1. Spirit Fanfics >
  2. Amor proibido - JENSOO >
  3. Ela te ama!!!

História Amor proibido - JENSOO - Capítulo 64


Escrita por:


Notas do Autor


amo vocês tá? desculpa a demora
boa leitura ♥️🍑💙

Capítulo 64 - Ela te ama!!!


Jennie pov 

acordei bem assustada, suando e minha respiração estava descompassada, a Jisoo acordou com o mini gritinho que eu dei e me abraçou 

- oque foi amor? - perguntou com uma voz rouca ainda me abraçando

- e-eu tive um pesadelo - Ela me olhou e fez um sinal para eu prosseguir - Eu tinha chegado em casa, e fui direito pro nosso quarto mas 

- mas.... 

- você não estava sozinha - agora ela estava confusa e todas as imagens passaram pela minha cabeça - você estava me traindo com a Nancy, na nossa cama 

- foi só um pesadelo - falou olhando no fundo dos meus olhos - fique calma meu amor, isso não vai acontecer e se algum dia ela tentar, eu nunca vou deixar meu bem

- não solta a minha mão Jisoo, por favor - eu comecei a chorar, parecia drama, mas eu não consigo controlar minhas emoções ultimamente - não me deixa agora Jisoo, por favor - ela me puxou cuidadosamente e eu sentei em seu colo, sem malícia meus caros leitores e minha cara autora que pensou em escrever coisas impuras - Jisoo me promete, por favor 

- calma meu amor, não precisa chorar - passou os braços por minha cintura e eu agarrei seu pescoço - eu não vou largar a sua mão Jendeuk, para de chorar, isso parte meu coração, eu prometo que nunca vou te deixar

- eu te amo - ela sorri limpando minhas lágrimas com beijos e me deitou com cuidado na cama, me abraçando depois 

- eu te amo muito mais, não duvide - ela começou a fazer carinho no meu cabelo e também começou a cantar, isso geralmente me acalma 

quando ela terminou de cantar, beijou minha testa e dormiu ainda me abraçando, logo adormeci também 



//


acordei e a Jisoo não estava mais na cama, me levantei lentamente e fui até o banheiro, no caminho esbarrei com algumas sacolas, resolvi abrir, eram roupas infantis, é ponha infantis nisso......ah não

- KIM JISOO!! - Gritei e a mesma correu até a cama - que porra é essa?! 

- roupas do Hyunsik - respondeu sorrindo, aí que vontande de quebrar todos esses - não gostou? 

- o nosso filho vai se vestir igual um palhaço! - ela enguliu a seco enquanto eu me aproximava - você vai morrer!!

- eu não te entendo meu amor, uma hora quer minha atenção, carinho amor, outra hora quer matar a mãe do teus filhos? - falou calma, é isso que me frusta, conforme esse sorriso fica maior, mais calma ele me traz - você nem sabe o estilo que ele vai gostar 

- vai se fuder - ela sorriu e passou os braços por meu pescoço, juntando nossos lábios em seguida 

- não vai dizer que não me ama? apesar de eu ser tão infantil algumas horas? - falou contra meus lábios colando ainda mais nossos corpos 

- eu acho fofo - confessei sem nem mesmo perceber e quando me dei conta já estava por baixo da Jisoo, recebendo beijos por todo o meu rosto e pescoço - vamos! quero comer

- oque você quer comer? - perguntou olhando nos meus olhos e eu adorava isso, ver seu olhar sobre o meu, realmente incrível 

- pizza - falei e ela me olhou confusa

- meu amor, você odeia pizza - pode ser verdade 

- mas eu tô com desejo, compra pra mim? - fiz um bico e ela rolou os olhos 

- quer de quê? - ela vai pagar! ouvir um amém irmãos?!! - porque tá dançando? eu nhein, garota louca 

- felicidade!!!! 

depois que a gente comeu, ela foi trabalhar e eu fiquei moscando naquela casa, pensando, criando paranóia até sentir um enjôo, cheguei no banheiro e vomitei tudo, eu sei que é normal nos primeiros meses, mas isso ainda me assusta, porque ocorre todos os dias 


//

 

depois de tomar meu banho e remédios a Lisa, chegou, segundo ela pra fazer companhia, na minha visão é me irritar

- tá me ouvindo? - perguntou 

- não, resuma por favor

- a gente tem que fazer uma festa - comecei a prestar atenção na pobre coitada - mesmo que vocês sejam mães agora, não podem de maneira alguma, deixar de ir as nossas festas 

- qual é a idéia? dessa vez - perguntei começando a estar interessada

- claro que vai ser na mansão do Taehyung, com o povo né, só que iremos chamar pessoas novas - olhei pra ela já sabendo as pessoas - Nancy, Tao, Key e Taemin 

- sério? os colegas de trabalho da Jisoo? a Nancy?!! tu estás doida? - perguntei incrédula, nenhum de nós foi amigo dessa garota e agora a Lisa quer fazer essa graça - a gente se odiava 

- me diz uma coisa que a gente não odiava?! você queria matar a Jisoo! oque vocês são hoje?

- casadas - respondi séria 

- Jennie voce tem que entender que os tempos mudaram! você não é mais aquela garota, eu não sou, a Byul não é, a mesma coisa com os meninos 

- é a minha opinião! 

- porque da gritaria? - Jisoo falou rindo, junto com a Rosé - tudo bem com vocês? 

- não! - Lisa disse bufando

- eu me referi a minha esposa e aos meus filhos - a Manoban rolou os olhos e eu gargalhei recebendo um selinho da Jisoo - vocês estavam brigando? - ela sentou atrás de mim me puxando pra deitar a cabeça no peito dela

- quanto grude - rosé reclamou, ela nem se olha, porque a vaca tá nesse momento no colo da Lisa mordendo o lábio da tailandesa - sentiu o clima Jisoo? brigaram sim 

- qual motivo Jendeuk? - olhei pra Lisa e suspirei - aquela festa Lisa? 

- como você sabe? 

- amor a gente tá organizando isso a um tempo, o Tae é meu irmão claro que eu ia saber  - a Kim me respondeu e sério! eu sou sempre a última a saber - porque dessa cara? 

- você vai?

- sim, e você vai comigo 

- quem te disse?! iludida - disse debochada 

- eu termino aquilo que começamos no carro - falou em um sussuro no meu ouvido - lembra né?

- claro - como eu necessito disso, agora - eu vou! quando vai ser minha linda Manoban? 

- hoje, a partir das sete e é proibido não dormir lá - Lisa respondeu - e obrigada Jisoo por falar putaria no ouvido da Jennie

- disponha - essas meninas tem tudo que ficar bem.....bem longe de mim - tchau Rosie e tchau Lisa 

- tchau, até mais tarde - as duas sairam e eu olhei pra Jisoo com tédio 

- eu espero que você fique no mínimo 3 metros de distância daquela escrota - Jisoo tapou minha boca 

- os meus filhos não falarão palavrões então se controla então baby - piscou e saiu da sala

eu vou nessa merda, pra causar, descer minha mão na cara de puta e depois fingir demência dizendo que eu não fiz nada, partiu! 



//


porque eu vim? é a pergunta que passa pela minha cabeça a exata uma hora, como eu previ a Nancy ia puxar a Jisoo pra sei lá onde, eu não posso beber e já teve briga, foi lindo os tapa que eu dei ó

- olha Jennie eu sei que você tá com raiva e eu já mandei a Nancy parar, não precisava bater nele - falou no meu ouvido por conta do barulho - só esquece ok? 

- claro Jisoo! eu vou esquecer em segundos que a minha esposa pode tá pegando outra! - gritei com a mesma que só negou 

- eu já disse! que não tô te traindo Jennie! - falou no mesmo tom - você não confia em mim?! 

- eu não confio! se eu confiasse não estaria voltando com esse assunto sempre! 

- acha que algum relacionamento dura desse jeito?! a confiança é a base Jennie Kim e você nem mesmo tem! - percebi que ela estava começando a se irritar 

- sim você me fizesse confiar em você! mas não! você continua próxima! 

- nós somos amigas! 

- ela te ama caralho!! - tive a infelicidade de gritar bem alto na hora que a música acabou, rapidamente foi colocada outra, mas todos tinham ouvido - deu pra mim, volta a hora que quiser, não me importo 

- Jennie! espera - caminhei mais rápido, eu odeio brigar com a Jisoo mas ela provoca também, ela me alcançou e segurou meu pulso - espera 

- eu já disse que quero ir pra casa - suspirei desviando o olhar 

- eu te levo - respondeu calma 

- não dependo de você - me soltei e caminhei até o carro, ao contrário fo que pensei a Jisoo não me seguiu, só ficou olhando e depois entrou na casa, dei partida até em casa xingando tudo e todos ao chegar joguei minha bolsa no sofá e subi para o quarto - essa idiota! tudo bem que eu disse que não dependia dela! mas pelo menos ela deveria ter me levado de qualquer jeito! ela não pensa?! nos perigos que uma mulher grávida pode passar?! essa filha de uma put-

- foram quantos xingamentos até agora? - ao ouvir a voz dela perto do meu ouvido, botei a mão no peito e respirei fundo - te assustei? 

- você não quer ir a merda?! ganha mais - respondi me deitando e a outra deitou ao meu lado - sai embuste

- eu não te segui, porque fui falar com o Tae, dizendo que tava indo - suspirei empurrando ela - você acha que é saudável pros bebês ficar se estressando assim? - enquanto falava beijava meu rosto descendo lentamente até meu pescoço - desculpa, se eu te irritei em algum momento 

- se desculpa adiantasse - Jennie Kim não ceda aos encantos dessa mulher - para Jisoo, eu tô estressada contigo 

- eu tenho um ótimo jeito pra reduzir o seu estresse - essa desgrama - não quer? - não respondi porque sei que essa garota não vai parar, ela sorri e colocou as mãos na minha blusa a levantando, por alguns segundos esqueci que estava grávida e nem um pouco atraente, empurrei ela e coloquei minha blusa de novo - tudo bem 

- é só porque eu não me sinto bem......sei lá, eu não tô com a cintura definida que você tanto ama então - ela apenas sorriu e beijou meus lábios me abraçando depois 

- eu não amo a sua cintura Jennie, eu te amo - um pequeno sorriso brotou nos meus lábios e eu agarrei ela descansando minha cabeça no peito da mesma - boa noite meu amor

- boa noite - senti um beijo na minha cabeça e adormeci 




Nancy pov 

essa desgraçada tem a mão pesada, mas não vou deixar passar em branco 

flashback on 

falar com a Jisoo faz com que eu me sinta tão bem, tem a Jennie pra atrapalhar mas eu não me importo

- seu sorriso é tão perfeito - falei provocativa me aproximando um pouco

- a minha mão vai ficar tão perfeita quando dar na sua cara - Jennie respondeu sorrindo debochada 

- agradeço o elogio - Jisoo disse hesitante segurando a mão da outra Kim para a mesma não me bater

- não quer sorrir sobre os meus lábios Kim Jisoo? - senti uma ardência no meu rosto. - você me beteu?!!

- não eu ainda tô pensando em te bater! ou você não sentiu?! tem problema não, tenho o maior prazer de fazer outra vez - sim ela me bateu e continuou até a Jisoo entrar no meio - fica dando em cima da minha esposa pra tu ver!

- Nancy desculpa - Jisoo disse baixinho eu só sorri e sai de perto, ficando bem longe delas

mais motivos pra colocar meu plano em prática


flashback off


- e agora? oque quer fazer? - Tao perguntou

- aquele plano, mas eu não vou esperar mais, amanhã mesmo vamos atrás de uma garota - falei pensando nas duas separadas 

- tenho uma, perfeita pra isso - ele falou - e você é má, elas são casadas a três meses, esperando filhos e tu quer separar 

- se preocupa não Tao 

quem vai se arrepender sou eu, e se é que eu vou me arrepender, meu maior desejo é ver elas separadas, não me importo se a Jisoo não ficar comigo. 


       






Notas Finais


faz tanto tempo que eu não vejo vocês!! desculpa gente de verdade kk eu não tive tempo de escrever e quando eu escrevia, não salvava por isso tô atualizando só agora, sorry kkk
obrigada por ler até aqui ♥️🍑💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...