História Amor proibido. - Capítulo 54


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Personagens Originais
Tags Luansantana, Romance
Visualizações 84
Palavras 528
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 54 - Nunca mais grita comigo, tá?


Depois da nossa discussão Luan voltou pro quarto só na hora de se arrumar pra ir pro show, eu acabei pegando minhas roupas e me arrumei no quarto da Pri, fomos pro show e foi tudo normal, tirando a parte de que Andressa tentava me irritar de todas as formas possíveis, ela não sabia de mim e do luan, porém mesmo assim tentava dar em cima dele o tempo todo, aquilo não me afetou, eu já estava no auge do meu estresse e nada poderia me estressar mais. Assim que chegamos no hotel eu subi direto, enquanto o Luan ficou lá embaixo com o Rober atendendo as fãs. Entrei no banho e coloquei a água no gelado, o dia tinha sido insuportável e água gelada ajudava, assim que sai eu vi que o Luan já tinha chegado e estava sentado na varanda do hotel com o celular na mão, coloquei meu pijama e sequei um pouco o cabelo com a toalha, me sentei na cama e me enrolei. Estava distraída conversando com minha amiga quando senti um peso sobre a cama, olhei pra frente e o Luan estava sentado de frente pra mim.

— Vamos conversar? — Pediu e eu assenti com a cabeça.

— Acho melhor mesmo... esse clima não está me agradando. — fui sincera. Eu odiava brigar com o Luan, por isso evitava ao máximo, mas as vezes ele passava de todos os limites e sua posse sobre mim me irritava.

— amor, eu não quis em momento nenhum ser machista. Eu sempre te apoiei em tudo, você sabe disso, eu só queria que você me escutasse, sabe? Eu não queria que você entrasse nesse meio, eu falo isso por preocupação, mesmo que não acredite. Você poderia esperar ficar um pouquinho mais velha, você só tem 18 anos, eu tento ao máximo abrir seus olhos. — Falou ainda me olhando nos olhos.

— Luan, eu sei que você só quer o meu bem, mas poxa, você as vezes passa dos limites, eu só queria que você respeitasse minhas vontades, parasse de tentar o tempo todo mandar nas minhas decisões. Eu sei que sou nova e por isso você se sente responsável por mim, mas semana que vem eu já completo 19 anos, estou crescendo, e quero crescer sozinha, entende? Eu não vou ter você sempre do meu lado escolhendo as coisas por mim, então eu queria me acostumar sozinha. — Fui sincera.

— Eu não quero tomar decisões por você, mas queria que dividisse mais as coisas comigo. Você foi escondido na agência com a priscila como se eu fosse te privar de alguma coisa. Eu quero alguém que divida as coisas comigo, isa, eu já vou fazer 30 anos, não tenho mais idade pra agir feito adolescente. — Falou calmo. Essa conversa estava sendo boa, isso era importante, estávamos sendo sincero um com o outro.

— Tudo bem, desculpa por isso. Acho que acabei agindo feito criança mesmo. 

— Me desculpa também, neném. — Falou e se aproximou me beijando e me abraçando.

— Nunca mais grita comigo, tá? — falei com voz de bebê e ele deu risada, eu ficava muito boba quando estava com esse menino.

— desculpa, meu amor. — falou e ficamos conversando até cair no sono.


Notas Finais


Eu amo um casal 😍😍😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...