História Amor Proibido (imagine Jimin) (Incesto) (Hot) - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXID, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, Super Junior, TWICE
Personagens Hani, Jeon Jeongguk (Jungkook), Johnny, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lucas, Mark, Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Taeyong, Ten, Wendy, Winwin, Yuta
Tags Bts, Ecchi, Hentai, Incesto, Mistério, Nct, Psicológico, Romance, Suspense, Twice
Visualizações 323
Palavras 1.457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


💠 Atenção eu não faço apologia ou apoio o abuso físico e moral a mulher , pelo contrário eu abomino esse tipo de violência 💠



Espero que gostem amores ❤

Capítulo 22 - Verdades secretas


Fanfic / Fanfiction Amor Proibido (imagine Jimin) (Incesto) (Hot) - Capítulo 22 - Verdades secretas

Eu não conseguia tirar da cabeça aquele jeito estranho do homem cobra , seu olhar era assustador , eu não iria confiar nele , e sem falar que ele quase me beijou na boca ! Que ódio , se Jimin tivesse visto provavelmente iria quebrar o pescoço de Heechul , sem dó e piedade .

 


     E como minha mãe biológica Kristal , chegou a namorar com ele ? E meu pai a tirou  de Heechul segundo o mesmo , na verdade meu pai salvou minha mãe do homem cobra , como ele conseguia ser cínico e descarado .

 

      Cheguei em casa e fui direto pro banheiro , queria tirar a essência daquele homem do meu corpo , me despi e liguei o chuveiro , peguei meu sabonete de calêndula , entrei no box , a água quente era muito  agradável .


    Um barulho em meu quarto surgiu , alguém abriu a porta , minha mãe tinha acabado de sair e meu pai estava no plantão no hospital , só poderia ser ... Jimin , ele entrou no banheiro e fechou a porta , logo se  despindo , e entrando no box , junto a mim .

 

     ( Jimin ) : Como foi com a mamãe ? Eu estou exausto , joguei tanto hoje ,  ( ele depositou um beijo em minha boca ,  juntando nossos corpos nus ) .

 

  ( S/n ) : Foi tudo bem ... Tranquilo , ela teve a reunião e o ocorreu tudo bem ... ( Eu achei melhor não contar sobre Heechul , Jimin iria ferver em chamas e não tenho ideia do que poderia acontecer ) .

 

   ( Jimin ) : Tem certeza S/n ? E aquele tarado , não estava lá ? ( Seus olhos pareciam dois detectores de mentira ) .

 

   ( S/n ) : Eu conversei um pouco com ele , mas foi o suficiente para , querer nunca mais velo , vamos parar de falar desse embuste e vamos aproveitar o nosso tempo !  ( Puxei Jimin pela nuca e selei nossos lábios intensamente ) .


     

     
     Suas mãos acariciavam minha cintura , enquanto nos beijamos , nossos corpos molhados pela água do   chuveiro estavam   escorregadios . Jimin me agarrou com força e começou a penetrar loucamente , sua boca mordiscava minha orelha , enquanto eu lhe dava chupões em seu pescoço .

 

    Nossos gemidos eram abafados pelo som do chuveiro , Jimin era muito bom no que fazia , eu perdi a noção , a cabeça e tudo quando estava com ele . Suas estocadas frenéticas , faziam meu corpo tremer e clamar por mais , depois de um ótimo tempo , paramos e terminamos nosso banho ...


   

    Nos secamos e Jimin , foi até seu quarto só de toalha , era a visão mais perfeita que eu já vira , em minha vida . Eu coloquei uma roupa simples , e deitei na cama , e comecei a mexer no celular , estava vendo algumas mensagens , até que alguém me ligou , era um número desconhecido , só falta ser o idiota do Taeyong , faz tempo que ele não me incomoda !  Resolvi atender a ligação :

 


     


                                 Ligação - ON

 


               ( S/n ) : Esculte aqui seu   idiota , nem tente vir de bobeira , Taeyong está escultando ? 


  ( Número desconhecido ) : Calma , S/n sou eu o Heechul , você parece um pouco estressada , bem eu gostaria de saber se você quer se encontrar comigo , amanhã , eu posso contar mais sobre sua mãe e ... (Antes que ele terminasse eu o enterronpei ) .

 

    ( S/n ) : Muito obrigada , mas eu não estou interessada , eu realmente quero saber sobre minha a história da Kristal , com o tempo eu saberei por mim mesma . Por favor não me ligue mais e apague meu número , porque nem tenho ideia de onde você conseguiu  ( desliguei o celular na sua cara ) .

 

    Jimin entrou no quarto , já estava vestido , ele se aproximou de mim , com uma expressão de desconfiança :

 

   ( Jimin ) : Eu escultei , você falar com alguém , você falou o nome do Taeyong ? ( Ele estava com uma grande   desconfiança ) .

 


   ( S/n ) : O imbecil , do Heechul me ligou , eu pensei que era o Taeyong , eu não sabia que Heechul tinha meu número , ele quer falar mais sobre minha mãe biológica , mas eu não estou interessada em saber de nada que venha da boca daquele homem ! 

 

   ( Jimin ) : Se esse cara tiver lhe desrespeitando S/N , eu vou acabar com a raça dele ! ( Sua expressão séria , me     assustava ) .

 

   ( S/n ) : Eu Jimim , está tudo bem , e eu sei me defender também , meu amor fica calmo ( eu o abracei e o beijei de uma maneira carinhoso , logo Jimin ficou calmo como um bebê ) .

 

   Nossos pais chegaram , Mamãe havia chegado um pouco antes , e meu pai chegou exausto do trabalho , desde da nossa última conversa .


   Ele me chamou até seu escritório , parecia sério . Eu entrei , papai disse que tinha um assunto sério e doloroso para falar comigo , e que agora era a hora de saber de tudo .

 

     ( S/p ) : Eu fui um pouco ríspido com você minha filha , mas porque o assunto é muito tenso . Vou tentar resumir e ser direto , Heechul era o namorado da Kristal quando nos conhecemos , ela era muito famosa aqui na Coréia , e Heechul era um fotógrafo vindo de uma família muito poderosa , eu era um médico recém formado , eu vi uma capa de revista de sua mãe , e foi amor a primeira vista , eu quis conhecer a Kristal , um amigo meu trabalhava , na mesma agência que ela , ele nos apresentou , e logo fiquei amigo de Kristal , mas Heechul era um cara muito estranho , ele tratava sua mãe como se fosse seu objeto , Kristal não aguentava mais aquela situação , um dia ela resolveu terminar com Heechul , então o pior aconteceu , não aceitando o término do namoro , Heechul estrupou sua mãe , ele foi covarde e desumano com   ela , Kristal me ligou assustada  , era noite e chovia , eu cheguei em seu apartamento e Heechul estava lá abusando da sua mãe , eu peguei e bati em Heechul com todas minhas forças , eu quebrei a cara daquele maldito , ele teve coragem de fazer aquilo com uma mulher inocente , carreguei sua mãe e fui até o hospital , chamei a polícia , e contei tudo o que o covarde fez , mas o pai de Heechul era um homem muito poderoso e saiu impune . Eu ajudei sua mãe , em sua recuperação , Kristal ficou traumatizada , e com todo meu amor e respeito eu ajudei ela , a seguir em frente , depois de um tempo ela voltou a sorrir e se apaixonou por mim , nós decidimos viver uma vida nova no Brasil , antes de irmos viajar , Heechul procurou por sua mãe , implorando para ela voltar com ele , mas ela não quis nem olhar na cara daquele monstro . Ela nunca mais foi a mesma , depois do trauma , quando você nasceu ela voltou a sorrir , e vivemos , felizes até ela infelizmente morrer ...

 

   Eu abracei meu pai , e nós dois caímos em lágrimas , como poderia existir alguém tão cruel , a ponto de marcar a vida da minha mãe para sempre , a dor de saber aquilo era realmente ruim , eu tinha ódio e nojo de Heechul , um homem lixo , ele tinha que pagar pelo que fez , minha sofreu tanto... 

 

 

 


                         ( ... ) 

 

 

 

     Era segunda feira , uma nova semana de tortura , mais conhecida como aulas . Conversei com Momo e Hani , elas ficaram chocadas e falaram para que eu tivesse cuidado . Eu sentia um sensação de aflição , Kristal teve seu sorriso e vida destruídos por Heechul , aquele homem cobra , eu nunca mais queria ver aquele monstro !

 

   Era hora de ir embora , eu estava em frente ao colégio , esperando Jimin , para irmos embora , um carro luxuoso preto , apareceu em frente ao colégio , o vidro fumê se abriu e o rosto do homem que destruí  a vida de minha mãe , surgiu .

 


     Ele olhou para mim com olhar obsessivo , e sorriu diabolicamente ... 


   
      

    


Notas Finais


Obrigada por lerem ❤


Perdão por qualquer coisa 💓



Será que a S/n corre perigo ? 😶


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...