1.730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Meu irmão é lindo mesmo


Fanfic / Fanfiction Amor Proibido - ( Imagine Park Jimin) - Capítulo 2 - Meu irmão é lindo mesmo

Acordei atrasada para ir á escola pois o despertador não tocou,  vou correndo para o banheiro gritando:  

-JIMIN POR QUE VOCÊ NÃO ME ACORDOU?! - digo furiosa pegando a toalha. 

Termino meu banho rápido,  e pego uma calça,  e minha blusa de manga longa favorita,  calço meu tênis.  Abri a porta do quarto indo em direção a escada,  quando de repente me dou de cara com meu irmão,  ele estava muito lindo,  com uma camisa social com calça e sapatos pretos.  Ele vinha em minha direção passando a mão em seus Cabelos.  Não tinha como resistir,  me hipnotizo olhando sua beleza e sentindo o cheiro gostoso de seu perfume. 

Desço a escada correndo pois havia lembrado que já estava mais do que atrasada,  quando piso no último degrau me atrapalho e machuco meu joelho no ferro da escada,  encarei no machucado com os olhos enchendo de lágrima enquanto Jimin descia. 

Falei para ele que estava doendo,  o mesmo me pegou no colo e colocou-me no banco da cozinha pegando um curativo para colocar sobre o machucado,  fiquei o encarando enquanto ele limpava o machucado. 

Entramos no carro o mais rápido possível,  e fomos em direção a escola,  chegando lá quase que não consigo entrar por conta do atraso.  Entro na sala pedindo licença ao professor que estava presente,  e vou em direção à minha carteira sentando na mesma.  Quando me sento,  Só o,  minha melhor amiga me chama:  

- (s/n)  por que chegou tão atrasada assim? - ela pergunta curiosa. 

- O despertador não tocou,  e o irresponsável do meu irmão não me acordou- falei e fechei a cara por que ainda estava com raiva de meu irmão por não ter me acordado. 

~ Quebra de tempo~

As aulas do dia acabaram,  e fomos todos embora.  Fico no portão esperando Jimin vir me buscar com o carro que meus pais deram de presente a ele. 

Enquanto Jimin não chegava fiquei fora da escola conversando com Kyung,  meu amigo.  

Jimin chega com o carro e desce do mesmo me puxando pelo braço,  entro no carro e pergunto por que ele fez isso

- quem mandou vc ficar de papinho com esse garoto em (S/n) - ele fala num Yom de voz irritado. 

- não estava fazendo nada demais, apenas estava conversando com ele enquanto vc não chegava. - digo com ignorância. 

Seguimos caminho até em casa em silêncio. 

Me surpreendi quando vi que Jimin tinha feito comida.  Almoçamos e ficamos ainda sem nos falar por um tempinho. Terminamos de almoçar,  e fui para meu quarto,  peguei meu celular e mandei mensagem para Soo,  perguntando se ela queria vir aqui em casa para assistirmos um filme,  ela aceitou e em poucos minutos chegou. Conversamos,  e fui fazer pipoca enquanto ela escolhia um filme.  De repente me deparo com alguém me encoxando,  era o Jimin,  eu o empurrei pra longe de mim

-Jimin cê tá ficando doido é?- pergunto furiosa. 

-tá doida garota?  Eu estava apenas querendo pegar um copo no armário em cima da pia sua louca! - ele diz com olhar sarcástico. 

-Sai daqui Jimin,  que saco- digo elevando a voz á ele. 

Ele sai da cozinha com um olhar malicioso e vai em direção ao seu quarto. 

Terminei de assistir o filme com a Soo,  e o Jimin nos aparece todo molhado apenas de bermuda com seu abdômen exposto,  fico encarando aquilo e depois disfarço. 

A Soo já nem ligava mais,  ela já se acostumou com ele,  e sabia o quanto era safado. 

Os pais de Soo chegam para buscá-la e ela vai embora.  Eu deitei no sofá e cochilei,  acordei quando já havia anoitecido. Estranhei a ausência de Jimin.  Um tempo depois o mesmo desce todo arrumado com o cabelo jogado de lado meio bagunçado. 

-Vou á uma festa,  o taehyung ira cuidar de vc. - ele diz pegando a chave do carro. 

- A não Jimin por favor,  deixe-me ir com vc. - choraminguei. 

-Não. - ele disse abrindo a porta para Taehyung entrar. 

-Não faça nada com minha irmã ouviu?  Apenas fique de olho nela para ela não Aprontar- ele fala olhando com uma cara de raiva encarando Taehyung. 

Ok!  Pode deixar. - Tae disse se jogando no sofa ao mecher no celular. 

Subo para meu quarto,  e fico lá por um bom tempo.  Escuto batidas na porta,  era o Tae: 

-(S/n)  vem pra sala comigo, vamos assistir algo? - ele perguntou

Eu fui já que estava no tédio em. Meu quarto,  resolvi descer para assistir com ele

- o que vamos assistir Tae?  Pergunto

-Que tal 50 tons de cinza? Ele perguntou me olhando com  olhar malicioso. 

Ok. - respondi,  já que não havia assistido ainda. 

Trampei os olhos rapidamente quando veio a cena de um casal transando. Taehyung olha pra mim e da uma risada maliciosa. 

- Que foi (s/n) ?  Por que tampou os olhos? - ele pergunta já sabendo o que eu ia responder. 

- v- você sabe m-muito bem o por que!- digo gaguejando. 

Ele se aproximou de mim segurando minha cintura. 

-Relaxa (s/n)  isso é super normal! - ele disse dando um sorriso de lado. 

Ele me roubou um selinho,  e olhei para ele com os olhos arregalados. 

-Calma (s/n).  - ele diz tentando me tranquilizar

Ele se aproximou de novo para me beijar

-T-tae...  É que e-eu sou bv. - disse e abaixando a cabeça. 

-não tem problema (s/n) eu tiro ele agora mesmo.- ele disse aproximando seus lábios do meu rosto. 

-Tae,  e-eu  não sei b-beijar- digo envergonhada. 

- é simples (s/n),  basta colar seus lábios no meu e movimentar a língua me minha boca,  você também pode dar umas leves mordidas nos lábios se quiser. 

Ele colou seus lábios no meu e o acompanhei em tudo q fazia,  como não sou tão lerda,  logo peguei o ritmo. 

- Pronto,  e agora?  Ele diz olhando ainda para meus lábios. 

- e-eu quero m-mais- digo olhando para ele e coro. 

Ele me agarrou pela cimtura e me deitou no sofá ficando por cima de mim. Ele deu chupões no meu pescoço me fazendo arfar e arrepiar. Continuamos nos beijando,  até que ele passou a mão por dentro de minha blusa passando as mãos em meus seios e apertando os mesmos,  eu não disse nada,  por que apesar disso eu estava gostando. De repente nos escutamos um barulho de chave na porta,  nos afastamos rapidamente e fingimos que estávamos apenas assistindo um filme,  que por sorte já havíamos terminado de assistir o outro. 


Jimin entra,  e Taehyung vai embora se despedindo de mim com um beijo no rosto.  Logo percebo a cara de raiva de Jimin ao ver a cena. 

Vou dormir pois já estava tarde,  nem falo com Jimin e subo direto para meu quarto

~Quebra de tempo~ acordei quase 11 horas da manhã pois era sábado,  desci e Jimin me abordou

- aleluia em,  achei que fosse dormir até amanhã! - ele diz irônico

-Hahaha- viro os olhos e vou á cozinha

(S/n)  off

Jimin on

Nossa!  Eu não queria reparar,  mas o corpo da minha irmã é muito perfeito,  e ela ainda usa essas roupas para dormir,  sei que é errado mais minha irmã é muito gostosa. 

Entro na cozinha á sua procura,  vou falar com ela e chego por trás,  fazendo a mesma jogar água em mim sem querer

-Aish! Sua lerda olha o que você fez! - eu digo a encarando bravo.

 Ela vira os olhos e eu seguro seu rosto a encanrando quando me deparo com um chupão em seu pescoço. 

-QUE PORRA É ESSA AQUI (S/N)?! Eu pergunto furioso. 

-o que?! - ela se faz de desentendida

-isso aqui! - Digo pressionando o local. 

Ela fica em silêncio como se não soubesse de nada.  Pego ela pelo braço a levando pro banheiro e a colocando em frente ao espelho. 

-OLHA ISSO AQUI (S/N)  É UM CHUPÃO!  QUEM FEZ ISSO EM VOCÊ?! - pergunto com mais raiva ainda. 

-E-eu me machuquei,  é só isso. - ela diz tentando me enganar. 

-FALE A VERDADE AGORA!- eu aumento ainda mais meu tomar de voz com ela. 

-m-mas é a verdade! - ela diz fitando um ponto qualquer do banheiro. 

- não eu sei que não é,  fala logo antes que eu me irrite ainda mais. - digo tentando me acalmar ao máximo. 

- f-foi o Taehyung. - ela diz e abaixa a cabeça

-QUE CUZÃO!  COMO VC DEIXOU ISSO (S/N)?  EU VOU MATAR AQUELE DESGRAÇADO!- digo me retirando do banheiro com o sangue fervendo. 

Ela me puxa pelo braço

-espera,  deixa eu explicar!- ela pede com a maior calma

- o Taehyung estava me ensinando a beijar,  é isso!- Ela diz abaixando a cabeça. 

-POR QUE VOCÊ DEIXOU?  AINDA TEM MAIS ALGO A ME CONTAR?- pergunto com mais curiosidade ainda

-s-sim,  ele me beijou e apertou meus seios. - ela diz me encarando esperando uma resposta

Eu retiro ela do banheiro e pergunto por que ela o deixou fazer aquilo gritando e olhando nos fundos dos olhos dela

- Eu só queria aprender Jimin,  não queria ser bv pra sempre!  Ela diz tentando se afastar de mim. 

-MAS POR QUE COM ELE?  LOGO COM MEU MELHOR AMIGO?- pergunto segurando seis pulsos

Ela fica calada e desvia o olhar de mim

- mas o que você achou? - Pergunto esperando uma resposta óbvia. 

-olha,  ele disse que pra minha primeira vez eu beijo bem. - ela diz orgulhosa de si mesma

- Me prove- digo a encarando

-o que?  Kkkkk boa piada Jimin. -ela ri,  mas eu continuo sério encostando seu corpo mais ainda no meu. 

- J-jimin...  Nao podemos,  somos irmãos isso é errado. 

-Silêncio...  Ninguém ficará sabendo,  só quero ver se você aprendeu a beijar- digo colando seus lábios nos meus. 

Ela tenta negar,  mas acaba sedendo o beijo,  passei minhas mãos pela sua cintura, colando mais ainda nossos corpos,  mas logo tivemos que parar por causa da maldita falta de ar.  Enquanto eu beijo seu pescoço,  meu membro começa a ficar duro,  e então eu a solto e vou ao banheiro. 

- Você tá doido de ficar duro pra sua própria irmã?  -Digo encarando meu membro

Tiro a roupa e entro no chuveiro tentando aliviar a ereção.  Enquanto a água caia em minha cabeça comecei a pensar no beijo

Não,  isso não é errado,  eu nunca seria capaz de ficar com minha irmã,  isso jamais,  é incesto. Eu sei me controlar muito bem...  Eu acho,  mas não posso negar que ela é gostosa pra caralho! - digo para mim mesmo em minha cabeça. 



Notas Finais


Obrigada por ler, e até o próximo capítulo! ❣🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...