História Amor Proibido - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias La Casa de Papel, Resident Evil
Personagens Ada Wong, Albert Wesker, Leon Scott Kennedy
Tags Ada Wong, Aeon, Drama, Leon Kennedy, Resident Evil
Visualizações 42
Palavras 538
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 31 - Baby?


Believer – Imagine Dragons

Ada o encarava pelo retrovisor.

- Sentiu minha falta, baby? – perguntou ainda com a arma apontada para o mesmo, sentando-se no banco do carona.

- Wong, você... você...

- Você ainda se engana muito comigo, não é Kennedy? – rira para o mesmo – Leon, eu não morro nunca, baby. – piscou para o mesmo

Leon deu um meio sorriso e Ada mordera seu lábio inferior.

- Abaixe essa arma, Wong. – ordenou

Ada abaixou a arma, e logo, Leon puxou-a por aquela jaqueta, colocando-a no colo do mesmo. Retirou a peruca de Ada, e logo, ela sorrira.

Ada beijava-o calorosamente, as mãos de Leon puxavam os cabelos curtos da mesma, com força. Ada passava as unhas nas costas do mesmo, colocando suas mãos por dentro da blusa, arranhando sua pele.

- Vamos na minha casa... – disse Leon ofegante.

Ada continuava o beijando.

Leon voltou com o carro para dentro do estacionamento, enquanto Ada colocava novamente o disfarce.

Entraram no elevador e Leon apertava o botão da cobertura. Logo, Ada parou o elevador ali e tampou a câmera.

Leon fixou o corpo da mesma naquele espelho do elevador, pegando-a no colo, continuando a beijá-la. Ada puxava os cabelos de Leon, enquanto uma de suas mãos descia para a calça do mesmo. Logo, desabotoou a calça dele, Ada ajoelhou-se naquele elevador e abocanhava o pênis de Leon, que estava ereto. Começou com movimentos lentos e logo aumentava a velocidade. Leon jogara sua cabeça para trás, enquanto uma de suas mãos seguravam o cabelo da mesma, acompanhando os movimentos. Leon deitou-a naquele chão do elevador e retirou a calça da mesma, beijando a intimidade de Ada por cima da calcinha preta de renda que a mesma utilizava. Leon assoprava lentamente na intimidade de Ada, que se contorcia.

- Senti sua falta, Kennedy. – disse ofegante

Leon subia até os seios de Ada, chupando-os.

Sua mão direita descera na intimidade de Ada, penetrando dois dedos em sua vagina. Com movimentos rápidos, deixando-a mais louca ainda.

- Seja minha, Wong. – disse

- Eu sou tua, Leon Kennedy. – respondeu quando Leon penetrava seu membro na mesma, carregando-a no colo.

Leon mordia o lábio de Ada, e ela fazia o mesmo. A respiração dos dois estavam extremamente ofegante. Depois de uns minutos naquela situação, Ada sussurrava no ouvido de Leon.

- Eu... eu vou gozar. – dizia deixando-o louco.

Leon beijava a nuca da mesma e logo os dois chegaram ao ápice juntos. Os dois caíram naquele chão do elevador, apoiando-se na porta do elevador. Ada colocou aquele casaco de Leon que ficava um vestido na mesma e colocou sua calcinha novamente, Leon pegava a roupa da mesma e colocava a calça novamente, estava sem camisa.

Ada e Leon chegaram na Cobertura do mesmo, ainda sem conversarem.

- Quer um whisky, baby? – perguntou Leon encarando a mesma, enquanto ela caminhava até o sofá, jogando-se naquele enorme sofá.

- Aceito. – respondeu o encarando

Leon colocou a dose de whisky para os dois, e aproximou-se da mesma.

- Me conte, Ada. O que houve? – perguntou encarando-a – O que a trouxe novamente para cá?

Ada pegara aquela taça de whisky.

- Um brinde a minha volta, Leon. – respondeu erguendo sua mão com a taça

Leon brindou com a mesma.

[CONTINUA]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...