História Amor proibido-Arlequina e Coringa - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Batman
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Dr. Jonathan Crane (Espantalho), Edward Nashton/Nygma (O Charada), Harleen Frances Quinzel (Harley Quinn / Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley (Poison Ivy / Hera Venenosa), Selina Kyle (Mulher Gato)
Tags Arlequina, Coringa Romance, Drama
Visualizações 34
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HELLOOO puddin's como prometido aq esta o novo cap.
gente este cap ta meio agressivo entao quem nao gosta n leia o final dele bjs e boa leitura

Capítulo 23 - Perdão mais não vou te deixar ir nunca, mesmo que eu morra


LUCY NAPIER QUINZEL

Acordo e vejo que estou deitada na cama de Thomas completamente despida. Seus braços fortes estão a redor da minha cintura e sua respiração esta lenta e pesada, levanto-me cuidadosamente, pego minhas coisas, me visto e saio de sua casa. Eu irei te machucar cara de palha e você ira se arrepender por ter tocado no Joker e na Harley.

Narradora

Na noite fria e chuvosa de Gotham, Lucy pilota em alta velocidade a moto de seu amante adormecido do qual avia deixado em seus aposentos, a garota estava decidida a se vingar do homem que tirara seus de si, e mataria quem fosse para recupera-los, não sairia dela lá sem eles.

A garota de pele pálida e cabelos coloridos chegou na casa de seus pais e foi diretamente pro deposito de armas pegando tudo que seria útil a ela, como: facas, metralhadora, chicotes, venenos, explosivos e uma unia granada da qual a mesma já sabia o que faria com ela, essa seria a noite mais divertida de sua vida só perderia para o dia que matou Amanda.

-Hora de brincar com um certo bonequinho de palha.- disse a si mesma e abrindo as grandes portas da garagem, deparando-se com o belo carro do palhaço.

                                          *******

Enquanto a princesa do crime dirigia com fúria pelas ruas, o temido vilão terminava os detalhes de seu plano, ele estava desposto a matar o palhaço e sua amada para se livrar da menina, ele queria o poder e sabia que pare ser respeitado teria que matar não o rei de Gotham mais sim a filha, da qual todos temiam e admiravam.

- não quero saber da promessa que fiz a você garoto se eu tiver que matar essa vagabunda matarei e se você se meter no meu caminho será castigado entendeu? – perguntou Espantalho nervoso pele fato de seu capanga tentar o impedir de matar a palhaça de bela aparência.

-sim chefe – disse o garoto e se retirou da sala. Não ficaria ali para ver sua amada sofrer e muito menos deixaria isso ocorrer.

THOMAS WAYNE

Abro meus olhos anda sonolento e não sinto mais o corpo quente de Lucy, e me sobressalto, ela foi atrás deles mesmo estando ferida e ainda diz que não se importa com eles. Coloco uma roupa apropriada para lutar e desço as escadas, não irei deixar ela se machucar, não a deixarei nunca. Quando estou prestes a abrir a porta me deparo com Batman e Batgirl feridos em minha porta, logo atrás deles minha mãe Selena ou como prefere mulher gato

-onde vai querido?- pergunta ela puxando Batgirl pelos cabelos ate uma cadeira, enquanto o imprestável do Batman do qual tenho o desprazer de ter o mesmo sangue protesta por seu comportamento, os dois não são um casal mais Selena não gosta quando outras mulheres tocam nele.

-estou indo salvar a Lucy tchau- falo tentando sair apresado pela porta mas uma sombra preta que logo ganha forma me impede

-você não ira a lugar algum, muito menos pra salvar a vida de uma criminosa- diz Bruce na minha frente.

- não pedi sua permissão, estou indo você querendo ou não, e saia da minha frente se não atiro em você- falo apontando uma arma para a cabeça dele, Batman pode se passar por herói, mas eu e Joker sabemos melhor do que ninguém que ele e um covarde idiota. Bruce recua me dando espaço o suficiente para entrar no carro e dar partida para o esconderijo do Espantalho. Irei salvar a garota que eu amo ele querendo ou não mesmo que ela não sinta o mesmo, mesmo que ela negue, ela e minha e de mais ninguém. E isso não ira mudar nunca.  

Flashback

JOKER

Já faz 2 semanas que estou evitando aquela maldita da Harley, se eu soubesse que ela seria um pe no meu saco nunca teria a trazido pra cá, aquela voz manhosa, jeito meloso e irritante de ser , sem contar as roupas curtas que aquela maldita usa de proposito sabendo que meus capangas a olham, principalmente aquele tal de Jared, ele a olha com tanto desejo mas não só isso eu reparei algo a mais, algo mais forte.... não e só desejo de tela e ....paixão, amor , uma coisa que nunca dei e nem darei a Harley. Mas ele não a roubara de mim jamais. Não permitirei que toque no meu brinquedo e muito menos que brinque com ele, ela e minha. MINHA. E SO EU POSSO TOCALA, FAZELA GEMER, ESPANCALA E FAZELA SANGRAR. Eu sou seu dono e sempre será assim

-HARLEY VENHA AQUI-grito do meu escritório, e ela entra so de toalha e com seus cabelos molhados. Vou ate ela e arranco sua toalha a força, puxo seu corpo para mais perto de mim e a colo com força na parede fazendo sua cabeça bater na mesma, eu não seria piedoso com ela hoje eu a faria ver o quanto me pertencia e que não poderia me trocar por outro, eu deixaria uma marca nela da qual jamais sairia, hoje ela seria mais que um simples brinquedo para mim, hoje ela seria me tesouro e eu deixaria claro para todos naquela casa que não poderiam nem se quer admirar seu brilho.

-vamos brincar querida- falo e a jogo no sofá com fúria, vou ate a chaminé e em meio ao fogo tiro um ferro que na ponta tem um J grande e que agora esta vermelho por ter ficado horas no fogo ando lentamente ate Harley e a mesma me olha assustada e tenta se levantar e correr, mas eu seguro em seus cabelos e a puxo fazendo com que ela caia de joelhos na minha frente e logo em seguida lhe dou um tapa forte, para em seguida pressionar o ferro em suas costas ouvindo ela grita alto de dor.

-isso querida e pra voce ver que e minha e de mais ninguém, e pra jamais nem se quer sonhar em me deixar ao menos que eu mande sua vadia- falo e jogo o ferro longe para logo em seguida a puxar para cima e a beijar com fúria, e abaixar a calça o suficiente para retirar meu membro e penetra-la com o máximo de força. Ela grita e implora para que eu pare, eu a acerto com um soco e a mesma se grita e chora de dor e agonia

-voce e minha. MINHA E SEMPRE SERA ENTENDEU? – falo e a deixo cair no chão dando chutes em sua barriga- AGORA LEVANTA E VAI PRO SEU QUARTO, NÃO TO AFIM DE DORMI COM UMA VAGABUNDA TODA MACHUCADA PRA SUJAR MINHA CAMA, AGORA SAI. ANDAAAA.

Ela sai e eu me sento em minha poltrona e as vozes começam a falar

-você vai perde la

- mate-a vc não precisa dela

-vc a machucou ela n ira ficar mais aqui depois disso

Me irrito e começo a destruir todo o me escritório, então paro de repente e escuto o choro dela, encosto-me na porta e escorrego ate o chão.

Perdão mais não vou te deixar ir nunca, mesmo que eu morra 


Notas Finais


nss Lucy revoltada, Espantalho que se cuide kkkk
admirador da Harley virou heroi agora e?
Thomas apaixonado? sera q Lucy sente o msm?
Joker com medo de perde a Harley? ou so possesso mesmo
comentem meus bb's ' quero saber oq vcs acham que vai rolar no proximo cap bjs e ate logo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...