História Amor proibido-Arlequina e Coringa - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Batman
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Dr. Jonathan Crane (Espantalho), Edward Nashton/Nygma (O Charada), Harleen Frances Quinzel (Harley Quinn / Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley (Poison Ivy / Hera Venenosa), Selina Kyle (Mulher Gato)
Tags Arlequina, Coringa Romance, Drama
Visualizações 54
Palavras 800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello puddinzinhos sorry a demora mais agora ja me programei todo sabado tera cap novo entao espero que gostem desse bjs e comentem bastante

Capítulo 22 - Promessas e mais promessas


 LUCY NAPIER QUINZEL

Abro os olhos e estou em um quarto grande e melancólico, todos os moveis do cômodo são grafite e os lenções da cama são pretos assim como os travesseiros, então vejo um retrato meu com uma arma apontando pra minha própria cabeça e mandando beijo para a pessoa do outro lado da câmera então descubro onde estou. O quarto do Gatinho. Mas então noto que as roupas que eu estava antes foram tiradas de mim e substituídas por uma camisa e um shorts masculinos que acabaram ficando largos em mim, vejo a porta do que acredito ser o banheiro sendo aberta e meu querido Thomas saindo pela mesma com uma toalha na cintura e outra em sua mão secando seus cabelos negros .

-Finalmente você acordou...... achei que estivesse mais ferida do que parecia- diz ele e se senta na beira da cama,

-HAHAHA, jura Gatinho? Eu sou indestrutível, Gotham não vai se livrar de mim só porque o maldito cara de palha quer brincar de bater e morrer- falo e tento me levantar, afinal tenho dois palhacinhos para resgatar e uma palha ambulante pra queimar, mas então dessabo no chão e lembro que fui esfaqueada na perna. Thomas então se levanta rapidamente e me pega no colo cuidadosamente me fazendo revirar os olhos, e me deita na cama de novo, nossos olhos se encontram e sua respiração acelera afinal estamos muito próximos um do outro e ele esta só de toalha. Sei que Harley e Joker estão presos e que tenho que tira-los de lá mais, eu não sou de ferro. – Venha aqui Gatinho vamos brincar.

Eu o puxo para mais perto de mim selando nossos lábios em um beijo voraz e selvagem, suas mãos passeiam por meu corpo de forma firme, ele separa nossos lábios tempo o suficiente para rasgar a camisa que estou e ter ampla visão de meus seios, ele volta a atacar meus lábios enquanto aperta meu peito com uma mão e acaricia meus cabelos com a outra. Acho interessante esse jeito selvagem e fofo dele, mas sei bem que esse lado fofo e pelos seus sentimentos por mim, mais não ligo, não agora, não hoje. Ele desce os beijos pelo meu pescoço, clavícula, e finalmente meus seios, ele chupa, morde e lambe o esquerdo para depois fazer o mesmo processo no direito, então sinto sua mão descer para o shorts e arranca-lo em um movimento brusco, e sinto seus dedos me estimulando antes de me penetrar com um.... não , dois dedos,

-Ahhhh...... não me provoque Gatinho, vc pode se arrepender –falo com

- O que vc vai fazer Quinzel?- pergunta com o rosto perto do meu agora e colocando minhas mãos acima da cabeça me impedindo de me mexer. Desgraçado. Então ele se abaixa aproximando sua boca de minha intimidade e a chupando, depois de varias lambidas entre outras caricias ele me penetra e damos inicio ao tao esperado contato do qual não tínhamos a um tempo.

                                       JJJ

Flashback

Harley Quinn

Hoje irei por meu planinho em ação, não aguento mais já faz 2 malditas semanas que Joker não toca em mim pra nada, então vou brincar com outra pessoa e eu já escolhi quem. Desço as escadas e vou ate o escritório de Coringa para ter certeza que ele saiu, assim que confirmo vou atrás de Jared e o encontro na cozinha de costas para mim, então abro os 3 primeiros botões de minha camisa fazendo um decote bem chamativo, dou uma bagunçada em meus cabelos e......

-Oi Jaredzinho-falo com a voz mais sexy que consigo fazer, ele se vira para mim e me olha da cabeça aos pês demorando mais em meus seios e pernas,

-O....ol..ola, senhorita Quinn- diz ele nervoso

- Oh querido não me chame de senhorita, me chame de Harley- falo e me aproximo dele o prensando na geladeira com meu corpo- sabe Jared eu estou com uma coceirinha em um lugar e eu queria que vc me ajuda se com isso.

-E....e...e. eu tenho que ir, senhorita Quinn – diz se esquivando de mim de forma ágil e se retirando da cozinha. Ahhh Jared vc ainda vai brincar comigo.

Flashback off

Narradora

Enquanto a princesa de Gotham relembrava como era se entregar a seu querido amante, o homem que há sequestrara a pouco tempo fazia experimentos em seus pais e em Ivy.

- Vc vai ver Lucy, vou te destruí de dentro para fora da forma mais dolorosa possível, e ai acabarei com a vida de todos que se meterem em meu caminho de novo começando com o Batman. Gotham será minha como deveria ser dês de o começo.- diz  o vilão estressado

-Mais senhor, vc prometeu não machucar a Harley- diz um homem ao fundo da sala.

-Promessas....promessas.....promessas...... cada uma pior que a outra


Notas Finais


Lucy safadenha em kkkk
que isso Harley ta assustando o coitado
nss a Harley tem um admirador secreto uau
comentem my Love's


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...