História Amor proibido. - Capítulo 52


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Personagens Originais
Tags Luansantana, Romance
Visualizações 92
Palavras 535
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Perdoem meu sumiço e não desistam de mim!!!!

Capítulo 52 - Minha mulher, uai.


Isabela narrando.

1 mês tinha se passado, as coisas entre Luan e eu estavam ótimas, a mídia já estava ciente de sua separação com a minha irmã e ele acompanhava de perto a gravidez dela. Claro que eu e ele ainda não tínhamos nos assumido, tínhamos muito medo do que a minha família iria pensar, os pais do Luan já desconfiavam de nós dois, principalmente o seu amarildo, porém nunca afirmamos nada, nem negamos. Era mais um dia de trabalho, acordei sentindo o peso do braço do Luan sobre mim, sorri esfregando os olhos e tirei com cuidado pra me levantar. Fui até o banheiro e fiz minha higiene, coloquei um shorts e uma blusa normal, não tínhamos nada pra fazer até de noite, então sentei na cadeira enquanto o Luan dormia. Entrei no whats e tinha mensagem da pri, abri e li.

— amiga, um fotógrafo bem famoso aqui de são Paulo está querendo fazer umas fotos com a assistente do Luan, ou seja, você. — li a mensagem e liguei pra pri.

— Que história é essa de fotos? — Perguntei baixo.

— É um fotógrafo que já fez algumas fotos do Luan, parece que a empresa dele tá fazendo uma campanha de lingeries e queria você como a modelo.

— Poxa, eu sei que sou linda, mas não é pra tanto. — Falei e ela soltou uma gargalhada do outro lado. Senti um cheiro no pescoço por trás e sorri, logo ouvi a porta do banheiro ser batida.

— ele queria te encontrar pra conversar pessoalmente, podemos ir hoje que temos a tarde toda livre, que tal? — Pri perguntou.

— Pode ser então, me liga daqui a pouco. Luan acordou.

— Ok, beijo. — Falou e eu desliguei. Logo vi o Luan sair do banheiro com o cabelo molhado e uma toalha na cintura.

— Tava falando com quem? — Perguntou se sentando na cama.

— Com a priscila, ela disse que tem uma empresa querendo que eu tire umas fotos pra uma campanha. — Falei animada o olhando.

— Que empresa amor?

— Não sei direito, vou com ela hoje a tarde conversar pessoalmente com o homem que fez o convite. Parece que já fez algumas fotos suas.

— Não tô lembrado. — Falou franzindo a testa. — Mas fotos pra qual campanha? — Perguntou e eu respirei fundo sabendo que ele não iria gostar nada.

— De lingerie. — Falei mordendo o lábio e ele me olhou passando a mão no cabelo molhado.

— Fala sério isabela, você não vai, né?

— Ai Luan, por que eu não iria? — Perguntei com paciência. Eu sempre gostei de modelar, já tinha sido modelo quando tinha meus 15 anos.

— Você acha que eu quero ver a minha mulher posando de lingerie? — esbravejou e eu só foquei no "minha mulher", eu era muito boba com tudo que o Luan falava, parecia que eu nunca ia me acostumar.

— Sua o quê? — Perguntei com um sorrisinho no rosto.

— Minha mulher, uai. — Falou e eu me levantei da cadeira, indo até ele e me sentando no seu colo.

— Você é lindo. — Falei alisando seu rostinho de bebê.

— Não tenta mudar de assunto, isa. — Falou e eu ri.

— Não tô tentando mudar de assunto. Só não quero brigar com você, então vamos falar disso depois. — Pedi e ele assentiu me dando um beijo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...