História Amor proibido - Lee Taeyong NCT - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Neo Culture Technology (NCT), Stray Kids, SuperM, TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Doyoung, Jaehyun, Jaemin, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeongyeon, Jihyo, Jungwoo, Kim Namjoon (RM), Lee Felix, Lee Min-ho, Lucas, Mark, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sana, Seo Chang-bin, Taeyong, Ten, Winwin
Visualizações 73
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu não me aguento então...
😂

Aí o novo capítulo:

Capítulo 15 - Cap.15


Fanfic / Fanfiction Amor proibido - Lee Taeyong NCT - Capítulo 15 - Cap.15

Anteriormente em amor proibido...


S/n- o que foi Dong Sicheng? -agora ele é quem se levanta e fica em frente a S/n- Winwin...

Winwin- S/n, eu... -um ponto de interrogação se forma em meu rosto-

S/n- Sicheng, você está mre assustando! -ele chega mais perto e junta nossos lábios iniciando um beijo calmo, que lpgo cedi- Winwin! -o empurro-

Winwin- me desculpa S/n! É que... -se afasta- eu... gosto... de você.

S/n- eu também gosto de você.

Winwin- mas não como primo... -antes que eu falasse alguma coisa ele sai do quarto me deixando lá, parada, e sem entender absolutamente nada-

S/n- Winwin... -desço para a sala seguindo o mesmo-

S/m- aconteceu alguma coisa? -olha para nós dois-

S/n- quê?! N-não.

Winwin- só lembrei que esqueci meu celular em casa.

S/avô- não faz sentido algum Dong Sicheng, mas tudo bem.

S/n- a vovó não veio? -tento mudar de assunto-

S/avô- não. Ela ficou analisando alguns currículos, porque precisamos urgentemente de pessoas qualificadas para trabalhar na nova empresa, e para isso acontecer, é precisa muita cautela antes de escolhermos.

S/n- ah, entendo. -forço um sorriso-

Winwin- podemos ir vô?

S/avô- ah, claro. 

[...]

Após os dois irem embora, subi para o meu quarto tentando assimilar o que havia acabado de acontecer. Meu próprio primo havia a alguns minutos atrás se declarado pra mim? Como assim? Mas ele é meu primo, apenas isso. Queria tanto que isso não 'tivesse acontecido...

E agora como será nossa amizade de primos? Será a mesma depois dessa "declaração"? Se depender de mim sim. Mas que confussão!

De manhã...

Ontem depois daquela situação, nem ao menos desci para jantar com a minha família, simplismente dormir, quer dizer, nem tanto assim, mas consegui dormi pelo menos um pouco.

A Yumi vai surtar quando eu falar disso para ela.

Hoje, acordei mais cedo do que nunca por algum motivo que desconheço, porque sempre acordo tarde e ainda por cima, me atraso. Apenas peguei uma maçã antes de sair de casa e fui para a escola, mas como sempre seguida por um daqueles seguranças dos meus pais.

Quando finalmente chego em meu destino, aquele homem (o segurança) me deixa em paz e segue seu caminho.

Ao entrar, me deparei com todo mundo correndo, apressados, não entendi muito bem e quando olhei para um dos relógios que existem nas paredes, vi o motivo...

[07:58]

O que? Mas quando saí de casa era 07:00 horas ainda. Nem moro muito longe assim. Demoro apenas 08 minutos para chegar aqui...

Agora foi minha vez de correr. Fui esbarrando em todo mundo, assim como todos ao meu redor... Estava tudo uma bagunça só!

S/n- AI! -grito após cair e sentir uma dor horrível na minha cabeça-

???- ai meu deus! Você está bem? -era um voz bem conhecida-

S/n- sim estou... -minha visão fica embaçada e a pessoa que estava na minha frente me ajuda a levantar-

Taeyong- por que a gente só se encontra assim?

S/n- não sei. -sorrio- ai! -ainda sinto dor-

Taeyong- destino talvez?! Melhor você ir cuidar disso...

S/n- o que ele quiz dizer com "destino"? -penso- ah, vou sim. -toco atrás de minha cabeça onde pude sentir um "galo" se formando-

Taeyong- como agora terei aula com a sua turma, você poderá entrar quando estiver melhor... 

S/n- tudo bem. -ele sorri e sai em meio aquele tumulto- vou ter qur sair daqui com o maior cuidado possível para não cair de novo. -digo para mim mesma antes de sair dali-

[...]

Quebra de tempo

S/n- essa dor que não passa... -fslo enquanto tomo meu suco-

Jungwoo- como você caiu S/n? 

S/n- eu cheguei aqui achando que era cedo demais, mas quando vi tomo mundo correndo, o relógio marcando 07:58, eu tive que correr e eu caí quando dei de cara com o professor... Taeyong -sinto novamente uma "pontada" na região em que machuquei na queda-

Jungwoo/Yumi- Hum... -sorriem um para o outro-

S/n- que foi?

Yumi- a irônia do destino...

S/n- am? Segunda pessoa que já diz isso. -olho para onde avisto meu primo junto com Mark-

Yumi- e quem foi a primeira?

Jungwoo- você quer mesmo que ela diga?

Yumi- quero! -como eu estava olhando para outro lugar, eles também olham-

Jungwoo- o que foi S/n?

S/n- nem eu sei. Mas se eu contar vocês não acreditarão.

Yumi- como assim? -explico- então é por isso que vocês nem se falaram hoje?! -assinto-

Jungwoo- que COISA!

S/n- que foi?

Jungwoo- aquela infeliz da Yun 'tá se aproximando daqui, melhor eu me mandar... - ele sai correndo sem olhar para trás e ela o segui-

Yumi- coitado! Nem longe do Jaemin tem paz!

S/n- verdade! -rimos baixinho- mas não entendo por que ele não tem interesse nela e nem em outras...

Yumi- agora que você falou... -parece ficar pensativa-

S/n- e quem iria gostar de um "grude" desse? -Winwin passa por nós-

Yumi- 'tô até com inveja!

S/n- por que?

Yumi- até seu primo 'tá de olho em você porque você é inrresistível! -sorri maliciosa- 'tá vendo? Até eu! 

S/n/ Jihyo- Park Yumi!

Jihyo- e aí gente? Do que estavam falando 'pra tarada da Yumi falar isso? -falo para ela- meu deus! "De rocha mesmo"?!

S/n- sim.

Yumi- de dar inveja, né?

Jihyo- mas não gosta dele nesse sentido, não é?

S/n- não... -Yumi me interrompe-

Yumi- não porque ela 'tá é de olho no professor Lee Taeyong -escuto um "Eeee" vindo delas- 

S/n- 'tô nada! -cruzo os braços-

Yumi- 'tá sim. Quando o professor passa por você, a sua pessoa fica besta, babando toda, e o professor igualmente.

Jihyo- só tenho uma coisa a dizer: isso é destino!

S/n- por que 'tá todo mundo dizendo isso? -reviro os olhos-

Jihyo/Yumi- Porque é verdade?! -falam em uníssono-

S/n- aish!

Jihyo- aceita baby. É esse seu destino.

Quebra de tempo

[13:00]

Depois do almoço, meus pais sairam e então fiquei ajudando o Kwon em uma lição de casa da escola. Após terminar, liguei a TV e procurei uma canal qualquer...

Reportagem On

"Hoje, pela manhã, ouve um pequeno adiantamento nos relógios da capital da Coréia do Sul, Seul; a capital ficou um caos! Ocasionou acidentes, atrasos, e até mesmo assaltantes se aproveitaram da situação, e fizeram 'arrastões'... Seul, nunca antes esteve assim. Uma nova informação que acabamos de receber é que tudo já foi normalizado."

Reportagem Off

Kwon- S/n?

S/n- sim?

Kwon- o que significa "irônia do destino"?

S/n- até você!? -balanço a cabeça rm negatividade-

Kwon- o que eu fiz? 

S/n- nada. -olho para o menor- 

S/n Off

Yumi On

Eu estava tomando banho quando tive uma ideia incrível. Mas precisarei da ajuda de alguns amigos como: Jihyo, Dahyun, Sana, Mark e Doyoung.


Yumi- JIHYO! -acabo caindo no banheiro- ai porr*!

Jihyo- que foi menina 'lesa? -me ajuda a levantar-

Yumi- ... -coloco uma toalha e saio do banheiro- não tem o professor e a S/n?!

Jihyo- sim.

Yumi- é que tive uma ideia e preciso de ajuda...

Jihyo- então fala!

Continua...



Notas Finais


Que o "amor proibido" comece!


Qual será a ideia da Yumi? Hum...


Obrigada por ler e até a próxima! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...