1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Proibido - Sasusaku >
  3. Sem Título

História Amor Proibido - Sasusaku - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Acho q esse cap ta menor q os outros.
To cheia de coisa pra fzr ent é isso 👉🏼👈🏼
Vou tentar postar um cap melhor amanhã

Boa leitura💞

Capítulo 13 - Sem Título


autora on

Nagato e Zetsu foram até o segundo esconderijo, já que estavam com o Fugaku. 

- Certo. Irei atrás do Madara, você fica aqui com o Fugaku. 

Zetsu assentiu e Nagato foi embora.

Na casa da organização...

O Uchiha estava baleado, mas ainda conseguia se locomover. Ficou sentado no chão vigiando a porta, caso alguém viesse contra ele.

Kakashi e Naruto entraram e logo recuaram, já que o moreno havia disparado.

- Vai pelos fundos, eu cuido das coisas por aqui.  -o loiro falou ao policial.

- Certo. Espero poder confiar em você.

- É sua única opção.

O grisalho foi pelos fundos, rapidamente conseguiu avistar o Uchiha no chão. Naruto esperou mais um pouco e abriu a porta chamando a atenção do moreno, trocaram tiros e então Kakashi chegou por trás detendo seus disparos.

- Tudo certo. Já peguei a arma dele.  -falou ao Naruto enquanto colocava as algemas no criminoso.

Naruto não respondeu, logo o Hatake escutou alguns tiros.

- Droga.  -espiou pela porta.

O loiro se protegia atrás de uma pilastra que tinha do lado de fora da casa.

- Qual foi Nagato? Por que tá atirando em mim, porra?

- Eu não sou idiota Naruto... Você sempre foi o braço direito do Sasuke e eu sei que ele abandonou o plano, então imagino que tenha feito o mesmo.

- Tem razão, mas Sasuke ainda quer se vingar, ele só deixou o plano de lado por enquanto. 

- Pode ser. Só que você veio atrás do Madara né? Todos queremos nos vingar, se Sasuke resolver não fazer isso, as coisas vão complicar.

Nagato foi se aproximando e trocando tiros, em certo momento estava com a mira perfeita no loiro. Quando foi atirar, Kakashi o interrompeu atirando em sua mão, fazendo com que a arma caísse. Antes disso, o policial havia feito com quem o Madara desmaiasse, já que mesmo sangrando tanto não tinha adormecido. Assim, poderia ajudar o Naruto sem se preocupar.

- Vamos logo!  -falou ao Uzumaki.

O Nagato estava no chão, mas Naruto percebeu que ele estava levantando, enquanto se preparava pra atirar.

- Abaixa!  -gritou.

Kakashi quase foi acertado, Naruto aproveitou o momento e contra-atacou, fazendo seu oponente ficar no chão de vez. Se aproximou dele pegando sua arma.

- Devia ter me preparado melhor, sabendo que meu adversário seria você, Naruto Uzumaki.

- Você é meu amigo, Nagato. Vou te ajudar, não quero que morra, ainda mais por minhas mãos.

Kakashi e Naruto entraram no carro levando Madara Uchiha e Nagato Uzumaki.

__________

Sasuke on

Chegamos em uma casa, um tanto afastada do centro da cidade. Não demorou muito para que o portão fosse aberto.

- Ora,ora,ora. Sakura Haruno.  -falou, enquanto fazia os primeiros socorros.  -Leve ela Shizune, precisamos operá-la imediatamente.

Aquela casa estava cheia de equipamentos médicos. O que era aquilo tudo? Não havia pacientes, não podia ser um hospital particular. Pensei sobre isso, mas no mesmo instante voltei a me concentrar em tudo que estava acontecendo.

Levaram Sakura até uma sala e não nos deixaram entrar. Esse tal Obito ficou junto comigo, esperando do lado de fora. Nem pude dizer direito a Sakura tudo que sinto por ela, não sei se ela entendeu meus sentimentos errados, depois de tudo que o Madara falou quando foi atirar nela.

Depois de uns 30 minutos, uma mulher chamada Shizune apareceu avisando que a cirurgia iria demorar, talvez umas 3 horas.

- Isso tudo? Ela vai ficar bem né?  -perguntei.

- É uma cirurgia meio complicada. Mas ela não corre risco de vida, ela perdeu muito sangue e a bala se deslocou pela perna dela.

- Entendi.  

A mulher voltou pra sala.

- Relaxa cara! Ela vai ficar bem. Você tá muito nervoso.  -Obito falou.

- Você não entende...Sakura me mostrou o que é amar. Não posso perde-la assim. 

- Eu entendo você. A mulher que amo quase morreu na minha frente, sei como se sente.

O olhar dele era como se tivesse entendido o que eu havia falado. Bom, tanto faz. 

- Eu tenho 3 horas. Irei voltar o mais rápido que puder.

- Espera. Aonde você vai? 

- Não importa. Só estou te avisando, caso a Sakura acorde antes que eu volte.

- Ei,ei. O certo seria eu ter prendido você, então é melhor falar.

- Preciso falar com o Fugaku. 

- Você queria matá-lo. Não vou deixar você ir.

- Dependendo da resposta dele, não irei.

- Ahh! Cara! Não faz merda, se não isso vai sobrar pra mim.

Fui embora. Preciso ser rápido, quero estar com a Sakura quando ela acordar.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...