História Amor Proibido - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Demi Lovato
Personagens Camila Cabello, Demi Lovato, Personagens Originais
Tags Camila, Camila Cabello, Camren, Demi, Demi Lovato, Dilmer, Lauren, Lauren Jauregui
Visualizações 34
Palavras 1.310
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Como é que é?


Wilmer narrando

 

A neve caia do lado de fora, já estávamos aqui à nove dias. Demi ainda estava dormindo serenamente em meu peito, algumas de nossas noite aqui conversávamos até dormir e outras eram mais quentes. Hoje a tarde nossas famílias chegariam e eu particularmente não queria que tivesse sido tão rápido. 

 

Observo as costas nuas de Demi e percorro meu dedo por sua coluna. Como alguém poderia ter um corpo tão escultural assim? Sorri involuntariamente quando a vi se arrepiar e piscar os olhos acostumando se com a claridade.

 

-Bom dia - falo para ela que puxa a coberta mais para cima nos cobrindo. Observei a forma como ela se aninhou mais a mim e aquilo me trouxe enorme conforto . 

 

-Bom dia Eduardo- fala provocando-me. Eu sorri com aquilo. 

 

Nesses últimos dias estávamos muito próximos , passávamos horas conversando sobre música, filmes,  lugares e pessoas. Eu havia mandado uma mensagem para Sharon a dois dias quando ela me perguntou se quando eu voltasse para a faculdade poderíamos nos encontrar. Expliquei que caso ela quisesse algo a mais não por estar com outra pessoa e ela bloqueou meu número. 

 

Flash Back On 

 

-O que está fazendo aqui sozinho? -Demi pergunta. Wilmer está sentado no sofá enquanto os outros conversavam . Ela sentou de lado no colo dele que sorriu sem desviar o celular da visão dela. 

 

-Shannon me mandou uma mensagem - Fala e pode ver as sobrancelhas de Demi se franzindo. Ela não diz nada e somente o observa. -Perguntando se eu queria encontrar com ela ... 

 

Ele vê os músculos dela se contraírem. Apesar de não dizer nada pode ver o quão incomodada ela está e aquilo o faz sorrir. 

 

-E vocês vão encontrar ? -questiona e ele ri fraco. 

 

-Eu disse pra ela que não porque estou com outra pessoa -wilmer diz isso beijando a bochecha de Demi que permite um sorriso nascer em seus lábios . -Não foi o que conversamos Devonne?

 

Ela abriu um sorriso lindo. Selou devagar os lábios dos dois sem desmanchar o sorriso. Wilmer pediu permissão com a língua e iniciaram um beijo lento que durou alguns minutos. 

 

-Acho bom- Demi sussurra assim que se separaram antes de voltar a beijá-lo. 

 

Flash back Off

 

Eu sorri para Demi. Ela me olhou com dúvida e retribuiu ao meu sorriso. Apoiando os dois braços em meu peito para me olhar. 

 

-O que tanto pensa? -pergunta e eu sorrio.

 

-Só me lembrando de algumas coisas desses dias -confesso e ela suspira. 

 

-Nossos pais chegam hoje -Fala com um tom que eu não consigo decifrar -Eu não sei o que fazer - confessa - Quero ficar assim com você -diz e olha em meus olhos. 

 

-Eu também quero isso- confesso e ela sorri lindamente. -Acha que se falarmos com nossos pais é ruim? 

 

-Isso depende - ela fala e eu a fito. Demi senta-se com o coberta cobrindo seu corpo e imito seu gesto. 

 

-De que? -pergunto . 

 

-Das suas intenções comigo -diz com a língua passando lentamente em seus lábios e acompanho cada movimento. 

 

"Eu quero ficar com você por muito tempo"

 

Apesar de pensar isso não digo nada. Puxo sua nuca com cuidado trazendo seu rosto para perto de mim e selo nossos lábios.

 

-Quer saber minhas intenções com você, Devonne? - pergunto com meu lábio roçando no dela e ela assente com um sorriso. - eu quero você, quero conhecer você, quero te cuidar, quero ir no nosso tempo- falo e seu sorriso ainda está ali, olho em seus olhos- eu quero tudo com você. 

 

Ela se afastou um pouco para olhar meus olhos melhor . Percorreu o traçado de meu maxilar e suspirou. 

 

-Eu também quero tudo isso -confessa - só tenho medo de falarmos com nossas famílias e ter pressão. 

 

Eu entendia. Claro que eu entendia. Mas não falar iria significar ficar com ela de outro jeito e sinceramente eu não sou mais capaz de resistir a vontade de estar perto. 

 

-Se você topar, eu quero contar ou podemos ficar escondidos - digo e ela suspira.

 

-Eu não quero ficar longe de você- ela fala olhando - Vamos contar depois que eles chegarem então. 

 

Nós dois sorrimos e eu não contive a alegria de escutar essas palavras saindo de seus lábios . Beijei novamente seus lábios e ela riu em meio ao beijo. 

 

Ficamos ali alguns minutos mais e decidimos acordar. Os outros já estavam acordados e fazendo café da manhã. Nós juntamos a eles até que desse o horário dos nossos pais chegarem.

 

ALGUMAS HORAS DEPOIS... 

 

Narrador On:

 

-SKYYYYY- Um coro infantil atraiu todos assim que o som veio da porta da casa principal, Demi levantou rapidamente do sofá e se abaixou para abraçar seus irmãos . 

 

-Ei meus amores -diz. 

 

-E eu não ganho beijo? -Jay pergunta e os gêmeos o observam abrindo um sorriso animado . 

 

-JAYJAY - os dois falam e o abraçam. 

 

Rapidamente os gêmeos cumprimentam todos , mas logo Emma está no colo de Demi conversando animada com a irmã enquanto Jay brinca com seu irmãozinho. 

 

Não demora para que os pais entrem na casa. Tanto Demi quanto Wilmer ficam um pouco nervosos com a presença deles ali , mas logo estão conversando com eles. 

 

-Fizeram boa viagem? -Demi pergunta. 

 

-Demorou muito pra chegar aqui Sky- Emma diz. 

 

-Mas o vôo foi bem tranquilo - Eddie diz sorrindo. - E vocês , está tudo certo aqui? 

 

-Tudo tranquilo, só hoje que está nevando muito - Jay diz.

 

Começam ali a desenvolver uma conversa animada. Demi está ao lado de Wilmer que brinca com os gêmeos animadamente e mal percebe quando Diana a observa. Estranhou o fato dela estar tão perto de Wilmer mas gostou. 

 

Desde que as famílias ficaram amigas gostava de deixar que todos brincassem juntos. Acompanhou todas as fases de desenvolvimento dos quatro de perto , assim como Sinuhe e conversou muito com a amiga quando Camila assumiu sua sexualidade. Quanto a Wilmer , era um homem que gostaria que sua filha namorasse , gostava de tudo que ele fazia por sua filha desde muito pequenos.

 

Sinuhe também observou o comportamento do filho, ele sempre era sério perto de sua família mas parecia extremamente animado ao lado de sua nora dos sonhos. Quando percebeu todos distraídos cutucou Diana . 

 

-Estou doida ou nossos filhos finalmente se entenderam? -Diana pergunta sorrindo. 

 

-Você percebeu também? Achei que eu estava ficando louca -confessa Sinuhe enquanto andam até a cozinha . -Se for estou muito bem de noras,Lauren é um amor e Demi é incrível também - diz animada.

 

-Achei a namorado do Jay uma gracinha - confessa Diana . - não é ? 

 

-Ela parece uma moça muito bacana - Sinuhe diz. 

 

As duas começam logo a preparar almoço. Observam quando Demi entra na cozinha. Ela morde o lábio e Wilmer entra do lado dela. As duas mulheres mais velhas se entreolham ficando sérias com eles. 

 

-Esta tudo bem? -Diana pergunta para Demi que assente . 

 

-Fala aí -  Demi pede para Wilmer que eu fraco. 

 

-Tia Di, mãe -Wilmer fala. -Eu e Demi estamos... - ele parece escolher uma palavra que defina. 

 

-Estamos nos conhecendo- Demi completa - não temos um rótulo nem nada, só... 

 

-Eu estou mesmo vendo isso? -Sinuhe fala animada. -Você finalmente vai ser minha norinha ?

 

Wilmer pode ver a bochecha de Demi ficando vermelha. Ela abaixou a cabeça para esconder a vergonha que estava sentindo e aquilo fez com que ele risse. 

 

-Estamos nos conhecendo mãe, mas os planos são esses sim- Wilmer confessa e as duas se abraçam animadas- Agora só falta o seu pai -ele sussurra com um tom nervoso. 

 

Assim que Eddie entra na cozinha e observa a cena Diana decide facilitar para a filha. Se aproxima de seu marido e passa a mão no ombro dela. 

 

-Os dois se acertaram- indica a filha e Wilmer . 

 

-Como é que é? - Eddie diz olhando os dois que engolem seco. 


Notas Finais


Me perdoem a demora, sai de casa hoje e ficou ruim de postar !

Enfim, como estamos?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...