História Amor Proibido - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Anne with an "E" (Anne)
Personagens Anne Shirley Cuthbert, Diana Barry, Gilbert Blythe
Visualizações 29
Palavras 603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente! Eu vim aqui para trazer uma fanfic que se baseia da série Anne With An "E", inspirado no livro Anne de Green Gables. O Tema da fic é Shilbert(o shipp da Anne a o Gilbert).
Vai ser tipo uma continuação da serie, tipo a 3° temporada
Fiz a fic com muito carinho.
Vamos lá!

Capítulo 1 - Capítulo 1-


Fanfic / Fanfiction Amor Proibido - Capítulo 1 - Capítulo 1-

POV's Anne

Como de costume, eu acordo um pouco antes que Marilla me chame. Aproveito esse tempo que tenho para contemplar a linda cerejeira que invade meu quarto entrando pela janela, então observo a tal árvore como se nunca tivesse visto nenhuma como essa em minha vida, ela nunca deixará de ser tão deslumbrante! Até que uma voz me tira a atenção da cerejeira.


-Anne, venha logo! O cafe está pronto!-diz marilla- Se não vir depressa irá se atrasar para a escola!

-Já estou indo Marilla!-grito. Então ponho meu vestido e desço rapidamente- Bom dia Mattew! O dia não está lindo hoje?!9o-De fato, o dia está muito bonito.-diz Mattew- Mas você tem que se arrumar logo, tem que ir para a escola.

-Certo Mattew! Já estou comendo, estou vestida e meu material está arrumado!

-Então vá rápido!

-Já estou pronta! Estou indo! Tchau Marilla! Tchau Mattew! -dito isso, saio de casa e sigo meu caminho até a escola.


Eu estava esperando Diana no caminho, até que ouço um barulho. Provavelmente é a Diana, pois nunca vi mais ninguém passando por aqui. Achando que é a Diana, vou até onde estava o barulho e vou comprimenta-la.


-Olá! Estou muito feliz em te ver Dia...-paro de falar. Não era Diana, era... Gilbert Blythe- Ah, oi Gilbert. Desculpe, eu pensei que era a Diana, eu estou esperando ela...

-Sem problemas Anne. Mas eu acabo de vir da casa dos Barrys e sinto lhe informar, mas Diana não está se sentindo bem e ela não virá a escola hoje. Sendo assim, espera-lá seria inútil.-diz Gilbert, com sua voz doce e... não, eu não posso...

-Ah, obrigada pelo aviso. Eu já vou então.

-Ei, espere! Posso te acompanhar?

-Bom, o caminho é o mesmo e o destino também, então se não me acompanhar até lá irá chegar atrasado. Venha! -digo começando a andar, e ele me segue.


 Não sei porque, mas quando estou ao lado de Gilbert eu me sinto diferente, é como se eu estivesse segura, como se todo o mal em volta de mim sumisse, e só ficasse o calor e aconchego que ele me traz. Não, eu não posso. Mesmo se eu gostasse dele eu não poderia, Ruby já é apaixonada nele a muito tempo. Se eu ficasse com ele, Ruby sofreria muito e o resto das garotas iriam me excluir, fazendo eu perder todas as minhas amizades, incluindo Diana... Mas não importa, isso não vai acontecer pois eu não gosto dele, essa sensação de segurança é apenas eu não estar sozinha e saber que se algo ruim acontecer tem alguém para me ajudar a me proteger, e isso eu posso sentir estando com qualquer um. Eu nunca me enteressaria por Gilbert Blythe. Enfim,durante o caminho nós conversamos sobre a escola: sobre o modo de ensinar da Srta. Stacy, mas principalmente estavamos discutindo nossa rivalidade nos estudos.


-Bom Gilbert, sinto lhe informar mas nunca saberá usar tantas palavras difíceis com tanta sabedoria como eu.

-Pobrezinha... Você pode até saber usar palavras difíceis, mas você nunca fez um parto.

-Posso não ter ajudado alguém a nascer, mas eu já salvei a vida da Minnie May. Isso não é o suficiente para você?

-Bom, Anne de Green Gables, você venceu desta vez. Não temos muito tempo para discutir, pois chegamos a escola. Mas pode ter certeza que da próxima vez estarei mais preparado para melhores argumentações. Entendido?

-Claro, Sr. Blythe. Mas também estarei melhor preparada. Tem certeza que vencerá de mim?

-Bom Sra. Cutberth, saberemos em breve.-diz ele abrindo a porta da escola e entrando, tantando deixar um ar misterioso. Eu decidi esperar um pouco para entrar, se Ruby descobrisse que eu estava andando ou ainda mais conversando com Gilbert Blythe, seria o meu fim




Notas Finais


Então gente, o capítulo de hoje foi esse. Espero que tenham gostado, tchau!
Beijinhos😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...